Uma infância feliz gera um futuro de sucesso. Entenda como funciona

Infância Feliz e um futuro de sucesso Infância Feliz e um futuro de sucesso – Saiba mais

 

Durante a infância, o indivíduo aprende a interpretar os sinais do mundo, estabelece seus conceitos de certo e errado, além de construir a base para se tornar um adulto mais ou menos confiante. Vivenciar experiências positivas na primeira idade contribui para que a pessoa seja mais segura e preparada para enfrentar os desafios impostos pela vida. Pais que entendem isso e oferecem uma infância mais feliz para seus filhos estão ajudando a construir um mundo melhor.

Por que a felicidade na infância impacta o sucesso no futuro?

Como mencionei acima, a infância é a etapa da vida em que o indivíduo está formando sua base de entendimento do que é certo e do que é errado. Tudo o que acontece nos primeiros anos de vida tende a formar o caráter do indivíduo. Então, oferecer um ambiente tóxico e nocivo para uma criança pode resultar em um adulto sem noções corretas de como agir em relação aos outros.

Uma criança que vivencia situações que lhes causa medo e constante apreensão, dificilmente será alguém solícito e confiante em suas próprias competências. A felicidade e o clima positivo durante a infância ensinarão essa pessoa a ter um comportamento mais assertivo em relação ao restante do mundo. Adultos que têm dificuldades de estabelecer relacionamentos saudáveis e focar em questões profissionais, geralmente vêm de um contexto de infância conturbada.

Preparamos um teste para VOCÊ descobrir o quanto é FELIZ!
Clique aqui e conheça nosso “Termômetro da Felicidade” !

Menor desenvolvimento de inteligência emocional

A falta de uma infância feliz acarreta a formação de um adulto sem inteligência emocional desenvolvida. A pessoa não consegue lidar com as emoções, pois tem um psicológico fragilizado pela falta de boas lembranças no início da vida. Um recurso que muitos utilizam quando se sentem muito tristes e impactados com algo ruim é se refugiar nas memórias especiais, especialmente as da infância.

Uma pessoa que não pode recorrer a esse porto seguro, esse momento em que foi feliz, torna-se mais frágil. No contexto profissional, pode ser aquele indivíduo que não aguenta uma avaliação de viés negativo dos colegas ou do gestor. Não conseguir lidar com as críticas de maneira saudável sabota todo o potencial que se tem para melhorar o desempenho em médio e longo prazo. A tristeza pode ensinar muitas coisas, porém, a felicidade, além de ensinar, também fortalece.

Dificuldades de aprendizagem e concentração

Outra questão complicada de manejar na vida adulta e que pode ser decorrente de uma infância sem momentos de felicidade é a falta de concentração. Quem passou boa parte da vida experimentando situações ruins ou desconcertantes, tende a não conseguir focar no que é realmente necessário. A pessoa desenvolve um tipo de pensamento acelerado, um ritmo de encadeamento de ideias em que não se faz a retenção de tópicos.

Consequentemente, isso gera problemas de aprendizagem, algo que fará com que esse adulto fique sempre atrás dos seus colegas. Conforme o tempo vai passando e o indivíduo não obtém resultados satisfatórios em suas empreitadas, pode ir se tornando frustrado e convencido de que não tem talento. A irritabilidade também é um traço marcante da personalidade de quem não foi feliz em sua infância.

Como proporcionar uma infância feliz e saudável para uma criança?

Agora que você já sabe qual o papel de uma infância feliz para a geração de adultos alinhados com o sucesso, deve estar se perguntando como fazer dos primeiros anos do seu filho mais felizes. Confira, a seguir, algumas dicas de como melhorar a infância de uma criança.

1 – Mantenha um bom relacionamento em casa

Grande parte da infelicidade na infância é decorrente de pais que não conseguem se entender e estão sempre discutindo. Procure maneiras de fazer com que o relacionamento entre os adultos seja o mais saudável quanto possível. Os pequenos tendem a observar a maneira como seus pais se relacionam entre si e reproduzir esse modelo ao longo de sua vida.

Então, ao viver em um ambiente em que não há respeito entre as pessoas, pode acontecer dessa criança se tornar alguém sem a capacidade de se relacionar bem com o restante do mundo. Se houver algum episódio de briga entre familiares, vale a pena conversar com o pequeno, explicar o que aconteceu de um modo que possa entender e deixar claro que esse comportamento não deve ser replicado.

2 – Estimule a criatividade dos pequenos

Uma infância repleta de criatividade é uma infância mais feliz, incentive que seus filhos leiam histórias em quadrinhos e livros, gostem de assistir filmes e peças de teatro, entre outras atividades. Lembre-se que essa é a etapa em que o indivíduo adquire suas bases de conhecimento a respeito do mundo. Dar a ele acesso a conteúdos variados, permitirá aumentar a sua capacidade criativa. Ser imaginativo é uma maneira de ser mais feliz.

