8 dicas de como liderar uma equipe formada por pessoas mais velhas

Liderar equipe

O conflito de gerações pode ocorrer em uma equipe liderada por um profissional mais novo, e é preciso saber lidar com essa situação de maneira inteligente.

A atual crise econômica, o mercado altamente competitivo, as novidades tecnológicas e a procura das empresas por colaboradores cada vez mais competentes são fatores que levam o profissional mais jovem a estar sempre atualizado. Essa obtenção de conhecimento pode ocorrer por meio do estudo autodidata, de cursos online e da pesquisa pelos avanços do setor em que está interessado.  

Por exemplo, existe uma nova revolução industrial, chamada de 4.0, que tem movimentado o desenvolvimento de novas tecnologias e de novos profissionais para ocupar os cargos competentes. De acordo com um estudo do Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial), ao menos, 30 profissões devem ser criadas em 8 áreas nos próximos 5 a 10 anos.

Quer saber mais sobre o assunto? É só continuar lendo o texto!

Comece a ter o

Destaque

que você merece!

Preencha os campos abaixo para receber o e-book.

O futuro se aproxima

O que acontece quando o jovem profissional entende que deve se atualizar constantemente? Ele começa a mudar o seu jeito de ver o mundo! A jovem Doreen Kessy, por exemplo, é a chefe de operações da Ubongo, uma plataforma multimídia africana. O serviço trabalha em larga escala, oferecendo desenhos animados educacionais para crianças. Outro exemplo de jovem é a Oana Toiu, ex-secretária de estado do Ministério do Trabalho da Romênia, que criou a empresa Social Innovation Solutions. O objetivo deste é ofertar treinamento e consultoria em empreendedorismo e inovação social.

Também é crescente o número de jovens que ocupam cargos de liderança em empresas de diversos segmentos. Para provar isso, 70% dos jovens (15 a 29 anos) preferem ser o dono de uma empresa no lugar de serem empregados, segundo um estudo feito pela Fundação Telefônica Vivo em parceria com o Ibope Inteligência e a Rede Conhecimento Social .

Além de todos os desafios enfrentados por qualquer outro profissional que ocupa um cargo de liderança, esses jovens líderes também precisam saber como lidar com equipes compostas por colaboradores de diferentes idades, inclusive mais velhos.

O conflito de idades é muito comum no meio empresarial. Sendo assim, é papel do jovem gestor liderar suas equipes de modo a superar as diferenças e gerar lucro para a empresa, garantindo um trabalho harmonioso e satisfatório tanto para a empresa quanto para os colaboradores. Mas não é impossível gerir essas diferenças. Acompanhe o artigo para se aprofundar no assunto!

Dicas de como liderar colaboradores mais velhos

1. Acabar com o julgamento por aparências

Esse ponto é para explicar que é essencial não deixar que os mais velhos julguem o mais novo por conta da aparência e nem ao contrário. O profissional mais novo que lidera pessoas mais velhas deve transmitir confiança, apresentar boas soluções, ter a humildade de ensinar e aprender e demonstrar que, apesar da pouca idade, é capaz de orientar o colaborador mais experiente.

2. Troca de conhecimento 

Utilizar o conhecimento dos profissionais mais velhos é uma boa oportunidade de crescimento para a equipe. O gestor mais novo deve fazer perguntas, pedir ajuda e permitir que os colaboradores mais velhos possam participar dos processos de tomada de decisão. Assim como o contrário também deve ser incentivado.

3. Empatia com os pontos positivos e negativos de cada colaborador

É errado tratar os profissionais de forma homogênea. É importante se lembrar de que cada colaborador, por conta da idade ou outros motivos, tem uma experiência diferente. Por isso, é fundamental tratar cada um de acordo com o passado, trabalhando individualmente. Essa atenção pertence a lideranças que tendem a evoluir diariamente para serem funcionários melhores.

4. Sentimento de coletividade

É necessário permitir que toda a equipe tenha voz dentro da empresa e demonstrar que todos, independentemente da idade, podem contribuir positivamente com opiniões e ideias nos processos da organização.

