Finanças corporativas – Fundamentais para uma gestão eficiente da empresa

guia sobre finanças corporativas

Tudo o que você precisa saber sobre finanças corporativas

O sonho de todo empreendedor é abrir o seu negócio e lucrar com o mesmo. O que muitas vezes fica esquecido é o fato de que para isso acontecer, é necessário profundo conhecimento sobre os números gerados pela empresa e quando eu digo números, estou me referindo a tudo: custos, métricas, contribuição, faturamento etc. Ou seja, é essencial que o empreendedor saiba a real situação financeira do seu negócio para assim, traçar e aplicar ações capazes de proporcionar uma gestão financeira eficiente e que gerem lucro. 

É justamente ai que entram as finanças corporativas, que nada mais são do que um estudo sobre a melhor forma para a empresa utilizar e administrar seus recursos financeiros e cria valor a mesma, bem como as consequências, sejam elas positivas ou negativas de tal aplicação para o negócio e indicadores financeiros.

As finanças corporativas podem e devem ser aplicadas em qualquer negócio, independentemente do seu tamanho, pois seu foco é o de fornecer à organização, subsídios para que ela tome as melhores decisões em relação às suas finanças e assim, alcançar resultados efetivos e maximizar o seu valor.

Algumas questões estudadas pelas finanças corporativas, são:

  • Como minimizar despesas;
  • Como utilizar da melhor forma possível os recursos escassos;
  • Qual é a melhor forma para se adquirir mais recursos;
  • O que fazer com o lucro.

Indicadores de saúde nas finanças corporativas

Alguns indicadores são capazes de monitorar a saúde financeira de uma empresa e assim, oferecer parâmetros para uma melhor tomada de decisões, conheça alguns deles:

Faturamento

Através deste indicador, a organização acompanha aquilo que ela comercializa e quanto dinheiro entra a partir disso. Com base nessa soma, é possível estabelecer métricas a respeito da produção do negócio, preço do seu produto/serviço, visualizar sua participação no mercado e desenvolver estratégias para atingir seus clientes.

Custos fixos

Toda empresa possui custos fixos, mas é imprescindível saber de forma detalhada cada um deles para assim, compreender quais são os custos fixos que necessitam de parte dos recursos financeiros do negócio. Custos como: conta de água, luz e telefone, pagamento do colaboradores, etc, são essenciais para o funcionamento eficaz da organização, mesmo se o faturamento da empresa for baixo, por isso, tê-los de forma detalhada é vital para não se perder o controle.

Índice de endividamento

Esse indicador fornece dados para que a organização visualize quanto de recursos próprios e quanto de recursos de terceiros, como empréstimos e financiamentos, ela utiliza para desempenhar suas atividades. Com esse número em mãos, a empresa consegue visualizar sua real situação financeira e evitar endividamentos.  

Lucratividade

Por meio da divisão entre o lucro líquido e o faturamento bruto mensal do negócio, a empresa consegue identificar a sua lucratividade, ou seja, se a mesma gera fluxo de caixa, resultados satisfatórios e é capaz de se manter.

Ticket Médio

O ticket médio corresponde ao valor médio das vendas da empresa. Com esse dado, a organização analisa o trabalho do vendedor, quais produtos/serviços estão vendendo mais, se novas estratégias de venda precisam ser implementadas, etc.

Retorno sobre o Investimento (ROI)

Através do ROI, a empresa visualiza se seus recursos financeiros estão sendo bem utilizados, ou seja, esse indicador aponta os investimentos que estão fazendo o negócio ganhar ou perder dinheiro, bem como as melhores formas de utilizar os recursos financeiros.

Giro de Caixa

O giro de caixa é um indicador de quantas vezes o caixa da empresa gira por ano. Com esse parâmetro, ela é capaz de determinar quanto tempo seus custos levarão para se tornar vendas ou caixa.

Dicas para potencializar as finanças

Independentemente do tamanho e ramo de atuação, é essencial aplicar as finanças corporativas em qualquer negócio e assim, garantir a sobrevivência no mercado. Saiba algumas dicas para potencializar as finanças da empresa:

Planejamento

Ao realizar um planejamento financeiro, a organização estipula a rentabilidade para cada ativo, se os mesmos estão gerando lucro e quanto a empresa ainda precisa crescer. Assim, é possível traçar estratégias eficazes para alcançar o crescimento e a rentabilidade desejada.

