3 dicas para melhorar a hierarquia júnior, pleno e sênior na sua empresa

Hierarquia nas empresas

A hierarquia é uma questão de posicionamento dentro de uma empresa, e pode ser adquirida por meio de tempo de experiência ou grau de conhecimento.

 

Muitas pessoas ficam confusas a respeito da hierarquia do cargo que ocupam em seus trabalhos, e isso acontece principalmente porque cada empresa adota um tipo de estruturação organizacional particular. Algumas, por exemplo, determinam o trainee como a primeira posição hierárquica a ser ocupada, enquanto outras entendem que é o estagiário que deve estar nesta posição.

Independentemente de qual seja a denominação dada aos cargos e funções de uma empresa, é importante compreender que existem algumas diferenciações hierárquicas, que precisam ser respeitadas, para que cada um saiba quais funções e papéis deve desempenhar e o que será exigido ao estabelecer uma trajetória dentro da organização.

Pensando nisso, hoje resolvi escrever um pouco sobre este tema, ou seja, sobre hierarquia organizacional, e trazer alguns esclarecimentos, tanto para os profissionais, quanto para empresários, empreendedores e gestores, que pretendem melhorar ainda mais a forma como cada um se desenvolve e desempenha suas atividades na empresa, seja ocupando cargos juniores, plenos ou seniores.

Continue me acompanhando nesta leitura e aprimore seus conhecimentos sobre este conteúdo.

O que é hierarquia organizacional e qual a sua importância?

A hierarquia organizacional é a forma que uma empresa utiliza para estabelecer seus processos internos, no que diz respeito à gestão de pessoas. Isso quer dizer que toda empresa precisa determinar o seu próprio organograma, no sentido de sistematizar seus departamentos e definir os cargos e funções que cada um de seus colaboradores irá desempenhar.

Neste processo, empresários ou empreendedores, ao lado de sua equipe de recursos humanos, o RH, definem quais serão os departamentos, os líderes ou gestores de cada um deles, bem como os cargos e funções a serem ocupados pelos demais colaboradores. Tudo isso para que os processos organizacionais sejam estabelecidos e devidamente seguidos por todos.

A importância da hierarquia organizacional se dá pelo fato de que ela ajuda na gestão de pessoas e também no gerenciamento de processos de forma mais efetiva, uma vez que ela centraliza nos líderes das equipes a responsabilidade de geri-las e também de elaborar as estratégias e planejamentos de que devem ser colocados em prática pelos colaboradores que ocupam os demais cargos e funções.

Além disso, quando se tem uma hierarquia bem definida, é dada a todos os colaboradores oportunidade de crescerem em suas carreiras, pois estes terão a possibilidade de ascenderem a cargos mais altos, tudo isso levando em consideração o desempenho profissional ao longo de sua trajetória na organização, o que é algo motivador e positivo.

As diferenças entre júnior, pleno e sênior e as melhorias para cada nível hierárquico

Dentro do contexto que abordei acima existem três níveis hierárquicos que podem ser utilizados dentro de uma empresa, de maneira explícita, para melhorar seus processos e incentivar seus colaboradores.

Estou falando dos níveis júnior, pleno e sênior, que apresentam diferenças entre si e dão a cada profissional que os ocupa a oportunidade de crescimento na carreira, bem como a satisfação por estarem se desenvolvendo e evoluindo continuamente, não só profissionalmente, mas também no âmbito pessoal.

Confira, a seguir, quais são estas diferenças e as melhorias que as empresas podem implementar em seus processos internos e externos para incentivar e motivar os profissionais de cada nível.

Hierarquia Júnior e como dar um up através de cursos

O cargo júnior é constituído por profissionais com pouco tempo de mercado. São indivíduos recém formados e que desempenham atividades menos complexas nas empresas, que estejam de acordo justamente com a pouca experiência que estes têm no momento.

