Como as empresas têm lidado com as dificuldades da crise atual?

empresária evitando que peças de madeira caiam e formem um efeito dominó

Não está sendo nada fácil ser empreendedor em tempos de crise como o que estamos vivenciado. Entenda como as empresas tem lidado com esse grande problema.

A pandemia de Covid-19 trouxe uma série de incertezas para empresas de todos os setores e portes. De um momento para o outro, todo o cenário foi alterado, abrindo espaço para uma série de especulações a respeito do futuro. Em meio a tantas dificuldades, as empresas que se mostraram ativas em relação à sociedade e aos seus colaboradores se destacaram.

Compreender o seu papel em um momento histórico tão delicado contribui para solidificar a imagem da companhia. A seguir você poderá ficar a par de algumas estratégias adotadas por empresas para sobreviver e se inspirar para superar as dificuldades da crise atual.

A situação

O novo coronavírus se propagou pelo mundo a uma velocidade impressionante. Em um momento em que muitos países, como o Brasil, viviam um início de prosperidade, as esperanças foram ameaçadas. A determinação do status de pandemia pela Organização Mundial da Saúde (OMS) veio apenas para confirmar o que as empresas já estavam sentindo, a crise.

Para as companhias, a pandemia representa uma série de riscos no tocante à sua operacionalidade e manutenção no mercado. Destacam-se dentre esses riscos atrasos de entrega de matéria-prima, mudanças nas demandas dos consumidores e aumento dos custos. Mostrou-se bastante relevante que as empresas entendessem como se posicionar no mercado em médio e longo prazo.

Comece a ter o

Destaque

que você merece!

Preencha os campos abaixo para receber o e-book.

Ações que empresas têm adotado para lidar com as dificuldades da crise atual

Observando este cenário caótico e preocupante estabelecido pela crise, é bastante esperançoso ficar a par de ações relevantes. O posicionamento diante dos desafios faz toda a diferença para a superação. A seguir vamos apresentar algumas medidas que empresas vêm adotando para lidar com a crise atual.

1. Formação de equipe de tomada de decisões emergenciais

Em uma situação de crise, é essencial ter uma equipe focada na tomada de decisões emergenciais. A agilidade na resolução das questões que surgem faz toda a diferença para a manutenção do empreendimento no mercado. Diversas empresas precisaram se reposicionar para sobreviver e, nesse ponto, essa equipe é imprescindível.

É importante que esse time seja formado por especialistas que compreendam as demandas. Em relação aos membros que o formarão, as companhias geralmente optam por colaboradores já inseridos em seu quadro ou realizam a contratação de especialistas.

2. Implementação de planos de emergência

As empresas que já tinham planos de contingência ou estratégias para emergências, conseguiram reagir mais rapidamente. Ter um plano estruturado de como agir em uma situação emergencial faz toda a diferença. Quando a emergência surge, é possível organizar toda a gestão corporativa mais efetivamente.

No caso de companhias que não tinham esse plano emergencial, se mostrou decisivo estruturar uma estratégia. Avaliar a situação e quais são os impactos na companhia contribui para identificar quais os possíveis caminhos a seguir. O foco deve estar na verificação dos riscos e potenciais soluções para eles.

3. Segurança para funcionários

Para ajudar a frear a crise econômica resultante da crise sanitária, é essencial ter planos para a segurança dos colaboradores. Companhias que contam com esse tipo de planejamento voltado para a equipe passam mais credibilidade para o mercado. Esse método se baseia em desenvolver uma comunicação positiva com esse grupo.

Evitar o surgimento de inconsistências e negligências no padrão comunicativo é fundamental para a construção de uma imagem forte. É uma forma de manter também uma comunicação relevante com parceiros. Um canal eficiente de comunicação resulta em mais produtividade.

4. Organização para a retomada segura

Para que as empresas possam se manter produzindo, é fundamental que façam a sua parte em relação à segurança. Ter um planejamento organizado e focado na preservação da saúde é fundamental para a retomada. A flexibilização de regimes de trabalho com a adoção de home office e redução de horas tem feito a diferença.

Muitas empresas têm adotado um sistema de rodízio de férias para evitar aglomerações. Também estão sendo desenvolvidos mecanismos para aumentar o número de atividades realizadas em home office. Inclusive, é interessante observar que diversas empresas pretendem manter esse sistema mesmo depois do fim da pandemia.

5. Sistema de monitoramento da saúde dos colaboradores

Outra medida que vem sendo amplamente adotada por empresas é o monitoramento da saúde dos colaboradores. Trata-se de um acompanhamento das condições de saúde dos funcionários sem a exposição desses dados. O registro das questões de saúde faz a diferença para entender como gerenciar a crise nos próximos meses.

Para reduzir as chances de contágio, as companhias devem adotar uma rotina de limpeza e desinfecção dos ambientes. Para isso, basta seguir as instruções repassadas pelas autoridades sanitárias. Também tem se mostrado essencial a conscientização dos colaboradores sobre os riscos da Covid-19 e como se proteger.

6. Planos de resposta aos riscos da cadeia logística de suprimentos

Para muitas empresas, os primeiros impactos da crise vieram na cadeia logística de suprimentos. Organizar o sistema de compra e armazenamento de matérias-primas é crucial para evitar uma parada na operacionalidade. Fazer uma leitura exata do mercado pode não ser nada fácil nesse momento.

Contudo, se mostra essencial conseguir avaliar o quanto há ou não riscos de desabastecimento. Empresas que estão lidando bem com essa dificuldade desenvolveram métodos de acompanhamento da evolução dos números da pandemia. Quando se observa a alta desses números no local de produção da matéria-prima e de produção da empresa, as medidas emergenciais começam a ser tomadas.

7. Desenvolvimento de ações em conjunto com os clientes

Em uma situação de crise, é fundamental estabelecer um plano para se manter caminhando lado a lado com os clientes. É um momento de incertezas em que as empresas enfrentam dificuldades e os consumidores também. Companhias que vêm driblando a crise apostam em estratégias que consideram o momento dos consumidores.

Além de adotar medidas razoáveis para ambas as partes, é fundamental estar a par das questões legais. É necessário entender quais contratos podem ser afetados pela situação e quais devem ser mantidos. Também é importante desenvolver um bom diálogo com o público consumidor para evitar perdê-lo nesse período delicado.

A crise é uma situação complicada, mas passageira, então, é essencial saber como lidar com as suas dificuldades e aprender lições com cada uma delas.

Tem mais alguma dica a acrescentar sobre atitudes tomadas por empresas na crise atual? Deixe seu comentário abaixo e aproveite para compartilhar este conteúdo em suas redes sociais para passar a informação adiante!

Imagem: Por blocberry

E aí, curtiu esse conteúdo?

Saiba que ele é apenas a pontinha do iceberg e você pode desenvolver suas habilidades de liderança muito mais. Baixe agora o ebook Leader Coach e aprenda como extrair o máximo resultado da sua equipe.
Preencha o formulário, é de graça.
José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC - Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.





*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010