Fechar
Para trilhar seu caminho você precisa dar o primeiro passo
Valor do curso: Gratuito
Preencha o formulário e aproveite esta oportunidade incrível
Qual sua profissão atual/área de atuação?*
Administrador / Gestor / Líder
Psicólogo / Psicanalista / Terapeuta
Empresário / Empreendedor / Dono de Empresa
Consultor / Vendedor
Professor / Pedagogo / Treinador / Palestrante
Outros
O que você procura com o coaching?*
Quero multiplicar o Coaching dentro da empresa onde trabalho.
Sou psicólogo ou psicanalista e quero ampliar as possibilidades de trabalho.
Quero usar as técnicas para aplicar na minha carreira e me destacar no mercado.
Busco o autoconhecimento e minha evolução pessoal.
Quero melhorar minha liderança e a performance da minha equipe.
Quero me tornar um Coach e viver disso.

Veja como elaborar uma matriz de rastreabilidade de requisitos e seus benefícios para gestão

13/09/17
matriz-de-rastreabilidade-de-requisitos
Saiba mais sobre Matriz de Rastreabilidade de Requisitos

Um dos grandes desafios de quem está à frente de um grande projeto é encontrar meios seguros para gerenciar as respectivas demandas. A gestão de um projeto - seja ele de pequeno, médio ou grande porte - requer habilidades e ferramentas para que seu gerenciamento seja feito de modo eficaz. É nesse momento que entra a Matriz de Rastreabilidade de Requisitos. E o que é isso, afinal? Reuni este artigo todas as informações sobre esta ferramenta para que você, querida pessoa, possa gerenciar seu projeto com excelência. Vamos lá?

O que é Matriz de Rastreabilidade de Requisitos

Quando falamos de Matriz de Rastreabilidade de Requisitos, falamos de uma poderosa ferramenta que facilita o gerenciamento das mais variadas matrizes pertencentes a um projeto. Com a Matriz de Rastreabilidade de Requisitos é possível analisar com maior clareza a relação existente entre as partes envolvidas do projeto.

A Matriz de Rastreabilidade de Requisitos dá aos gestores de projetos a visão sistêmica necessária para lidar com as diversas etapas existentes no projeto. Além disso, com a Matriz de Rastreabilidade de Requisitos é possível acompanhar a evolução dos requisitos importantes para a execução do projeto e se é necessário alguma intervenção por parte da gestão.

Vale destacar ainda que a Matriz de Rastreabilidade de Requisitos faz parte do processo 5.1 do Project Management Body of Knowledge (PMBok) - obra lançada pelo Project Management Institute - o que faz desta ferramenta uma das mais utilizadas e aceitas na gestão de projetos no mundo todo. Ela é conhecida também como RTM. A sigla vem do termo em inglês - Requirements Traceability Matrix.

Como elaborar uma Matriz de Rastreabilidade de Requisitos

Para gerenciar o seu projeto com eficiência e agilidade, a Matriz de Rastreabilidade de Requisitos pode ser uma importante aliada. Para elaborá-la, porém, é necessário seguir algumas etapas para que ela possa contribuir positivamente com a gestão do seu projeto. A elaboração da Matriz de Rastreabilidade de Requisitos atende importantes etapas, são elas:

1- Análises iniciais

A primeira etapa da Matriz de Rastreabilidade de Requisitos é identificar quais são as necessidades e demais particularidades do projeto. Isso está explicitado no Termo de Abertura do Projeto. Esta análise será importante para deixar claro para todos os envolvidos quais são as expectativas com relação ao projeto e para garantir que ele (o projeto) seja aprovado pelas partes interessadas.

2- Documentação de requisitos

É fundamental que as expectativas sejam devidamente documentadas para que os requisitos de cada etapa do projeto sejam definidos. Estas expectativas podem ser documentadas por meios que sejam mais práticos e seguros para a organização (e-mails, questionários on-line, pesquisas, entre outros).

3- Classificação dos requisitos

As informações obtidas nas etapas anteriores serão fundamentais para definir quais são os requisitos e suas respectivas classificações. Na Matriz de Rastreabilidade de Requisitos, os requisitos podem ser funcionais ou não funcionais.

  • Requisitos funcionais são aqueles que estão relacionados ao comportamento de produtos ligados ao projeto.
  • Requisitos não funcionais são aqueles que estão relacionados com as propriedades destes mesmos produtos.

    4- Redação da Matriz de Rastreabilidade de Requisitos

    Nesta etapa é importante deixar claro o número de identificação da MRR e o título de seus respectivos requisitos. É importante incluir nesta etapa os detalhes de cada requisito e os graus de prioridade (opcional, desejável, essencial). Inclua também o status de cada requisito - atendido, ativo ou cancelado.

    Quais são as vantagens de utilizar a MRR

    Adotar a Matriz de Rastreabilidade de Requisitos no gerenciamento de seu projeto pode significar obter vantagens e benefícios importantes para o seu negócio. Listei as principais vantagens para você, querida pessoa.

    1- Segurança

    Com a MRR é possível fazer manutenções de maneira segura em seu projeto. Esta ferramenta mostra com exatidão qual etapa e qual requisito necessita de algum ajuste, evitando transtornos em etapas futuras.

    2- Controle e Precisão

    A Matriz de Rastreabilidade de Requisitos dá aos gestores de projetos maior controle com relação ao que está ligado ao projeto. A MRR dá ainda maior precisão para analisar as entregas de cada etapa do projeto, principalmente para os projetos que possuam etapas externas.

    3- Clareza de informações

    A implantação da Matriz de Rastreabilidade de Requisitos facilita o acesso à informações de todo o projeto. Com ela, todos os envolvidos no projeto tem a mesma fonte de informação, de maneira clara e objetiva. Isso faz com que não haja dependências e empecilhos na hora de executar as tarefas pertinentes às etapas do projeto.

    Agora me conte, querida pessoa: como a Matriz de Rastreabilidade de Requisitos pode contribuir com a gestão do seu projeto? Use o espaço abaixo para nos contar a sua experiência e a sua opinião sobre o assunto. Se este conteúdo te ajudou de forma positiva, curta e compartilhe em suas redes sociais.

 

Copyright: SFIO CRACHO  440065846 https://www.shutterstock.com/pt/g/SFIO+CRACHO

Compartilhe esse post

Sobre o autor

Autor

José Roberto Marques

José Roberto Marques é presidente do IBC, Master Coach Senior e Trainer. Um dos pioneiros em Coaching no Brasil, com mais de 25 anos de experiência em treinamento e desenvolvimento humano. Fundador e também presidente da Editora IBC, possui diversas obras publicadas. É professor convidado da Universidade de Ohio. Como Coach atende CEO’s e líderes de grandes organizações.

Deixe seu comentário

Seja um Coach!

Concordo com a Politica de Privacidade Ao concordar com a politica e privacidade você aceita receber e-mails do IBC com conteúdos gratuitos de Coaching, informativos de palestras e cursos do IBC

Redes sociais