15 Dicas para Recolocação Profissional

Não existe uma fórmula mágica que faça você conquistar a vaga dos sonhos, mas com planejamento e dedicação você certamente conseguirá uma recolocação no mercado.

Com a atual instabilidade econômica que o país enfrenta, é crescente a quantidade de empresas que está reduzindo o número de pessoas que compõem seu quadro de colaboradores. Não é fácil ser demitido, especialmente quando você já tem um vínculo com a organização e se dedicou por alguns anos ao trabalho. Geralmente, ficamos arrasados e é bem complicado superar de início e, por mais que a culpa não tenha sido de fato nossa, esse sentimento parece incomodar por algum tempo.

Mas apesar de alguns encararem a demissão como se fosse o fim de um relacionamento, outros acabam enxergando como uma oportunidade de crescimento. Por um lado, é difícil deixar um local que estamos habituados, mas, por outro, vale a pena experimentar novos lugares, respirar ares diferentes e ter um novo desafio para se motivar.

Diante de um cenário um tanto quanto conturbado economicamente, que provoca uma onda de demissões nas empresas, fazendo, assim, com que haja um aumento significativo no número de desempregados no país, aumenta também a quantidade de pessoas em busca de recolocação profissional.

Se você faz parte deste grupo, hoje vou compartilhar dicas poderosas, para que você possa se preparar para este novo desafio e, enfim, encontrar a oportunidade que precisa para recomeçar profissionalmente em sua vida. Continue a leitura e confira:

Dicas poderosas para recolocação profissional

Como lidar com esse novo momento, onde a demanda supera a oferta e fica ainda mais complicado achar uma oportunidade sem disputar com diversas pessoas determinada vaga?

A palavra ideal para responder a esta questão é mesmo persistência. Não existe uma maneira definitiva, que faça o profissional reingressar no mercado de trabalho, muito menos uma fórmula mágica para conquistar a vaga dos sonhos. É necessário, não desistir jamais, sob nenhuma circunstância e manter-se sempre preparado, pois nós nunca sabemos quando a oportunidade que tanto almejamos pode surgir.

Neste sentido, existe uma série de fatores podem ajudá-lo a se desenvolver e a desenvolver um plano que resulte na recolocação profissional que você tanto necessita neste momento. Confira quais são eles, a seguir:

1.   Conte com o Outplacement

Caso você tenha enfrentado uma demissão, verifique se a empresa em que você trabalhava não oferece o benefício do Outplacement, em que a organização fornece orientação e apoio ao profissional que vai começar a procurar um novo emprego. Esse tipo de serviço não é comum em todos os lugares, mas se sua antiga companhia tem essa possibilidade, aproveite.

2.   Analise a sua carreira como um todo

Aproveite a demissão para dar uma revisada em sua vida profissional. Agora é o momento para você olhar sua carreira e, com cautela e planejamento, adequá-la ao cenário atual. O que pode ser mudado? Existe algo que está faltando? Será que vale a pena explorar outro segmento?

3.   Defina novas metas e objetivos profissionais

Para fazer isso, é importante que você leve em conta seu aprendizado, experiências, pontos positivos, pontos de melhoria, entre outros fatores, e, a partir daí, estabelecer objetivos e metas profissionais, que servirão para colocá-lo no novo caminho que você deseja seguir em sua carreira neste momento.

Lembre-se sempre de se lembrar de nunca esquecer que a cada jornada em uma empresa, adquirimos novas informações e experiências que nos tornam profissionais melhores do que quando estávamos no início desta jornada.

Dê um UP na sua carreira! Conheça agora mesmo o Professional & Self Coaching e alcance a tão almejada recolocação profissional!

4.   Organize sua vida financeira

Esta é uma dica importante para este momento de recolocação, pois você pode passar um período desempregado. Sendo assim, é essencial que você revise seus gastos e corte aquilo que for considerado supérfluo, para que assim você não enfrente dificuldades no futuro e seja obrigado a aceitar um emprego que talvez esteja aquém de suas expectativas.

Manter a vida financeira organizada nesta situação é fundamental, especialmente se você não tiver acesso a nenhum tipo de benefício que o governo oferece, ou se a ajuda não for suficiente para se manter a manter a sua despesas neste período. Com isso, é extremamente necessário estar preparado.

