Como a Psicologia Organizacional pode afetar meu ambiente de trabalho?

Psicologia Organizacional

A Psicologia Organizacional muda o dia a dia nas empresas

 

Hoje vou falar de como a Psicologia Organizacional influencia no dia a dia de uma organização. Por definição, uma empresa é uma pessoa jurídica que busca por meio de bens e serviços atender alguma necessidade humana e, cujo processo produtivo tem como finalidade alcançar o lucro.

Entretanto, além dos bens materiais, uma empresa é composta essencialmente por pessoas. E é importante lembrar que são estes profissionais que cuidam dos processos e tornam os resultados tangíveis.

Neste sentido, para que a empresa obtenha sucesso é fundamental que os colaboradores sejam tecnicamente qualificados, tenham acesso a formações complementares, sejam motivados pela gestão e pela área de Recursos Humanos – RH e não se envolvam em conflitos. Lembrando que a lista de fatores para o sucesso pode ser ainda maior do que isso!

Para que todas as ações necessárias sejam cumpridas corretamente, existe a Psicologia Organizacional. Convido você a continuar esta poderosa leitura e entender mais sobre o assunto.

O que é psicologia organizacional e do trabalho

A psicologia organizacional estuda os fenômenos psicológicos que são consequências do ambiente das organizações, com o objetivo de solucionar os problemas relativos à gestão de pessoas. Com isso, o estudo busca manter a qualidade do clima organizacional, oferecer condições favoráveis ao trabalho, desenvolver o capital humano e, consequentemente, favorecer também o alcance de metas, objetivos e resultados extraordinários.

Entre os focos de atuação da Psicologia Organizacional é possível destacar:

Recrutamento e seleção: otimização de métodos para encontrar os melhores profissionais.

Análise de cargos e salários: revisão regular e atenta dos níveis dos colaboradores.

Aplicação de testes comportamentais (Coaching Assessment): avaliação periódica para mapear os colaboradores.

Avaliação de desempenho e performance: esse sistema de feedback deve ser aplicado obrigatoriamente e com períodos determinados. Eles devem conter a autoavaliação, avaliação da gestão, da área e da empresa, além de traçar objetivos e planos para o futuro profissional do colaborador.

Gestão do clima organizacional: com a aplicação de pesquisas de avaliação de clima.

Resolução de problemas e conflitos entre profissionais: entender o que está acontecendo e encontrar a melhor maneira de resolver.

Planejamento de carreira: organização de uma estrutura de crescimento da empresa, das áreas e cada funcionário delas. Com isso, será mais fácil fazer a retenção de talentos.

Promover qualidade de vida no trabalho: ações que visam a harmonia entre pessoas e o bem-estar das equipes, contribuem para estimular um convívio agradável e saudável.

Se a sua empresa ainda não promove nenhuma das ações acima é a hora de conversar com o seu gestor. Pode ser que essa conversa seja o ponto de partida para começar um projeto de Psicologia Organizacional no local em que você trabalha. E se o local em que você presta serviços já tem ações como essa, análise para avaliar o que poderia ou pode ser melhorado.

Quer saber mais sobre a metodologia do coaching?

Vamos liberar o acesso para você só hoje!

Como a Psicologia Organizacional muda o dia a dia nas empresas?

Por estudar o bem-estar, progresso e o relacionamento entre funcionários dentro de uma empresa, a Psicologia Organizacional influencia diretamente no bom andamento da empresa. Para realizar esse trabalho, é necessário contar com psicólogos qualificados e especializados, principalmente, nesta área.

Confira alguns pontos nos quais estes profissionais trabalham diariamente dentro das organizações:

Prevenção de conflitos

A Psicologia Organizacional preza, essencialmente, pelo bem-estar dentro das organizações.

Neste sentido, suas ações são voltadas para evitar conflitos de todas as espécies dentro da empresa, incentivando os profissionais a desenvolverem relações interpessoais de qualidade, ou seja, em que todos procurem sempre contribuir para o trabalho do outro e também para o entendimento entre todas as partes envolvidas nos processos organizacionais.

Dessa maneira, as pessoas compreendem a importância do trabalho em equipe e passam a, elas mesmas, evitarem conflitos umas com as outras.

