Neurociência do Comportamento

Entenda qual é a relação entre comportamento e a neurociência.

O que mais queremos ao longo de toda a nossa trajetória de vida é alcançar a tão sonhada felicidade, não é mesmo?! Mas para isso, precisamos percorrer alguns caminhos, fundamentais para alcançarmos este grande objetivo. 

Um destes caminhos é o do autoconhecimento. É ele que vai abrir as portas que precisamos entrar, para entendermos, de fato, quem somos nós, o que gostamos, o que queremos, assim como nossos pontos fortes, pontos de melhoria e nossas crenças limitantes

Além disso, é o autoconhecimento que nos leva a entender também quais de nossos comportamentos e ações mais nos ajudam a crescer e a chegar a essa tal felicidade, e qual deles nos distanciam cada vez mais dela. 

Neste sentido, é preciso contar com ferramentas, técnicas e alguns recursos, que nos colocarão nessa caminhada rumo a esse tão falado autoconhecimento. Uma destas ferramentas é a Neurociência do comportamento. 

Para que você entenda melhor sobre o que estamos falando, te convidamos a nos acompanhar na leitura do artigo de hoje, que vai tirar todas as dúvidas sobre este assunto. 

O que é Neurociência do comportamento?

A neurociência do comportamento é o estudo que busca compreender as bases biológicas da nossa consciência e de nossos processos mentais, pelos quais ocorrem todas as nossas ações.

Isso não implica apenas em aspectos motores e psicológicos, mas também nas ações mais complexas de nosso corpo como aprendizado, memória, cognição, autoconsciência, intelecto e personalidade. E as mais simples também como os cinco sentidos, o ato de andar, falar, comer, entre diversos outros.

Ela estuda as áreas do sistema nervoso, que controlam todos os nossos comportamentos, sejam voluntários ou não, compreendendo como os processos mentais influenciam em nossas ações, emoções, sentimentos, etc.

Dotado de terminações nervosas, nosso cérebro controla todo o nosso corpo, e a neurociência vem explicar, através dos processos mentais, porque isso ocorre.

Para estudar os aspectos comportamentais, a neurociência une diversas outras ciências, como a biologia molecular e celular, anatomia, neuropsicologia, psicologia, entre outras.

Preencha AGORA o formulário para descobrir!

A relação entre a Neurociência do comportamento e o autoconhecimento

Depois de entendermos um pouco sobre como a Neurociência do comportamento, vamos nos aprofundar um pouco mais no assunto, compreendendo a sua relação com o desenvolvimento do autoconhecimento. 

Conforme dissemos acima, entender um pouco mais sobre a neurociência comportamental, nos ajuda a desenvolver o nosso autoconhecimento. Isso porque ela analisa e observa o sistema nervoso do ser humano, de onde nascem nossas emoções e sentimentos. 

Neste sentido, esta relação se dá a partir do momento que utilizamos a neurociência do comportamento como ferramenta para compreendermos a origem de nossas ações, daquilo que sentimos, da forma como reagimos ao que nos acontece e assim por diante. 

Dessa forma, ao utilizá-la como recurso facilitador, passamos a nos conhecer melhor e entender quais são nossos pontos fortes, podendo, com isso aprimorá-los, e quais são os pontos de melhoria e crença limitantes, o que nos dará a oportunidade de trabalhar sobre cada um, para que não mais nos atrapalhem ou impeçam o nosso crescimento pessoal e profissional. 

Aprendizado e neurociência comportamental

Outra área em que a neurociência do comportamento trabalha é sobre o nosso aprendizado. Isso porque ela entende o processo de aprendizagem humano, através de elementos comportamentais, uma visão que se diferencia em alguns aspectos da psicologia. 

Ao utilizar aparelhos de tomografia, de ressonância magnética, entre diversos outros instrumentos, que permitem visualizar as reações cerebrais, de maneira aprofundada, a neurociência contribui para que se entenda o processo de aprendizado humano por meio de cinco pontos principais. São eles:

  • Emoções: isso porque são fatores que interferem, diretamente, em nosso processo de retenção de informações;
  • Motivação: que nos leva a querer aprender;
  • Atenção: essencial para que a aprendizagem aconteça, de fato;
  • Memória: através dela é possível que haja a associação com um conhecimento específico que já havíamos adquirido antes;
  • Plasticidade cerebral: observação de como o cérebro vai se modificando, conforme o tempo vai passando e vamos obtendo mais conhecimentos. 

Isso nos faz concluir, que a neurociência comportamental pode ser também uma grande aliada, para entendermos qual a melhor forma de retermos as informações que precisamos, para de fato aprendermos algo, em nossa carreira e também em nossa vida pessoal.

Esta é uma das razões que fazem com que haja certa importância em aprofundar nossos conhecimentos sobre esta poderosa ferramenta. 

Coaching e Neurociência do comportamento

O Coaching também utiliza a neurociência do comportamento, uma vez que um dos níveis trabalhados é o comportamental. Suas técnicas e ferramentas, baseados na Neurociência, são aplicadas, visando a forma como nossas emoções, sentimentos, objetivos de vida, entre outros aspectos, influenciam em nosso comportamento, e como alguns destes comportamentos nos limitam em determinados sentidos. 

Toda esta análise é feita, para que tenhamos consciência das mudanças que devemos empregar em nossa vida e que podem nos auxiliar a alcançar o que desejamos.

Durante o processo de Coaching o aspecto comportamental é trabalhado no sentido de aprimorar habilidades e capacidades, assim como trabalhar os comportamentos que impossibilitam o alcance de algum objetivo.

Assim, a Neurociência do comportamento vem para ajudar o coach a conduzir o processo junto a seu coachee, para que, juntos, ambos consigam fazer com que o indivíduo saia de seu estado atual e se direcione para seu estado desejado. 

Agora contribua conosco: o que você achou de saber um pouco mais sobre este assunto? Já conhecia a neurociência do comportamento e como ela pode ser utilizada como ferramenta de crescimento pessoal e profissional? Deixe nos comentários suas impressões sobre o assunto e continue acompanhando nossos conteúdos diários. 

 

O artigo é bom, né?

No IBC é assim, não custa nada evoluir e alcançar resultados extraordinários. Se você quer seguir por esse caminho de evolução é só baixar o nosso e-book gratuito,
Tudo sobre Coaching. Preencha o formulário abaixo com seus dados para ler.


*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010