5. Resolução rápida de conflitos

Existe a possibilidade de que alguns colaboradores se sintam desconfortáveis ao serem liderados por uma pessoa mais nova. Caso exista este conflito, o gestor deve conversar com o profissional em questão e debater com ele as possíveis soluções para a situação.

6. Criar uma relação de confiança

É bacana estabelecer conexões com a equipe é essencial. Isso permite que o gestor entenda melhor cada profissional e, assim, possa trabalhar os pontos de melhoria de cada um.

7. Comunicação sem seletividade

O gestor deve se comunicar com toda equipe, isso garante que todos entendam e trabalhem para o alcance dos objetivos e metas da empresa. Assim como não adianta transmitir a comunicação apenas para algumas pessoas, também não adianta falar em um linguajar que somente alguns irão atender. Um bom líder sabe conversar com diversos tipos de público ao mesmo tempo.

8. Flexibilidade

É fundamental que o líder saiba que alguns funcionários em alguns momentos da vida precisarão receber um tratamento mais flexível.

Lembre-se de que, independentemente da idade, todo o colaborador pode contribuir positivamente para os processos da empresa. Para que diferentes gerações possam conviver harmonicamente no ambiente profissional, é necessário que haja comunicação constante entre as partes, assim como flexibilidade e objetivos em comum.

Você sabe mais alguma recomendação de como um gestor ou líder jovem pode lidar com uma equipe que tem pessoas mais velhas? É só escrever nos comentários!

A felicidade é imprescindível para uma boa liderança d!
Clique aqui, faça nosso “TESTE” e descubra como anda sua felicidade!

Os benefícios do coaching

O coaching é uma metodologia que, por meio da aplicação de ferramentas assertivas, auxilia o profissional mais novo a liderar de forma eficaz uma equipe formada por pessoas mais velhas, permitindo que todos sejam capazes de aprimorar sua competência e eliminar os pontos que atrapalham a entrega dos bons resultados para a empresa.

O coaching pode ser libertador no sentido de livrar você das amarras da sociedade em relação ao limite da sua capacidade. Não há limites se você não os criar. É preciso ser forte e ter a máxima dedicação para exercer o seu máximo a todo o momento, tornando-se a melhor versão de si mesmo tanto na vida profissional quanto pessoal.

Uma pesquisa realizada pela Pontifícia Universidade Católica (PUC) de Campinas PUC constatou que 100% dos executivos que fizeram coaching aumentaram a capacidade de ouvir na essência. Mais de 80% foram capazes de melhorar o ambiente e as relações de trabalho e aperfeiçoaram a flexibilidade. Além disso, 90% aumentaram a produtividade.

A formação Leader Coach Training (LCT) do Instituto Brasileiro de Coaching (IBC) é ideal para os líderes que buscam por uma atuação de alta performance. Durante o curso, o coachee (aprendiz) irá aprender sobre os quadrantes da liderança; como obter uma filosofia humanizada para conseguir os resultados esperados e até mais; como aperfeiçoar suas habilidades em comunicação com diversos públicos; como aumentar sua persuasão na hora de negociar com os funcionários e outras áreas; o que é e como exercitar o autoconhecimento, autodesenvolvimento, a autoestima; como exercer a inteligência emocional em diversos momentos; e muito mais!

Depois da formação, o coachee será capaz de trabalhar melhor com a equipe em aspectos como a retenção de talentos; otimização do clima organizacional; aplicação da cultura organizacional; aumento da qualidade de vida no trabalho; mais comunicação entre todos e fortalecimento dos relacionamentos interpessoais; e melhor aproveitando do talento de cada um do time.

Viu como o coaching pode realmente ser libertador e ainda ter o poder transformador? Seja o protagonista da sua própria história!

Você já viveu um conflito de idades com alguma equipe de trabalho? Comente e compartilhe o conteúdo nas redes sociais.

Copyright: 361772246 – https://www.shutterstock.com/pt/g/stockbroker

 

E aí, curtiu esse conteúdo?

Saiba que ele é apenas a pontinha do iceberg e você pode desenvolver suas habilidades de liderança muito mais. Baixe agora o ebook Leader Coach e aprenda como extrair o máximo resultado da sua equipe.
Preencha o formulário, é de graça.
José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC - Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.



*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010