Estímulo à capacitação de colaboradores

Outro ponto essencial em que a Psicologia Organizacional trabalha é para que colaboradores tornem-se cada vez mais capacitados.

Isso acontece através da realização de cursos, treinamentos, palestras, workshops, participação em eventos, entre muitos outros mecanismos, que fazem com que os profissionais que fazem parte da empresa realizem, cada vez mais, um trabalho de excelência e possam, com isso, obter melhores oportunidades de crescimento em sua carreira de uma forma geral.

Preocupação em atender às necessidades dos colaboradores

A Psicologia Organizacional tem verdadeira importância na atuação dentro das empresas, pois ela se preocupa, não só com os resultados que esta deseja alcançar, mas também com as necessidades e objetivos dos colaboradores que fazem parte dos negócios. Isso acontece, pois esta área da Psicologia entende que é somente através de um bom desempenho profissional, que é possível obter cada vez mais conquistas para todos: empresa e profissionais.

Assim, ela trabalha para identificar estas necessidades e oferecer benefícios, como vale-alimentação, vale-transporte, horas extras, banco de horas, bônus salariais, entre muitos outros, que vão aumentar, ainda mais a satisfação do colaborador com o trabalho que realiza.

A felicidade é imprescindível para o bom desempenho profissional!
Clique aqui, faça nosso “TESTE” e descubra como anda sua felicidade!

Empatia para compreender se houver problemas pessoais

Todos nós estamos sujeitos surpresas e imprevistos, não é mesmo?! Tendo esta premissa em vista, os profissionais responsáveis por trabalhar a Psicologia Organizacional dentro das empresas têm muito bem desenvolvida a sua empatia, que lhes permite compreender quando os colaboradores da empresa estão com dificuldades ou problemas pessoais.

A partir disso, é possível prestar o apoio necessário para que estes mesmo colaboradores consigam superar suas adversidades e desafios, e possam, por meio dos aprendizados retirados de cada experiência, voltar a realizar um trabalho de excelência na empresa.

Melhorar a comunicação

Hoje em dia, ainda existem muitos empreendedores, empresários, gestores, diretores e até mesmo líderes, que acreditam que é necessário manter distância dos colaboradores, para que estes não confundam as relações dentro da empresa.

No entanto, este tipo de pensamento está um tanto quanto ultrapassado, uma vez que é necessário demonstrar aos colaboradores que se está sempre ao lado deles, para o que precisarem, para que assim estes possam ter maior confiança na empresa para realizarem um bom trabalho todos os dias.

Sabendo disso, a Psicologia Organizacional desenvolve mecanismos para facilitar a comunicação entre gestores e colaboradores, buscando aproximá-los cada vez mais, no sentido de levar ainda mais sinergia para a empresa como um todo.

Avaliação regular de todos os colaboradores da empresa, incluindo a gestão

De tempos em tempos é preciso avaliar o desempenho de todos os colaboradores que fazem parte da empresa, inclusive aqueles que ocupam cargos de gestão, com o intuito de compreender se estes estão realizando suas atividades com excelência, bem como os pontos que precisam melhorar para alcançarem sempre a alta performance.

Neste sentido, a Psicologia Organizacional aplica técnicas e ferramentas que visam fazer um mapeamento técnico, operacional e comportamental dos colaboradores, para compreender seus pontos positivos e também os pontos de melhoria.

A partir deste processo, é possível elaborar ações e estratégias eficientes para potencializar as melhores competências e habilidades de cada colaborador, assim como diminuir ou eliminar aquelas que estejam lhes prejudicando na realização de um bom trabalho na empresa.

Motivação para o crescimento das áreas e da empresa

Para realizarem um bom trabalho, e preciso que os profissionais que compõem o quadro de funcionários da organização estejam plenamente motivados.

Diante disso, a Psicologia Organizacional busca implementar ações de valorização e reconhecimentos destes profissionais, no sentido de trabalhar o bem-estar e a felicidade dos colaboradores e de que isso, automaticamente, se reflita na execução de suas atividades diárias.