5.   Atualize currículo e redes sociais

Tenha o currículo sempre atualizado e molde-o de acordo com as necessidades do mercado em que você atua ou deseja atuar a partir de agora.

Além disso, é importante que você esteja sempre em dia também com os perfis de suas redes sociais de negócio, como o Linkedin, para que assim os recrutadores tenham conhecimento sobre a sua experiência e, assim, a atenção deles, para o excelente profissional que você é, seja despertada.

6.   Cadastre seu currículo em sites de vagas de emprego

Estar na Internet é fundamental nesse período onde, cada vez mais, as empresas preferem o meio online para sondar, conhecer, abordar e recrutar novos colaboradores.

Assim, é importante que você procure os mais conhecidos e eficientes sites de vagas de emprego para cadastrar o seu currículo, pois, dessa maneira, fica mais fácil ser encontrado pelos recrutadores.

E não se preocupe com questões de investimento, pois existem muitos sites gratuitos, que contribuem bastante, com excelentes vagas, para que profissionais das mais diversas áreas consigam se recolocar no mercado de trabalho, efetivamente a na prática.

7.   Atualize seus conhecimentos

Mantenha-se atualizado profissionalmente, por meio da realização de cursos, eventos e palestras da sua área de atuação. Ler livros, jornais, artigos, entre muitos outros conteúdos, estejam eles relacionados à sua carreira ou não, também são ótimas opções, uma vez que tudo isso fará com que você esteja altamente preparado e torne-se um forte candidato a assumir a vaga que almeja, em qualquer empresa que participar de processos seletivos.

Com o tempo livre, enquanto busca uma recolocação, você deve aproveitar para crescer e mostrar evolução para o futuro recrutador.

8.   Estude um novo idioma

Isso pode ser um atrativo para o seu currículo e gera visibilidade no mercado de trabalho. Atualmente, ter apenas o inglês como segunda língua já não é um diferencial. Diante disso, é fundamental que você avance, procurando novas culturas para explorar e aprender. Quem sabe não surge uma oportunidade fora do país para você aproveitar?

9.   Participe de grupos de vagas de emprego nas redes sociais

Esta é uma dica poderosa, que talvez nem todos tenham conhecimento sobre ela. Em redes sociais como o Facebook, o WhatsApp, o LinkedIn, entre várias outras, existem diversos grupos, dos quais profissionais e recrutadores participam, para trocarem experiências, estimularem o networking e, principalmente divulgarem vagas de emprego.

Esse tipo de comunicação é nova e costuma ser interessante para aqueles que estão realmente necessitando, visto que a troca de mensagens e informações é constante entre todos os participantes.

10.               Prepare-se para as entrevista

Vista-se adequadamente, seja pontual, prepare-se para as possíveis perguntas, treine sua postura e estude sobre a empresa para a qual está se candidatando. Outro ponto que merece atenção também é referente aos motivos que levaram à sua demissão. Procure não mentir caso haja algum questionamento com relação a isso, pois os recrutadores conseguem identificar quando um candidato está faltando com a verdade.

Ao invés de adotar esta postura, fale sobre o ponto que fez com que você fosse demitido, enfatizando sempre que você já está trabalhando para melhorá-lo, ou seja, já está fazendo um curso de aperfeiçoamento, entre outras espécies de melhorias.

Lembre-se: se faz muito tempo que você não enfrenta uma entrevista de emprego, fique tranquilo. Mantenha a calma e seja sincero, pois esta postura fará total diferença na hora de conquistar a tão almejada vaga.

11.               Empregos temporários podem ser bem-vindos

Digo isso, pois eles podem mantê-lo atuante no mercado de trabalho e garantir outras oportunidades no futuro, além de ajudar nas despesas, que, provavelmente, a esta altura, não param de chegar.

Assim, o que você pode fazer é procurar oportunidades que não lhe atrapalhem nos novos rumos que você deseja dar para a sua carreira ou que impeçam que você faça um curso de atualização ou de línguas, por exemplo.

12.               Evite se vitimizar

Por mais que este seja um momento um tanto quanto difícil, em que você acaba ficando frente a frente a grandes desafios, que precisam ser enfrentados diariamente, é importante que você não caia na armadilha de se vitimizar pela situação, pois isso não vai lhe ajudar a encontrar um novo emprego e muito menos a dar um novo rumo à sua carreira.