3 – Ensine a lidar com adversidades

Um ensinamento importante para difundir durante a infância é a maneira certa de aprender a lidar com as adversidades. Nem sempre as coisas acontecem como o planejado, o pequeno precisa entender como solucionar essa questão sem desanimar. Por exemplo, se chegou o dia da visita regular ao dentista e seu filho já está ficando tenso, vale a pena conversar com ele, explicando o quanto pode transformar esse medo em força para se manter persistindo.

Uma estratégia para utilizar nesse tipo de situação é a de oferecer recompensas pelas ações positivas. Mesmo que ir ao dentista continue sendo entendido como algo ruim pela criança, pode ser convertido em algo feliz se depois foi feito um passeio com a mãe ou o pai, por exemplo. A questão é saber como lidar com as adversidades que, eventualmente, podem surgir no seu caminho.

4 – Permita que seu filho se expresse

Os adultos têm o hábito de esconder seus sentimentos, não dizem que não gostaram de algo ou que estão infelizes em uma determinada situação. Em geral, esse comportamento tem início na infância, quando os pais começam a orientar os pequenos a não chorar para não demonstrar fraqueza ou ser educados demasiadamente com outras pessoas, camuflando que talvez não gostem delas.

Permitir que as crianças conservem a sinceridade que lhes é tão peculiar pode ser uma maneira efetiva de contribuir para o seu sucesso quando adultos. A felicidade de poder expressar as suas opiniões fará com que seu filho seja mais seguro, algo fundamental para fortalecê-lo no futuro. Cada vez que precisa suprimir alguma ideia ou sentimento, a criança entende que não está alinhada com a assertividade do mundo.

5 – Dedique tempo para a criação de experiências positivas

Parece que a vida se tornou tão acelerada que as pessoas não têm tempo para ter uma vida pessoal. Esse ritmo estressante não pode se tornar a desculpa para que se deixe de dedicar tempo de qualidade para a família. Viver situações felizes, como ir a um parque de diversões ou simplesmente assistir a um filme com todos os entes queridos reunidos, fortalece o entendimento de família da criança e de consolidação de relações interpessoais.

Esses momentos juntos permitem que a criança se torne um adulto com mais capacidade de estabelecer e manter vínculos, inclusive no ambiente profissional. As pessoas tendem a manter o padrão de relacionamentos aprendidos em casa. A sensação de tranquilidade de estar junto com outras pessoas é essencial para ter facilidade de conviver com os colegas.

6 – Converse abertamente sobre certo e errado

A infância é a fase da vida em que o ser humano está buscando entender como funciona o mundo e a maneira mais assertiva de reagir a ele. Sendo assim, nessa fase é essencial que os pais tenham por hábito manter o diálogo aberto com os pequenos a respeito de questões de certo e errado. Repreender a criança quando ela faz algo ruim se torna relevante para a sua felicidade em um contexto em que ela aprende como agir com mais responsabilidade.

Ter a orientação do que pode ou não fazer evita que a criança passe por situações ruins em sua vida adulta. É na infância que as pessoas memorizam e armazenam em seu interior quais são os comportamentos aceitos e quais não são. Alguém que passou por uma orientação pouco eficiente nesse quesito, pode se tornar um profissional com alto grau de rotatividade.

7 – Brinque com seus filhos

Tem um momento mais feliz e mais pertinente para construir boas memórias da infância do que aquele de brincar? Certamente não, os adultos precisam reservar um pouco do seu tempo para se dedicar a atividades lúdicas com as crianças. Durante as brincadeiras, além de fomentar o sentimento de atenção no pequeno, os pais podem aproveitar para ensinar pontos relevantes para a vida.

As brincadeiras funcionam como momentos para ensinar a respeitar diferentes pontos de vista, bem como para apresentar a diversidade presente no mundo. Fortaleça a formação do caráter do seu filho nessas atividades em médio e longo prazo. Crianças que brincam com seus pais são mais felizes e se tornam adultos com mais paciência para interagir com outras pessoas.

Gostou de saber como a felicidade na infância pode ser muito impactante para o sucesso na vida adulta? Qual outro aspecto acha que também é relevante na formação de um indivíduo de sucesso? Deixe sua contribuição nos comentários abaixo! 

O artigo é bom, né?

No IBC é assim, não custa nada evoluir e alcançar resultados extraordinários. Se você quer seguir por esse caminho de evolução é só baixar o nosso e-book gratuito,
Tudo sobre Coaching. Preencha o formulário abaixo com seus dados para ler.

Copyright: 256066294 – https://www.shutterstock.com/pt/g/esb+professional

*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010