Recrutamento e seleção de qualidade

Além de tudo isso que citei até aqui a área de Psicologia Organizacional verdadeiramente atuante em uma empresa também trabalha no sentido de fazer uma seleção e um recrutamento eficaz de novas pessoas para a organização, garantindo assim que sejam qualificadas para as vagas disponíveis e que tenham o perfil procurado pela corporação.

Implementando este processo, diminui-se, de maneira considerável, a rotatividade na organização, uma vez que os colaboradores selecionados estarão verdadeiramente de acordo com os cargos e funções que devem desempenhar, estando, assim, felizes e motivados com a empresa como um todo.

Viu como essa área da psicologia tem papel fundamental no bem-estar da empresa?

A Teoria de Maslow e o bem-estar profissional

O psicólogo Abraham Harold Maslow é um dos nomes mais significativos na área. Alguns dos temas de suas pesquisas estão conectados à gestão de recursos humanos e de quem trabalha com isso. Afinal, esses profissionais se preocupam em como as pessoas se sentem e como elas se relacionam umas com as outras no ambiente organizacional.

Entre os seus estudos, posso destacar a Pirâmide de Maslow, que consiste, basicamente na seguinte estrutura: na base da pirâmide estão as necessidades fisiológicas, tais como respirar, beber água, alimentar-se e ter onde morar. Acima, está a camada da segurança, em que está a obrigatoriedade de se sentir segura em relação ao emprego, família, saúde e questões financeiras.

A camada seguinte é ligada às questões sociais, tais como os amigos, a família e a vida amorosa. Após isso, há o nível da estima, em que estão as conquistas individuais, confiança e autoestima. E, por último, está a realização pessoal, em que está a autoavaliação, ausência de preconceitos, moralidade e criatividade.

Como você pode perceber, o estudo dele busca entender em que momento da pirâmide as pessoas estão e por que. No âmbito empresarial, a área de Recursos Humanos – RH precisa entender em qual momento o funcionário está, se ele está feliz ou não dessa forma e quais são as melhores maneiras de fazer com que elas evoluam nela. Dessa maneira, a empresa terá um funcionário produtivo e a vida pessoal estará andando junto de forma harmoniosa.


Para que você entenda e visualize melhor a Pirâmide de Maslow, compartilho um vídeo aqui do IBC, que visa explicar de forma mais detalhada esta poderosa teoria:

A relação da Psicologia Organizacional com o Coaching

Buscando aperfeiçoar e ampliar as competências dos profissionais, os cursos de Coaching, como é o caso do Professional & Self Coaching – PSC, têm sido muito procurados por psicólogos organizacionais que desejam desenvolver as habilidades de um coach e alcançar, de forma mais efetiva, a excelência.

Eles buscam por essa qualidade máxima em aspectos como a comunicação, o relacionamento interpessoal, a liderança, o desenvolvimento e a gestão de pessoas. E mais que isso, hoje estes psicólogos comprovam por meio dos seus próprios resultados o quanto o Coaching é efetivo.

A aplicação desta poderosa metodologia de desenvolvimento humano, profissional e empresarial deve ser feita de forma correta. Os resultados serão positivos e irão surgir quando o método também for aplicado em treinamentos de desenvolvimento de habilidades e competências específicas dos colaboradores para líderes e equipes.

Quem é da área de Recursos Humanos – RH pode estudar a possibilidade de incluir cursos de Coaching voltados para Treinamento e Desenvolvimento – T&D dentro do orçamento anual da empresa, para que assim, seja possível desenvolver e despertar o potencial infinito dos colaboradores e, consequentemente, alcançar resultados extraordinários para todos: empresa e profissionais.

Invista no processo de Coaching e conquiste ainda mais resultados positivos em sua empresa, aliando-o à Psicologia Organizacional.

Agora me conte, Ser de Luz: gostou de conhecer um pouco sobre a Psicologia Organizacional? Deixe o seu comentário, falando o que achou e suas experiências sobre o assunto! E se este conteúdo fez sentido para você, convido você a compartilhá-lo em suas redes sociais, com seus amigos, para que eles também conheçam o poder da Psicologia Organizacional aliada ao processo de Coaching.

Copyright: Rawpixel.com

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010