Controle

Controlar as finanças é uma excelente maneira para a organização avaliar seu desempenho. Com esse acompanhamento, é possível implementar correções e estratégias para alavancar o negócio caso necessário, saber a real situação do fluxo de caixa e se é preciso realizar mais investimentos.

Gestão de ativos

Ao aplicar o estudo de finanças corporativas no negócio, a gestão de ativos garante uma melhor tomada de decisão, pois a mesma apresenta os riscos e retornos dos ativos (aquilo que possui algum valor) da empresa, se existe alguma discrepância nas contas, em qual nível de ativos circulantes ela deseja chegar, quais ativos precisam ser adquiridos e quais precisam ser deixados de lado, quando um investimento precisa ser feito, quais gastos são necessários, entre outras questões.

Gestão de passivos

Com a gestão de passivos, a organização capta recursos para financiamento (confiáveis) dos ativos correntes e não correntes para as suas atividades, assim, ela maximiza sua liquidez, reduz custos e riscos, visualiza que operações precisam de mais capital, etc.

Perfil do colaborador para trabalhar com finanças corporativas

O profissional que lida diretamente com as finanças corporativas é muito importante para o funcionamento eficaz da empresa e por conta disso, algumas características são essenciais em seu perfil. Saiba mais:

Mercado

O primeiro ponto crucial é que o profissional tenha profundo conhecimento sobre finanças, contabilidade, economia, seu mercado de atuação, quais são as atuais práticas da área, etc.

Liderança

Atualmente, ter habilidades de liderança é basicamente um pré-requisito para qualquer colaborador e com um profissional de finanças não é diferente. Ele deve ser capaz de engajar a equipe com quem trabalha, ser exemplo para outros colaboradores, ser proativo, incentivar novas ideias, ter controle emocional e trabalhar em prol do alcance de resultados de excelência. 

Comunicação

A pessoa que lida com finanças deve ter uma excelente comunicação, isso quer dizer que ela deve ter uma boa oratória, expor suas ideias de forma coesa, buscar soluções em conjunto com a equipe que trabalha, permitir que todos cooperem com o trabalho, saber negociar de forma coerente, etc.

Perfil Analista

O profissional de perfil analista é aquele que consegue desempenhar várias atividades sem grandes dificuldades, tem facilidade em trabalhar com números, métricas, dados e gráficos, características essenciais para alguém que lida com finanças.

Mudança

Por conta das inúmeras mudanças que ocorrem nas finanças de uma organização, a pessoa que trabalha nessa área deve estar aberta a essas possíveis variações.

Negócio

É fundamental entender como funcionam os processos financeiros da organização, bem como suas receitas, custos fixos e variáveis, faturamento, caixa, etc.

Resultados

Tudo dentro das finanças corporativas gira em torno de resultados, nesse sentido, o profissional dessa área de atuação deve focar o seu trabalho no alcance dos melhores resultados financeiros para a empresa.

Como o Coaching auxilia nas finanças corporativas

O Coaching é um treinamento que, através das técnicas e ferramentas adequadas, fornece subsídios para que o profissional:

  • Desenvolva um planejamento adequado;
  • Identifique os pontos fortes e de melhoria da gestão da empresa seja ela financeira ou ooutra;
  • Trace metas e objetivos alcançáveis;
  • Amplie as estratégias capazes de maximizar o lucro do negócio;
  • Visualize oportunidades e investimentos;
  • Use adequadamente os recursos;
  • Minimize e/ou reajuste os gastos da organização;
  • Estabeleça uma visão segura do negócio;
  • Realize ações capazes de aumentar a renda da empresa;
  • Alcance resultados financeiros de excelência.

Para um estudo correto das finanças corporativas, nada mais viável do que a empresa capacitar seus profissionais para que eles desempenhem tal função de forma eficiente e se mantenham atualizados. Nesse sentido, o Instituto Brasileiro de Coaching – IBC, oferece a mais completa formação de Coaching do país, o Professional & Self Coaching, saiba mais!

E na sua empresa, você realiza o estudo de finanças corporativas? Quais foram os resultados obtidos? Comente e compartilhe o artigo nas redes sociais.

E aí, curtiu esse conteúdo?

Saiba que ele é apenas a pontinha do iceberg e você pode desenvolver suas habilidades de liderança muito mais. Baixe agora o ebook Leader Coach e aprenda como extrair o máximo resultado da sua equipe.
Preencha o formulário, é de graça.

Copyright: 293572844  – https://www.shutterstock.com/pt/g/esb%20professional

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010