Como descobrir se a ansiedade é grave ou não

Mulher com ansiedade

Entenda como a ansiedade pode ser problemática na sua vida.

A ansiedade é uma reação natural do organismo diante de situações que geram tensão ou podem significar algum risco. No entanto, quando essa sensação passa de certos limites pode se tornar seriamente limitante. Ficar paralisado diante de situações comuns do dia a dia demonstra que há algo mais sério acontecendo. 

A partir do momento em que a ansiedade passa a se configurar como um transtorno, demanda o acompanhamento clínico. No artigo a seguir iremos apresentar os principais sintomas do transtorno.

Essa leitura te possibilitará entender melhor como a ansiedade pode ser problemática na sua vida. Mas, lembre-se de que é essencial consultar um especialista para ter um diagnóstico. 

Saiba mais sobre a ansiedade

Algumas situações, como uma entrevista de emprego ou um encontro com uma pessoa de quem gostamos, tendem a nos deixar ansiosos. Na vida, passamos por momentos de indecisão ou medo diante do desconhecido. Esse comportamento é absolutamente normal. Existe um problema quando essa preocupação gerada pela ansiedade se estende para situações que não deveriam gerar tanta agitação. 

A ansiedade excessiva geralmente leva a uma série de prejuízos diretos ou indiretos. Quando a pessoa percebe que está perdendo oportunidades ou se prejudicando devido à sua ansiedade deve buscar ajuda profissional. Um médico especializado pode fazer o diagnóstico e prescrever o melhor tratamento para cada caso específico. 

Principais sintomas do Transtorno de Ansiedade Generalizada (TAG)

A seguir apresentaremos os principais sintomas do Transtorno de Ansiedade. Eles ajudam a entender se a ansiedade está passando dos limites na sua vida. Contudo, é importante ressaltarmos que o diagnóstico somente pode ser feito por um profissional da área de saúde mental. Procure um médico para que ele possa avaliar o seu caso. 

1. Dificuldades para dormir

Um dos sintomas principais do transtorno de ansiedade generalizada (TAG) é a alteração do sono. Pessoas ansiosas tendem a sofrer de insônia, isso porque elas não conseguem se dissociar dos seus problemas nem na hora do descanso.

O sinal de alerta deve ser ligado se você enfrenta problemas para dormir por noites seguidas. Em geral, o indivíduo não consegue pegar no sono porque fica repassando mentalmente seus problemas.

Há ainda casos de quem consegue adormecer porque está exausto, mas acaba despertando no meio do sono pensando nos problemas. Essas dificuldades do sono têm relação com estar muito ansioso. Pensamentos recorrentes acerca de preocupações podem se tornar estímulos que te impedem de dormir com qualidade porque não te deixam relaxar. 

2. Sensação constante de cansaço

Estar constantemente ansioso pode levar a um estado de exaustão mental e também pode gerar fadiga física. O indivíduo tem dificuldade de relaxar e normalmente já acorda com sensação de cansaço. O corpo e a mente do paciente apresentam sensação de cansaço porque nunca descansam. Os músculos do indivíduo podem ainda ser tensionados sem justificativa. 

Essa tensão física e mental é muito prejudicial para a qualidade de vida do indivíduo. Nesse contexto, é difícil para o indivíduo ter bom desempenho em suas atividades pessoais e profissionais. Algo que, inclusive, gera maior sensação de ansiedade. Trata-se de um círculo vicioso que produz cada vez mais ansiedade. 

3. Excesso de preocupação

O transtorno de ansiedade tem ainda como uma de suas principais características o excesso de preocupação. Obviamente todo mundo tem preocupações em suas vidas, isso é absolutamente normal. No entanto, quando elas dominam os pensamentos se tem um sério problema. As preocupações, nesse caso, passam a atrapalhar as tarefas que precisam ser realizadas. 

O termômetro está no quanto às preocupações te impedem de realizar suas tarefas do dia a dia. Se você está constantemente com a mente ocupada por problemas e isso te impede de resolver os problemas, é válido repensar em como está conduzindo as coisas. A preocupação deve ocupar um espaço saudável em nossas vidas. 

4. Dificuldade de concentração

Você consegue prestar total atenção em cada atividade que precisa realizar durante o dia? Ou quando está realizando uma tarefa começa a pensar nas seguintes desviando o seu foco?

Quando qualquer coisa é motivo de distração, é bem difícil conseguir realizar tudo aquilo a que nos propomos. Chegar ao fim do dia com uma série de tarefas inacabadas pode gerar ainda mais ansiedade.

A dificuldade de concentração é um sintoma relevante de ansiedade e deve ser observado com cuidado. Em médio e longo prazo, essa incapacidade de concentração pode gerar muitos problemas para concretizar suas metas. 

5. Sensação frequente de irritação 

A ansiedade tende a gerar no indivíduo ansioso uma irritação desproporcional diante de pequenas coisas do dia a dia. Problemas corriqueiros se tornam muito maiores do que são e podem produzir respostas inesperadas. E mais do que se irritar com algo pequeno, o indivíduo ansioso tende a se manter nesse padrão de irritação o dia todo. Essa irritação torna ainda mais difícil dormir. 

É interessante observar o que as pessoas à sua volta comentam a respeito do seu comportamento. Os feedbacks daqueles que gostam de você ajudarão a entender se a sua irritação está passando dos limites aceitáveis. Esse pode ser o sinal de alerta para procurar um médico para receber um diagnóstico.

Outros sintomas

O transtorno de ansiedade generalizada pode se manifestar na forma de diferentes sintomas. Inclusive, sintomas físicos como sudorese excessiva, palpitações, falta de ar, dores de cabeça, problemas gastrointestinais, entre outros. O ideal é que, ao identificar que algo não está normal, você procure um médico para fazer uma avaliação.

Como descobrir se a ansiedade é grave ou não?

Para ter uma dimensão real do quanto a ansiedade é um problema na sua vida é essencial procurar um médico. Somente um especialista poderá fazer uma avaliação criteriosa para identificar se os sintomas estão de acordo com os padrões considerados normais.

Caso você seja diagnosticado com transtorno de ansiedade generalizada, deverá seguir o tratamento prescrito pelo profissional da área de saúde mental. É essencial fazer um acompanhamento rigoroso para preservar a sua saúde e qualidade de vida. Lembre-se de que o melhor é sempre ter acompanhamento médico.

O transtorno de ansiedade generalizada deve ser acompanhado por um médico. Este conteúdo te ajudou? Compartilhe em suas redes sociais para levar o conhecimento adiante!

José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC - Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.



*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010
CNPJ: 31.328.744/0001-63