Dicas para quem planeja trabalhar no exterior

Homem no aeroporto

Confira algumas dicas que separamos para você que se decidiu por deixar o país e investir em um novo rumo na carreira.

Começamos a exercer uma profissão e, de repente, tudo se torna rotina. Quando isso acontece, buscamos por mudanças e uma que tem chamado bastante a atenção de muitos profissionais é trabalhar no exterior. Existem pessoas que decidem ir em busca de novas oportunidades, outras de mais segurança, melhores condições de vida, são muitas as motivações.

Esse é um tipo de mudança capaz de trazer uma transformação muito positiva para a vida de uma pessoa. Contudo, devemos reconhecer que se trata de uma grande transformação e que, portanto, requer organização e disciplina para realizar todo o preparo necessário.

Continue lendo para saber como se preparar para viver essa experiência da melhor maneira possível.

Quer saber mais sobre a metodologia do coaching?

Vamos liberar o acesso para você só hoje!

Trabalhar no exterior: quais são os benefícios?

Viver em um novo país é uma experiência bastante enriquecedora. Conhecer pessoas diferentes, com costumes diferentes, visitar lugares novos, tudo isso é fantástico! Trabalhar no exterior é se colocar em uma situação em que se verá cercado de desafios o tempo todo, o que tem como resultado o aprendizado, o desenvolvimento e o fortalecimento da autoconfiança.

Outros benefícios que essa experiência pode proporcionar são: aprimoramento de outro idioma, a oportunidade de melhorar o currículo, autoconhecimento, ter acesso a melhores salários, mais segurança e qualidade de vida, entre outros. Lembrando que as vantagens variam de acordo com a profissão e o país escolhido, mas, de maneira geral, os citados são os mais comuns.

Para ser bem sucedido é preciso estar em equilíbrio consigo mesmo.
Quer descobrir qual o seu nível de felicidade? Faça o nosso teste!

7 Dicas para se planejar para trabalhar no exterior

Como mencionamos anteriormente, trabalhar no exterior envolve uma mudança grandiosa de vida. A nossa intenção ao falarmos a respeito disso não é que desista e sim que se torne consciente e se prepare para realizar tudo o que for necessário para chegar lá. Veja, a seguir, quais são as ações fundamentais para se planejar.

1. Faça uma análise inicial

Primeiramente, é importante você saber exatamente como tudo ocorrerá, portanto liste o que precisa organizar. Com essas informações em mãos conseguirá definir se o plano é de curto, médio ou longo prazo, o que irá depender dos seus objetivos e condições atuais. Os pontos mais básicos a se considerar incluem:

Destino: qual será o país escolhido?

Sobre o emprego: tem algo em vista, irá organizar tudo por uma agência de intercâmbio ou irá primeiro para depois buscar as oportunidades?

Aspectos financeiros: já tem o valor total ou parte dele para arcar com todos os custos?

Questões burocráticas: tem passaporte, visto e outros documentos que forem necessários?

2. Esquematize e planeje

Coloque no papel como você fará para adquirir tudo o que precisa, onde buscará todas as informações, entre outros. Determine quais objetivos que estão te movendo até lá. É a partir desse planejamento que irá se organizar para buscar tudo o que for necessário.

Os passos a serem seguidos irão depender das suas condições atuais e do que pretende realizar. Algumas ações comuns são: poupar os valores necessários para a viagem, fazer cursos que possam te ajudar a encontrar oportunidades de trabalho, buscar agências que realizem esse tipo de assessoramento, entre outras.

3. Atente-se a questões burocráticas

Uma mudança de país envolve uma série de questões burocráticas, tanto relacionadas ao novo destino quanto à vida que irá deixar no Brasil. Verifique como irão ficar seus bens e família no Brasil, contas bancárias, entre outros detalhes.

Inclusive, é válido nomear alguém da sua inteira confiança para ser seu procurador legal. Assim, enquanto estiver longe essa pessoa poderá resolver eventuais problemas em seu nome.

Em relação ao novo país, tenha bastante atenção a tudo o que precisa resolver para que a mudança ocorra com tranquilidade. Revise documentos, autorizações e o que mais for necessário.

4. Esteja preparado para imprevistos

Lembre-se de que imprevistos acontecem, então se prepare para lidar com eles da forma mais tranquila possível. Você estará em terra “estranha”, por isso, deve tomar alguns cuidados para evitar situações inesperadas.

Hoje, temos na palma de nossas mãos um acessório que nos permite resolver uma série de questões com apenas alguns cliques. Portanto, lembre-se sempre de manter seu smartphone carregado e com acesso à internet, se possível leve um carregador portátil na bolsa quando for sair. Desse modo, poderá pesquisar endereços dos lugares que precisa ir, acessar mapas, pesquisar o significado de uma palavra desconhecida e assim por diante.

5. Tenha a mente aberta

Ao partir para uma jornada como essa, é imprescindível ter a mente aberta. Afinal, dependendo do país para o qual está indo, são grandes as chances de que irá encontrar hábitos bastante diferentes dos seus. É claro que um certo estranhamento é natural, apenas evite que ele te impeça de aproveitar a experiência.

Se permita conhecer pratos típicos do local, respeite os costumes das pessoas, visite lugares interessantes, mergulhe na cultura do país em que escolheu viver. Quanto mais aberta estiver a sua mente, mais rica será a experiência e o seu crescimento.

6. Faça pesquisas

Mais uma vez, a tecnologia se mostra como uma grande aliada de quem planeja trabalhar no exterior. Utilize a internet para fazer pesquisas sobre o país e a empresa para a qual está indo.

Quanto mais informações tiver, mais rapidamente conseguirá se adaptar. Procure saber sobre o comportamento das pessoas, lugares para se alimentar, farmácias, clínicas médicas, comece a explorar o local virtualmente antes mesmo de sair do Brasil.

7. Faça Coaching

O Coaching é um processo que utiliza técnicas, ferramentas e recursos de diversas ciências com a finalidade de ajudar pessoas a atingir objetivos e alcançar resultados. Se o seu objetivo é trabalhar no exterior, esse processo certamente poderá te ajudar a conquistá-lo, além de potencializar sua performance pessoal e profissional. Com o auxílio de um Coach conseguirá se organizar de forma mais eficiente para chegar aonde deseja.

Por fim, acredite que é possível e busque realizar seus planos. É claro que irá sentir saudade de casa, da família e do país em que nasceu, contudo, lembre-se sempre do que te levou a buscar esse sonho e tenha orgulho da sua coragem.

Se você tem esse objetivo, siga em frente! Prepare-se, dê o seu melhor, crie um bom plano e irá transformar esse desejo em realidade.

Aproveite para comentar sobre o assunto abaixo e compartilhar este conteúdo com amigos que também estão planejando trabalhar no exterior!

José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC - Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.



*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010