Psicologia Positiva: quais são seus impactos no ambiente de trabalho?

Equipe de trabalho motivada

Confira os principais impactos da psicologia positiva no ambiente de trabalho.

Há décadas, estudos comprovam que a felicidade e o sentimento de ser valorizado impactam nos bons resultados de profissionais de áreas distintas. Uma pessoa que se sente contente com o trabalho tende a produzir mais do que alguém que está descontente e frustrado. Isso parece óbvio, atualmente, mas nem sempre se teve essa percepção.

A área da psicologia, por sua vez, passou por uma considerável mudança de foco ao longo do tempo. Inicialmente, os esforços se dirigiam para tentar compreender aquilo que nos deixava infelizes e desmotivados. No decorrer das últimas décadas, se observa o esforço oposto, isto é, de identificar aquilo que gera alegria e esperança nas pessoas. 

Nesse sentido, podemos destacar a Psicologia Positiva que vem demonstrando a conexão entre as emoções positivas e a qualidade de vida. Sua aplicação no ambiente corporativo contribui para que os líderes despertem emoções positivas em suas equipes, levando a melhores resultados.

A seguir explicaremos como esse método pode ser relevante para a conquista de mais produtividade e sucesso, acompanhe!

Quais são os impactos da Psicologia Positiva no ambiente de trabalho?

Adotar uma cultura interna focada na positividade das relações é determinante para motivar os colaboradores a realizar seu máximo potencial. A seguir listamos alguns dos principais impactos da psicologia positiva para as companhias. 

1. Aumento da produtividade individual e de grupo

O desenvolvimento de relacionamentos positivos entre os colaboradores é fundamental para fortalecer o sentimento de união. Ao longo da trajetória profissional, essas boas relações se refletem em maior produtividade individual e coletiva. Os profissionais trabalham com mais satisfação por estarem em um ambiente leve e trocam mais experiências com os colegas.

2. Aumento do engajamento dos colaboradores

Os colaboradores passam a ter um maior engajamento, uma vez que têm uma relação mais saudável entre si. Ter uma boa troca com os colegas fortalece a motivação para ir ao escritório todos os dias. Quem tem vontade de ir a um lugar em que não se sente bem? 

3. Mais facilidade para resolver conflitos

A psicologia positiva não irá eliminar os conflitos, pois a convivência humana tende a ser conflituosa. A diferença em ambientes que adotam essa metodologia é a maior facilidade e inteligência emocional para resolver as questões. As pessoas se tornam mais propensas a solucionar os eventuais conflitos que vivenciam porque tem uma consideração umas com as outras.

4. Mais disposição para se envolver nos projetos de trabalho

Em um ambiente positivo é natural se sentir mais interessado em fazer parte dos projetos e entregar o melhor de si. Os profissionais se veem em um lugar de maior entrega porque são capazes de enxergar o retorno do que fazem de positivo. A dedicação é reconhecida e valorizada em um ambiente que utiliza a psicologia positiva como guia.

5. Pensamento criativo e original

Estar inserido em um ambiente positivo e de bom clima organizacional potencializa a capacidade criativa dos colaboradores. Os profissionais ampliam o seu horizonte e encontram soluções que talvez não fossem vistas antes. Há também menos temor de expor opiniões e sugestões porque se entende que haverá menos julgamento. 

Psicologia Positiva no ambiente de trabalho e o impacto na vida pessoal 

Você já parou para pensar que, de maneira geral, as pessoas passam metade de seus dias no ambiente de trabalho? Dependendo das configurações familiares do indivíduo é possível que ele veja mais os colegas do que os familiares. Logo, se não houver um clima leve e positivo no ambiente de trabalho pode nascer a partir daí uma grande insatisfação.

A psicologia positiva impacta não somente o rendimento no trabalho, mas também a vida pessoal do profissional. Quando não há clima de positividade na companhia é natural que os colaboradores se sintam sobrecarregados e descontentes. Isso pode levar a uma série de problemas de saúde que, por sua vez, acarretam em afastamentos, licenças e prejuízos para a organização. 

Os colaboradores que se sentem satisfeitos e estão em um ambiente positivo têm uma relação melhor com seus colegas e maior produtividade. Também desenvolvem menos problemas de saúde e se tornam pessoas mais resilientes

Psicologia Positiva: conheça os 5 pilares para implementar no ambiente de trabalho

A Psicologia Positiva se baseia no modelo desenvolvido pelo professor Martin Seligman, conhecido como o “pai da psicologia positiva”. A seguir explicaremos os 5 pilares desse método: emoções positivas, engajamento, relacionamento, propósito e conquistas.

1. Emoções Positivas

Uma pessoa feliz tende a estabelecer metas mais ambiciosas e ser mais persistente para alcançá-las. A felicidade potencializa a segurança e a abertura para novas experiências e aprendizados. Os líderes devem se ocupar de promover esse estado emocional mais frequentemente em seus colaboradores. Emoções positivas, como otimismo, alegria e aceitação, são essenciais. 

2. Engajamento

É o que antecede a motivação e diz respeito a um estado psicológico que potencializa o compromisso do indivíduo com uma causa. A melhor estratégia para ampliar o engajamento é investir em métodos que levem os colaboradores a usar mais seus pontos fortes. 

O reconhecimento dos pontos fortes individuais é importante porque isso ajuda a dar destaque para a contribuição de cada colaborador. Incentivar os pontos fortes e ajudar a melhorar os pontos fracos é uma forma de fortalecer a equipe. 

3. Relacionamento

Há inúmeros benefícios em ter relações positivas no trabalho, sendo um dos principais o aumento da produtividade. Quando os colaboradores se relacionam bem entre si há maior taxa de atração e retenção de talentos

Os líderes podem incentivar que se construam relações mais positivas entre os colaboradores ao encorajar oportunidades de socialização, formais e informais. Bons relacionamentos contribuem para melhorar a saúde e bem-estar dos colaboradores. 

4. Propósito

Entender “por que” é preciso fazer algo ajuda a tornar mais agradável o “o que” e o “como”. Os esforços passam a ter uma direção certa e isso leva a uma forma mais positiva de encarar o dia a dia profissional. Para muitas pessoas essa nova configuração se reflete em uma rotina mais gratificante. 

Os líderes podem estabelecer o senso de propósito no trabalho, ajudando os profissionais a entenderem a relevância de suas tarefas. Toda atividade passa a ser vista como uma forma de contribuir para o todo. 

5. Conquistas

Ter a sensação de conquista em um trabalho ou projeto potencializa as relações positivas. Os líderes podem e devem celebrar todos os ganhos dentro de um projeto, reconhecendo o papel de cada envolvido. Essa sensação faz com que os profissionais se sintam motivados a entregar sempre algo melhor.

Gostou de saber mais sobre Psicologia Positiva? Aproveite para comentar abaixo e compartilhar o conteúdo nas redes sociais para levar o conhecimento adiante!

José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC - Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.



*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010
CNPJ: 31.328.744/0001-63

This will close in 0 seconds