Pessoa temperamental – Como lidar com ela?

pessoa temperamental Saiba como lidar com pessoa temperamental

 

Quem precisa conviver com alguém temperamental, seja em casa ou no trabalho, sabe que pode ser desgastante ter que lidar com os arroubos constantes do outro. Geralmente, são pessoas com comportamento explosivo e que não conhecem o significado da palavra tranquilidade. Conviver com uma pessoa assim é estar o tempo todo sob pressão esperando a próxima explosão. Saber como lidar com os temperamentais é fundamental para manter a sua própria paz.

O que caracteriza uma pessoa temperamental?

Sinônimo de alguém complicado de se conviver, uma pessoa temperamental é aquela que possui um humor instável e que se mostra difícil de agradar. O temperamento nada mais é do que o sistema de comportamento emocional e afetivo. Um indivíduo pode ser entendido como alguém com um mau temperamento e que está sujeito a mudar de ideia a todo o momento sobre algo que já parecia decidido.

Os episódios em que a raiva e a agressividade se manifestam, com certeza são os mais desafiadores de lidar. Porém, estar o tempo todo medindo suas palavras e atitudes para não gerar uma chateação ou a revolta do outro também pode ser bem ruim. Quando não há a possibilidade de simplesmente não conviver com a pessoa temperamental, é crucial aprender a lidar com ela e com as situações geradas pelo seu temperamento.

7 Dicas de como lidar com uma pessoa temperamental

Você já passou por momentos delicados com pessoas emocionalmente instáveis e está cansado de dividir seu tempo entre se sentir culpado pelos arroubos alheios ou tentar evitar brigas que se mostram inevitáveis no final das contas?

Saiba que, por mais desafiador que seja gerenciar o relacionamento com um familiar, par romântico ou colega de trabalho temperamental, é possível chegar a um entendimento a partir de algumas atitudes da sua parte. A seguir listei sete dicas para te ajudar a tornar essa convivência mais tranquila.

1 – Conheça suas próprias emoções

A primeira coisa a fazer é considerar como o mau temperamento do outro afeta o seu temperamento. Quais são os motivos que te fizeram procurar a ajuda desse artigo? Embates constantes com o indivíduo mal humorado ou uma sensação de grande irritação? Se você perde seu equilíbrio emocional pelas instabilidades do outro, saiba que está fazendo exatamente o que ele quer.

Geralmente, as pessoas temperamentais estão muito chateadas e insatisfeitas consigo mesmas e desejam que todo mundo entre nessa cadeia negativa para que se sintam melhores. Observe e entenda os fatores que te tiram do sério para que possa anulá-los, mantendo a sua serenidade. O simples fato de manter seu bom humor já é uma ótima resposta para pessoas assim.

2 – Seja pato e não esponja

Você deve estar se perguntando o que exatamente essa frase significa e vou explicar. Patos possuem uma glândula responsável por distribuir óleo pelas suas penas para que se tornem impermeáveis. Então, tudo o que é externo fica do lado de fora, basta dar um mergulho e aquilo que tentou entrar fica para trás. Esponjas, por sua vez, absorvem elementos externos com grande facilidade.

Na convivência com pessoas difíceis, é importante ser como os patos que evitam aquilo que pode lhes fazer mal e não como as esponjas que absorvem. Não deixe que o mau humor de outra pessoa estrague o seu dia e te faça se esquecer das suas próprias alegrias. Quando o indivíduo em questão falar algo para te atingir, ignore e se concentre em alguma coisa boa que aconteceu.

3 – Use argumentos e não frases de efeito

Não tem nada pior do que discutir com uma pessoa que perdeu a razão no mesmo nível de descontrole que ela. Sendo assim, não eleve seu tom de voz e use argumentos plausíveis para rebater as afirmações sem fundamento da outra parte. Por mais tentador que seja dizer aquelas frases de efeito que atingem no âmago do oponente da discussão, se segure.

Colocar mais lenha na fogueira que já está causando um incêndio não irá resolver, pelo contrário, só aumentará a irá de quem não consegue manter suas emoções sob controle. Se perceber que a outra parte está completamente fora de si, deixe para conversar em um outro momento, pois nem argumentos serão bem recebidos.

4 – Procure conduzir a conversa

Se você já conhece bem o temperamental com quem convive e sabe quando uma conversa está se encaminhando para o começo de um drama descomunal ou de uma briga, assuma, discretamente, o controle da situação. Converse em um tom de voz tranquilo, deixe que o outro fale, use argumentos racionais e não demonstre que está sendo afetado por eventuais provocações.

Revirar os olhos, responder elevando a voz ou simplesmente dar as costas para o indivíduo é um erro estratégico. Lembre-se que, em boa parte dos casos, o outro quer te afetar para te deixar tão descompensado emocionalmente quanto ele, então, mostre que está tranquilo. A sua serenidade vai desmotivar o temperamental a continuar em seu jogo e, de alguma forma, ele vai dar um jeito de escapar da situação.