Por ainda estarem em processo de desenvolvimento, os juniores necessitam do acompanhamento de um superior, que age no sentido de orientá-los e contribui para que eles cresçam e para garantir que o trabalho seja realizado com a excelência necessária.

Se sua empresa deseja fazer com que seus juniores se transformem rapidamente em plenos, é preciso investir no treinamento e desenvolvimento desses colaboradores, que podem ser específicos para a área de atuação do profissional e também no que diz respeito a assuntos mais amplos, que vão contribuir para que ele desenvolva a sua autonomia e tenha, com isso, mas liberdade de atuação e cada vez mais poder de decisão.

Hierarquia pleno: aproveitando suas especialidades

A hierarquia pleno abrange os profissionais que já possuem certo conhecimento e experiência no mercado, mas ainda estão em processo de desenvolvimento, para conseguir atingir o nível sênior. São profissionais que já têm certo poder de decisão nos processos pelos quais são responsáveis, entretanto, esta autonomia ainda é acompanhada de um superior ou supervisor.

Para estes profissionais, um bom caminho a percorrer é potencializar os conhecimentos e habilidades que estes já possuem, incentivando-os sempre a se prepararem constantemente para assumirem cada vez mais responsabilidades, no sentido de evoluírem para o próximo nível, que no caso é o sênior.

Assim, o que se pode fazer também para gerar motivação e satisfação no profissional pleno, que o estimule a realizar o melhor de seu trabalho, é prepará-lo para uma promoção, uma mudança justa de cargo, que são ações que vão deixá-lo ainda mais perto da realização na carreira.

Hierarquia sênior: como solidificar conhecimentos através de câmbio de informações

Para esta hierarquia, é muito importante mostrar que sua empresa sabe o quanto este profissional é importante. São pessoas de grande experiência e bagagem profissional que podem agregar muito à organização. Um cargo sênior é ocupado por um profissional que tem total controle de suas funções e as executa com muita agilidade e praticamente sem erros.

A hierarquia sênior tem muito conhecimento agregado, mas pode ser complementada por cursos de especialização, participação em seminários e simpósios, construção de networking e intercâmbio de informações de trabalho, sempre visando a melhoria das práticas empregadas.

Desenvolvendo a carreira através do Coaching

A dica que compartilho agora com você pode ser aproveitada por profissionais que se encontram nos mais diversos níveis hierárquicos, sejam eles juniores, plenos ou seniores. Estou falando da utilização do Coaching como metodologia de crescimento profissional e aceleração de resultados na carreira.

Através de técnicas e ferramentas, com eficácia altamente comprovada, você consegue aprimorar suas principais habilidades e competências, para potencializar a sua atuação na empresa, bem como a sua performance, no sentido de trilhar o caminho que vai levá-lo sempre ao próximo nível hierárquico.

Por isso, o convite que eu faço a você neste momento, é que você permita-se conhecer a maior e melhor formação em Coaching do país, o Professional & Self Coaching – PSC, curso poderoso desenvolvido pela equipe do Instituto Brasileiro de Coaching – IBC, para levá-lo a alcançar os resultados que sempre sonhou em sua carreira como um todo.

Se você está pronto para conquistar ainda mais em sua carreira, preencha agora o formulário abaixo e inscreva-se agora mesmo para a próxima turma do PSC em sua cidade!

Gostou deste conteúdo? De que forma ele contribuiu com a sua carreira? Deixe o seu comentário, me dizendo o que você achou e lembre-se sempre de se lembrar de nunca esquecer, de compartilhar este conhecimento poderoso com seus amigos em suas redes sociais.

Copyright: 506992069 – https://www.shutterstock.com/pt/g/jirsak

 

E aí, curtiu esse conteúdo?

Saiba que ele é apenas a pontinha do iceberg e você pode desenvolver suas habilidades de liderança muito mais. Baixe agora o ebook Leader Coach e aprenda como extrair o máximo resultado da sua equipe.
Preencha o formulário, é de graça.

 

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010