Ao invés disso, aproveite esta situação para fazer uma autoanálise, no sentido de compreender o que fez com que a sua demissão acontecesse, pois isso vai lhe dar a oportunidade de entender os pontos em que houveram falhas, para que, dessa maneira, você possa melhorá-los, evitando que os mesmos surjam no futuro, quando você já estiver recolocado.

Aumente a sua performance profissional com o Professional & Self Coaching – PSC e recoloque-se no mercado de forma ainda mais acelerada!

13.               Amplie ainda mais o seu networking

Manter a rede de relacionamentos ativa e um cuidado que todos nós devemos ter, não só quando somos demitidos e estamos em busca de recolocação, mas durante toda a nossa vida profissional.

Diante disso, neste processo de busca por um novo emprego, procure entrar em contato com colegas, com outros profissionais, bem como com pessoas que você acredita que podem agregar valor à sua carreira e também lhe ajudar a encontrar uma oportunidade de recolocação, pois, dessa maneira, as suas chances de reinserção no mercado aumentam de forma significativa.

14.               Mantenha a calma

Esta é uma dica válida, tanto para quando se perde o emprego, ou pede-se demissão, com o objetivo de dar novos rumos à carreira, quanto para os momentos em que a busca pela recolocação já começou, porém as oportunidades esperadas ainda não surgiram.

Nestas situações, é fundamental manter a calma, respirar fundo e não dar espaço para a ansiedade, pois isso pode acabar prejudicando seus planos. O que você deve fazer é ter em mente que a oportunidade, tanto pode surgir de imediato, quanto pode demorar um tempo para acontecer.

Assim, neste período, para que você consiga manter, verdadeiramente, os nervos no lugar, continue se preparando, física, mental e intelectualmente, pois, no momento em que a vaga dos sonhos surgir, você já estará plenamente pronto para ocupá-la.

15.               Faça Coaching

O Coaching é uma metodologia que fornece diretrizes para você identificar suas competências e pontos de melhoria, permitindo que você trace objetivos de carreira e alcance os resultados desejados em um curto espaço de tempo.

Através deste processo, que você pode conhecer com mais profundidade realizando o Professional & Self Coaching – PSC, você tem acesso às mais modernas técnicas e ferramentas existentes no mercado, para se manter altamente preparado, destacando-se perante seus concorrentes e conseguindo se recolocar profissionalmente de forma ágil e acelerada.

Além disso, ao realizar o PSC, você também fica apto a aplicar todo o conhecimento que adquire, não só em sua vida, mas também na vida de muitas outras pessoas, o que expande seus horizontes e abre portas para uma nova carreira em sua vida, que é a de coach profissional, como foi o caso da Edjaine Martin, que teve a vida e a carreira completamente transformadas pelo Coaching:

 

Conte com a ajuda do Coaching para superar o momento e, principalmente, crescer como pessoa, influenciando também o lado profissional. Esse tipo de atitude é fundamental para mostrar que você quer sair do lugar, evoluir e, em consequência, ter a oportunidade de conquistar um novo e melhor emprego.

Fale agora mesmo com um de nossos consultores coaches e inscreva-se para a próxima turma do PSC em sua cidade!

O momento de recolocação profissional não precisa ser composto por desespero e instabilidade emocional. Esse é um período em que você deve desacelerar seu ritmo, reavaliar sua carreira e suas atitudes e procurar melhorar sua performance profissional. Ainda existem vagas abertas em inúmeras áreas, então siga as nossas dicas e boa sorte.

Você está passando ou já passou por um momento de recolocação profissional? Comente sobre a sua experiência referente a essa situação, como você conseguiu superar ou qual foram as dificuldades e ajude outro leitor que esteja passando por essa fase. Aproveite também e compartilhe o conteúdo nas suas redes sociais, com seus amigos.

O artigo é bom, né?

No IBC é assim, não custa nada evoluir e alcançar resultados extraordinários. Se você quer seguir por esse caminho de evolução é só baixar o nosso e-book gratuito,
Tudo sobre Coaching. Preencha o formulário abaixo com seus dados para ler.

Imagem: Melpomene / Shutterstock

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010