5 – Tenha empatia

Por mais difícil que seja conviver com uma pessoa temperamental, não esqueça que ela também sofre com essas atitudes fora da curva. Dedique parte do seu tempo a tentar entender quais são os fatores que desencadeiam essas ações descontroladas. Se for alguém com quem você tem relação pessoal, de namoro ou amizade, vale a pena sentar e conversar quando houver tranquilidade para tal.

Exponha para a pessoa como as atitudes dela sabotam suas relações e o quanto é sofrido ter que conviver com ela durante esses episódios de instabilidade. No caso de não ter muita intimidade, mas ter que continuar convivendo, recomendo que use o que aprendeu para evitar se manter por perto nos momentos de explosão. A falta de intimidade torna difícil ser o responsável por essa conversa, isso pode até mesmo gerar um estresse desnecessário.

6 – Saiba ir embora de vez em quando

Está em um momento em que não aguenta mais a forma como a pessoa temperamental está sempre gritando e procurando motivos para brigar? Então, use a carta na manga de poder ir embora quando sentir que não tem estrutura emocional para não responder na mesma moeda (algo que nunca dá certo e ainda te faz perder a razão).

Se você não puder simplesmente virar as costas e sair do ambiente, aconselho que apenas respire fundo e leve sua mente para outro lugar, um lugar em que não precise aguentar o comportamento abusivo dos outros. Ligue seu alerta para saber quando está naquele ponto em que não aguenta mais e está deixando a irritação falar mais alto. Preserve o seu equilíbrio emocional, evitando confrontos desnecessários.

7 – Tenha interesse em entender a perspectiva do outro

Como já mencionei, pode ser ainda mais difícil manter uma conversa com uma pessoa temperamental demonstrando desinteresse pelo o que ela tem a dizer, isso apenas acende mais a chama da irritação. A melhor forma de evitar que os problemas aumentem de dimensão é buscar entender o que está levando aquela pessoa a agir dessa forma instável.

Converse esmiuçando o assunto e esteja aberto para tentar enxergar o mundo sob a perspectiva alheia. Você pode se surpreender ao perceber que alguns pontos do discurso do temperamental podem fazer sentido e até ajudar a melhorar a relação entre vocês.

E se eu for a pessoa temperamental?

Talvez, o indivíduo temperamental com quem você tenha que lidar seja você mesmo, algumas pessoas próximas já te alertaram sobre como o seu temperamento forte atrapalha suas boas relações pessoais e profissionais? Então, é bom começar a prestar atenção em relação à sua dinâmica com aqueles de quem gosta.

Oscilações de humor e estar sempre irritado não são exatamente coisas normais, embora todo mundo fique meio bravo de vez em quando não dá para se manter nesse modo e não ter dificuldades para levar a sua vida. Identificar que está com problemas para estabelecer relacionamentos saudáveis com as pessoas que te rodeiam é o primeiro passo. Tendo admitido que tem algo a resolver, vale a pena seguir essas 5 dicas abaixo.

1 – Assuma o controle

O seu temperamento só irá mudar se isso estiver de acordo com a sua vontade, então, tenha foco em não se deixar levar pela irritação.

2 – Pratique a mudança de comportamento

Ninguém muda de uma hora para outra, faça exercícios cotidianos. Comece trabalhando internamente algumas de suas principais crenças para evitar que elas ditem a maneira como agirá em relação aos demais.

3 – Converse com outras pessoas

Cada um tem sua própria forma de dominar seu temperamento e irritação, no entanto, conversar com outras pessoas para saber da experiência delas pode te ajudar nesse caminho. Você pode testar o que deu certo para algum amigo e descobrir seu método próprio.

4 – Pense sempre antes de agir

A impulsividade anda de mãos dadas com o comportamento temperamental, então, a forma mais eficiente de freá-lo é simplesmente pensar antes de tomar qualquer atitude.

5 – Procure ajuda

Se achar que está muito complicado domar seu temperamento, não tenha medo de buscar ajuda. Um profissional qualificado pode te ajudar a encontrar o equilíbrio e a organizar a sua mente.

Gostou de saber mais sobre como lidar com pessoas temperamentais? Já conviveu com alguém assim? Deixe seu comentário e compartilhe este conteúdo em suas redes sociais!

 

Fontes:

https://amenteemaravilhosa.com.br/lidar-com-pessoas-temperamentais/

https://formacao.cancaonova.com/relacionamento/amizade/como-conviver-com-alguem-de-temperamento-dificil/

https://lifestyle.sapo.pt/vida-e-carreira/comportamento/artigos/como-reagir-perante-alguem-temperamental

https://www.familia.com.br/6-dicas-para-ser-uma-pessoa-menos-temperamental-e-impulsiva/

Copyright: 138623117 – https://www.shutterstock.com/pt/g/maurus

*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010