Fechar
Para trilhar seu caminho você precisa dar o primeiro passo
Valor do curso: Gratuito
Preencha o formulário e aproveite esta oportunidade incrível
Qual sua profissão atual/área de atuação?*
Administrador / Gestor / Líder
Psicólogo / Psicanalista / Terapeuta
Empresário / Empreendedor / Dono de Empresa
Consultor / Vendedor
Professor / Pedagogo / Treinador / Palestrante
Outros
O que você procura com o coaching?*
Quero multiplicar o Coaching dentro da empresa onde trabalho.
Sou psicólogo ou psicanalista e quero ampliar as possibilidades de trabalho.
Quero usar as técnicas para aplicar na minha carreira e me destacar no mercado.
Busco o autoconhecimento e minha evolução pessoal.
Quero melhorar minha liderança e a performance da minha equipe.
Quero me tornar um Coach e viver disso.

Como conseguir um bom relacionamento no ambiente de trabalho

17/06/15
colegas de trabalho conversando
Master1305 / Shutterstock Pequenas atitudes são capazes de transformar positivamente o ambiente de trabalho.

Em geral, as pessoas passam mais tempo nas empresas em que trabalham do que em suas casas, com a família ou com os amigos. Justamente por isso, é essencial estabelecer um bom relacionamento com os colegas de trabalho, impedindo que a convivência se torne desgastante e mantendo o ambiente sempre profissional e positivo.

Dicas de relacionamento no trabalho

Algumas atitudes simples são capazes de transformar positivamente o ambiente de trabalho, tornando-o muito mais produtivo e positivo. Saiba quais são:

Interaja

Todas as pessoas gostam de ser recebidas com um sorriso e um “bom dia”. Entretanto, é comum que a rotina ou o cansaço façam com que os colaboradores esqueçam de cumprimentar seus colegas de trabalho. Este é um tipo de atitude rude que pode passar uma impressão negativa.

Faça o possível para sempre tratar a todos com educação e igualdade. Cumprimentar os colegas é um sinal de respeito, e demonstra que você mantém o caminho aberto para que haja contato.

Aceite as diferenças

As diferenças podem ser um grande problema para os relacionamentos, tanto pessoais quanto profissionais. Isso porque é muito difícil ter sabedoria e maturidade para aceitar pessoas que pensam e se comportam de forma diferente da que estamos acostumados.

Porém, é importante aceitar que cada pessoa possui suas verdades e peculiaridades, uma vez que carregam diferentes histórias, valores e culturas. Aprenda a se colocar no lugar do outro, e tente compreender os diferentes pontos de vista. Lembre-se: nem sempre o que você acredita é a verdade única e absoluta.

Tenha iniciativa

Caso perceba que um colega está com alguma dificuldade, não hesite em oferecer ajuda. Aja com os outros da mesma forma como você gostaria que os outros agissem com você. É importante construir um ambiente de trabalho colaborativo, em que as pessoas possam contar umas com as outras. Isso começa por você!

Evite fofocas

Falar mal de outro colega de trabalho é uma das formas mais fáceis de estragar o clima no ambiente corporativo. Caso façam alguma fofoca com você, pense: “Se eu passar essa informação adiante, as consequências serão positivas ou negativas?”, “Isso pode melhorar ou piorar o ambiente de trabalho?”. Caso a resposta seja negativa, deixe que a informação morra em você e não passe adiante.

Tenha maturidade

Não se faça de vítima e não se magoe facilmente. Caso precise enfrentar algum problema, faça-o de forma madura, sem lamentações ou frescuras, e não coloque a culpa nos outros. Baseie-se na realidade, sem criar situações na sua cabeça. Foque apenas na resolução dos problemas.

Saiba dar e receber feedbacks

Para construir um bom relacionamento, é preciso sempre fazer alguns acertos. Por este motivo, receber e dar feedback é fundamental. Recebê-los pode ser muito mais difícil, já que somos muito resistentes às críticas.

Sempre que receber um feedback negativo, pense que ele serve para melhorar seu rendimento dentro da empresa. Por isso, é importante reconhecer com humildade que existem alguns pontos para melhoria. Em contrapartida, é preciso ter tato para dar um feedback: é preciso ser assertivo e objetivo, de modo a promover o crescimento e não criar mágoas.

Este artigo foi útil pra você? Comente e compartilhe com seus amigos nas redes sociais!

Compartilhe esse post

Sobre o autor

Autor

José Roberto Marques

José Roberto Marques é presidente do IBC, Master Coach Senior e Trainer. Um dos pioneiros em Coaching no Brasil, com mais de 25 anos de experiência em treinamento e desenvolvimento humano. Fundador e também presidente da Editora IBC, possui diversas obras publicadas. É professor convidado da Universidade de Ohio. Como Coach atende CEO’s e líderes de grandes organizações.

Deixe seu comentário

Seja um Coach!

Concordo com a Politica de Privacidade Ao concordar com a politica e privacidade você aceita receber e-mails do IBC com conteúdos gratuitos de Coaching, informativos de palestras e cursos do IBC

Redes sociais