8 Coisas que te impedem de ter um dia produtivo

Homem correndo atrás de relógios

Confira quais são as atitudes mais comuns que podem estar te impedindo de ter dias produtivos.

Chegar ao final do dia com a sensação de dever cumprido é extremamente satisfatório. Você sente que o trabalho rendeu e que nada foi deixado para depois, então, tem a motivação fortalecida para repetir o feito ao longo de toda a semana. Se faz tempo que não se sente assim, é importante conhecer as coisas que te impedem de ter um dia produtivo e evitá-las.

Continue a leitura para saber quais são essas barreiras da produtividade e conferir dicas de como mantê-las longe da sua rotina.

Quer eliminar hábitos tóxicos da sua vida?

Preencha AGORA o formulário para saber como!

logo detox branca

Coisas que te impedem de ter um dia produtivo

Veja, a seguir, quais são as ações mais comuns que podem estar te impedindo de ter dias produtivos. São atitudes que parecem inofensivas, mas que são capazes de fazer com que desperdice muito tempo, muitas vezes até sem perceber.

1. Desorganização

A primeira barreira para a produtividade é a desorganização. Não ter uma lista de tarefas a serem cumpridas faz com que não saiba exatamente o que deseja e precisa realizar. Assim, não consegue distribuir o tempo de forma eficaz e tem a sensação de que as horas do dia não são suficientes para tantas atividades.

Vale dizer que a desorganização dos ambientes também prejudica a capacidade de ser produtivo. Uma mesa de trabalho cheia de objetos desnecessários faz com que gaste mais tempo para encontrar os itens que precisa. Além disso, a bagunça ao redor prejudica o desenvolvimento de ideias.

2. Procrastinação

Procrastinar é o ato de deixar as tarefas para depois, ocupando o tempo com atividades sem relevância. Um indivíduo que precisa estudar, por exemplo, pode procrastinar assistindo TV, arrumando armários, navegando na internet. Assim, quando percebe, todo o tempo que tinha para se dedicar aos estudos se esgotou.

A procrastinação surge como um mecanismo da mente para evitar tarefas consideradas cansativas. Assim, há uma busca instantânea por algo que pareça mais prazeroso momentaneamente, porém, é aí que mora o perigo.

Ainda em referência ao exemplo, a pessoa que procrastina e deixa de estudar com frequência, não consegue aprender todo o conteúdo que precisa para realizar seus objetivos. Por isso, é extremamente importante se atentar a esse tipo de hábito para combatê-lo.

É preciso saber diferenciar prazer de satisfação. Enquanto o primeiro é momentâneo, a segunda requer esforço para ser alcançada, mas, além de uma sensação agradável, tem resultados positivos de longa duração. Ter essa consciência te ajudará a evitar a procrastinação.

3. Não saber dizer “não”

Pessoas que não conseguem dizer “não” para os outros acabam negando coisas a si mesmas e isso pode custar sua produtividade. Essa é uma atitude bastante comum e que é capaz de gerar problemas em todas as áreas da vida.

Imagine que está realizando tarefas importantes e que possuem prazos para serem concluídas. Então, a cada momento um colega de trabalho chega e pede um favor. Se acatar o pedido de todos, não conseguirá concluir as suas próprias demandas, acumulando-as.

É fundamental que tenha clareza sobre as suas prioridades e saiba colocá-las na frente. Lembrando que em muitas situações é necessário reorganizá-las para atender demandas externas, contudo, é fundamental manter o equilíbrio e saber dizer “não” quando for necessário.

4. Fazer pausas o tempo todo para checar mensagens e e-mails

Quando iniciamos uma atividade, nosso cérebro fica focado nela. Se pausas frequentes são feitas, há um prejuízo das linhas de raciocínio, levando mais tempo para retornar ao estado anterior. Então, se você fica o tempo todo parando seu trabalho para checar mensagens e e-mails, tem sua produtividade prejudicada.

O melhor a fazer é manter desativadas as notificações e separar momentos específicos do dia para verificar e responder as mensagens. Assim, o tempo é otimizado e não há qualquer prejuízo para o seu desempenho.

5. Tentar realizar várias tarefas ao mesmo tempo

Há algum tempo, surgiu a ideia de que, para ser produtivo, era necessário realizar várias tarefas ao mesmo tempo, o famoso profissional multitarefa. Embora existam atividades que realmente se complementam e podem ser realizadas simultaneamente, isso não se aplica à maioria dos casos.

Muitas vezes, ao tentar fazer tudo de uma vez só se leva mais tempo do que se as tarefas fossem cumpridas separadamente. Fique de olho nisso para evitar se enganar e pensar que está economizando tempo quando, na realidade, está gastando mais do que deveria.

6. Definir metas inalcançáveis

Ter um dia produtivo significa conseguir cumprir todas ou boa parte das tarefas que precisava. Porém, muitas pessoas não conseguem concluir todas as demandas porque definem metas inalcançáveis. Portanto, verifique se não tem se excedido ao definir sua agenda do dia.

Ao começar a listar as tarefas que precisa realizar, é natural ter dúvidas sobre o tempo que levará em cada uma. Mas, com o passar do tempo irá se habituar e ter mais clareza em relação a isso.

Uma dica interessante para seguir no início é criar uma lista de tarefas mais contida e incluir abaixo algumas excedentes que possam ser realizadas se sobrar tempo. Se der tempo de concluí-las, ótimo, se não der, deverão ser realocadas na agenda do dia seguinte.

7. Ser perfeccionista demais

O perfeccionismo pode ser bom até certo ponto, no sentido de servir como estímulo para uma pessoa se dedicar às suas atividades. Contudo, se torna negativo quando leva o indivíduo a gastar tempo demais com detalhes sem importância e que em nada irão agregar aos resultados.

Se você é uma pessoa perfeccionista, adote como mantra a frase: feito é melhor do que perfeito. Saiba equilibrar a busca pela qualidade e a produtividade, para que ambas caminhem lado a lado em suas ações.  

8. Reuniões desnecessárias

Existe um hábito que é comum em muitas empresas de realizar reuniões desnecessárias, a famosa reunião que poderia ser um e-mail. Verifique se no seu dia a dia de trabalho muito tempo é gasto em reuniões. Embora esses encontros sejam importantes para alinhar os objetivos da equipe, o excesso pode ser prejudicial.

E então, quantas dessas coisas estão te impedindo de ter um dia produtivo? Deixe seu comentário abaixo e compartilhe as dicas com os seus amigos!

O artigo é bom, né?

No IBC é assim, não custa nada evoluir e alcançar resultados extraordinários. Se você quer seguir por esse caminho de evolução é só baixar o nosso e-book gratuito,
Tudo sobre Coaching. Preencha o formulário abaixo com seus dados para ler.
José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC - Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.



*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010