Conheça os principais tipos de criatividade e como desenvolvê-las

Conheça os principais tipos de criatividade e como desenvolvê-las

A criatividade é uma habilidade de grande valor. Muitos profissionais são e continuarão sendo contratados por terem essa característica bem acentuada. Conheça os principais tipos de criatividade


 
A criatividade é uma habilidade essencial para diversas profissões e, ao contrário do que muitos pensam, existem diferentes tipos de criatividade.

A criatividade é uma habilidade de grande valor. Muitos profissionais são e continuarão sendo contratados por terem essa característica bem acentuada. É comum que as pessoas criativas descubram qual é o problema, mostrem mais de uma maneira para resolver, inventem algo novo e produzam mais com menos dinheiro e tempo.

Tipos de criatividade

A criatividade pode ser classificada em 4 tipos. Confira quais são e o que significam cada um deles:

Deliberada e cognitiva

Se alguém faz algo deliberado, isso quer dizer que a pessoa agiu sabendo o que estava fazendo. E se você ouve falar que a capacidade cognitiva de uma pessoa é alta, isso quer dizer que a pessoa adquiriu muito conhecimento e desenvolveu ainda mais a inteligência dela.

Este tipo de criatividade requer conhecimento e dedicação. Pessoas com esses traços na personalidade costumam fazer muita pesquisa antes de começar a produzir, pois elas dependem do conhecimento para trabalhar. Elas são capazes de fazer inúmeras combinações já que estão munidas de todo o conhecimento a respeito do que precisa ser desenvolvido.

Deliberada e emocional

Já falamos aqui sobre a palavra “deliberada”. A palavra “emocional” é relativa aos sentimentos e emoções.

Criativos que têm essas características como destaque geralmente precisam estar sozinhos e em um ambiente calmo para poder trabalhar. São profissionais que criam a partir da subjetividade e reflexão, usando menos da racionalidade e análise. Muitas vezes, suas entregas retratam experiências pessoais.

Espontânea e cognitiva

Ser espontâneo é estar livre de obrigatoriedades na hora de falar ou agir.

Um profissional criativo do tipo espontâneo e cognitivo precisa de um tempo fora do ambiente de trabalho para pensar, ter uma ideia e depois produzir. É aquela ideia que surge somente no puro ócio criativo.

Ás vezes você passa horas pensando em algo e não consegue criar nada. Mas, basta você sair para beber água que a ideia surge. Se isso acontece com você frequentemente, significa que você tem este tipo de criatividade.

Um exemplo histórico disso é de como Isaac Newton formulou a Teoria da Gravidade. Ele estava tranquilo embaixo de uma macieira, quando uma fruta caiu em sua cabeça. Que bom que ele saiu do laboratório, não é mesmo?

Espontânea e emocional

Pessoas com essas virtudes não costumam trabalhar sob pressão e com prazos. Por ser ligada ao lado emocional, esse profissional não revela nada até que a ideia criativa apareça de repente. E muitas vezes é tratada como algo mágico. Músicos e artistas plásticos são bons exemplos de criativos espontâneos e emocionais.

Exercícios para todo mundo

Publicitários, artistas, designers, escritores, arquitetos são profissões conhecidas por usarem criatividade. Porém não é preciso ser dessas áreas para ser uma pessoa criativa. Sua capacidade imaginativa e de construir uma ideia pode servir para qualquer área. Demos o exemplo do Newton ali em cima justamente para mostrar isso!

Selecionei alguns métodos que podem ajudar a exercitar a sua criatividade. Só que antes de começar a fazer todos, lembre-se de que cada um é de um jeito, portanto, o que serve para alguém pode não servir para você. Confira:

Seja um bom observador

A observação é o primeiro passo de muitas entregas de qualidade. Muitas vezes é preciso parar tudo que está fazendo para apenas observar o cenário. E quando você estiver fora do trabalho experimente olhar em volta. Esqueça da internet por um momento e observe as pessoas na rua, as construções, os novos comércios e como a cidade está.

Analisar para fazer diferente

Antes de entregar um trabalho, análise sobre o que poderia ser diferente do que você fez. Quem sabe você encontra uma solução melhor, quem sabe não. Mas vale a pena fazer o exercício. Quando estiver fora da empresa, comece a olhar para situações do cotidiano e verificar como você faria.

Consuma arte

Aproveite ao máximos do que livros, músicas, filmes, pinturas, artesanato, moda, fotografia e tudo mais que for considerado arte pode trazer para você. Essas excelentes fontes de conhecimento também podem ativar sua criatividade. Não estou falando de plágio, mas de inspiração e referências.

Durma bem

Já percebeu que muitas vezes quando não dormimos bem, podemos ficar mais irritados e sonolentos ao longo do dia? A falta de sono também pode afetar sua habilidade criativa. Uma boa noite de sono é combustível para aguentar um dia agitado e para incentivar seu cérebro a pensar em coisas diferentes e novas.

Exercite o seu dom

Escrever, desenhar, cantar, tocar um instrumento, fazer cálculos como ninguém, não importa qual seja sua melhor habilidade é importante exercitá-la. Pode ser que você não use o seu dom na sua carreira, mas pode fazê-lo nos momentos de folga. Serve até como uma maneira de relaxar.

Tenha momentos de ócio

Muitas pessoas nem gostam de falar sobre ócio. Para elas, o tempo ocioso pode significar preguiça. Uma coisa não tem relação com a outra. O tempo de ócio é ideal para descansar a mente e o corpo antes, durante ou depois de um dia turbulento.

Crie desafios

Estabeleça metas que fujam da sua zona de conforto. Pode ser uma pós-graduação, escalar uma montanha, aprender a tocar um instrumento ou qualquer outra atividade que você considere desafiadora para o que você está acostumado a fazer. Comemore se conseguir atingir sua meta e já pense nas próximas.

Seja antenado com a área que você trabalha

É essencial estar informado sobre as novidades da área que você está. Mesmo que o seu setor seja mais tradicional, sempre haverá novas pesquisas e estudos para você aprender. Além disso, formações, palestras e cursos complementares também são válidos.

Seja antenado com o mundo

Nem adianta vir com a desculpa de que não assiste ao noticiário, pois só passa desgraças. Tantos as notícias tristes e desanimadoras quanto as notícias felizes e motivacionais são importantes e saber delas significa estar bem informado. Além disso, é interessante estar atento às novidades ao redor dos seus hobbies. Por exemplo, se você gosta de video game, é bacana saber quais são os últimos lançamentos.

Interrupções

Acabou de preencher uma tabela muito complicada? Não está conseguindo ter ideias para a próxima peça do site? Pare tudo que está fazendo e vá tomar um café, chá ou água. É a hora de dar uma volta, esvaziar a mente e ter uma conversa rápida com os colegas. Não estou falando de enrolar, afinal, não é para ficar 2 horas esvaziando a mente. Estou falando de um pequeno momento em que você descansa. Aposto que você irá voltar com mais ideias e mais disposto depois desses minutinhos!

Meditação

Já experimentou meditar? É uma excelente maneira de se acalmar e funciona para muitas pessoas. Tente uma sessão!

Depois de ler o texto, qual você considera ser o seu tipo de criatividade? Conte nos comentários! E se você encontrou algum amigo em uma das descrições, compartilhe o texto com ele.

Imagem: Sapunkele / Shutterstock

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010