Como driblar a estagnação profissional?

profissional promovido sendo apresentada

A estagnação profissional é o pesadelo de muitas pessoas. Confira algumas dicas que podem te ajudar a driblar esse problema.

A estagnação profissional é um grande risco para quem sonha em construir uma carreira consolidada. Infelizmente, essa situação é mais comum do que se imagina e acomete até os mais preparados. Após se formar no curso dos sonhos e conquistar uma boa colocação no mercado, é natural que algumas pessoas deixem de almejar crescimento.

Se você compreende que não dá para ficar parado diante de tantas oportunidades que se apresentam, deve continuar a leitura. A seguir daremos dicas de como driblar a estagnação profissional saindo da inércia e deixando a desmotivação no passado.

Entenda o que é a estagnação profissional

A estagnação profissional nada mais é do que um sentimento de inércia em seu contexto de trabalho. Geralmente, esse entendimento de imutabilidade vem acompanhado de profunda desmotivação, mal-estar e até do desenvolvimento de doenças psicológicas. É bastante comum que essa desmotivação migre do contexto profissional para o pessoal.

Há três fatores que se destacam como os principais geradores de estagnação profissional, são eles:

Financeiro

Nesse campo se destacam a falta de aumento salarial ou ainda a falta de benefícios realmente atrativos.

Aprendizado

A falta de transformações e desafios na rotina de trabalho pode levar à estagnação. O profissional fica com a impressão de que não há mais nada para realizar. A falta de inovação e de novos horizontes cria uma inércia tangível.

Desenvolvimento

Faltam perspectivas de crescimento, não há objetivos claramente definidos de onde se quer chegar. O profissional sabe que está estagnado quando não tem uma possibilidade real de ser promovido.

Em paralelo a esses três fatores que demonstram a estagnação profissional, há ainda outros tópicos. Perceber que os colegas têm perspectivas mais concretas em comparação consigo mesmo pode gerar uma frustração imensa.

Estagnação profissional: você está vivendo essa situação?

Ficou em dúvida se está vivendo o quadro de estagnação profissional? Então confira a seguir alguns tópicos recorrentes e tente identificar se está vivendo alguma dessas situações.

Procrastinação de tarefas

A estagnação profissional leva à desmotivação que, por sua vez, gera a procrastinação. As tarefas vão se acumulando e os prazos deixam de ser cumpridos. O acúmulo de trabalho é uma constante.

Busca por motivos para faltar ao trabalho

Profissionais que se encontram estagnados em suas carreiras tendem a buscar sempre por motivos para faltar ao trabalho. Em muitos casos, os motivos apresentados não são nem plausíveis.

Sensação ruim ao sair de casa para o trabalho

Quando se tem a sensação de estar correndo sem sair do lugar, é natural que se criem travas para a realização do trabalho. Você sente algo ruim todas as vezes que precisa sair de casa para ir ao trabalho?

Desmotivação

Realizar qualquer atividade de trabalho se mostra praticamente impossível? Não há motivação nem para o que costumava te deixar feliz? A estagnação tende a gerar um quadro de grave desmotivação.

Desejo de se desligar

Embora não tenha coragem de se demitir, o indivíduo começa a pensar que ser desligado da companhia não seria algo ruim.

Como driblar a estagnação profissional?

Você se identificou com os tópicos apresentados acima? Está vivendo a estagnação profissional, mas deseja superá-la? Então confira as dicas abaixo.

1. Defina novas metas profissionais

Quando não se tem metas, é muito difícil progredir profissionalmente. Metas são fundamentais sob diversos aspectos, mas especialmente no tocante à motivação. Por definir algo a ser buscado, as metas dão um sentido para a carreira em médio e longo prazo.

O ideal é tirar um tempo para refletir sobre o que deseja para a sua carreira e crescimento pessoal. Pense de que forma vai chegar aonde almeja, quais são as transformações que precisa fazer. Os desafios servem como combustível para se tornar uma pessoa mais realizada.

2. Comprometa-se com seu trabalho

Para driblar a estagnação profissional, é fundamental se comprometer com o seu trabalho e com a organização para a qual trabalha. Se você não assume esse compromisso pode deixar de entregar todo o seu potencial em suas tarefas. Envolva-se efetivamente com os treinamentos e as reuniões da sua equipe. Seja proativo e, sempre que puder, se mostre prestativo.

Há casos em que profissionais de talento ficam estagnados na carreira pelo simples fato de não despertarem a confiança de seus gestores. Quando há a identificação de um talento comprometido, é bastante comum que haja o desejo de conceder uma promoção.

3. Continue se dedicando aos estudos

Empresas de todos os segmentos de atuação dão preferência para os profissionais mais bem preparados. Se você se formou na área dos seus sonhos e conquistou uma boa colocação, deve ter em mente que precisa continuar se qualificando.

Para a vaga que está ocupando neste momento você está qualificado, porém, precisa de mais para dar voos mais altos. Além de estar pronto para assumir novos desafios, é relevante dizer que se manter estudando permite manter a sua motivação em alta.

4. Equilibre a sua vida pessoal e profissional

Algumas pessoas acreditam que não é compatível dar atenção para a vida pessoal e profissional ao mesmo tempo. Contudo, deixar a família e os amigos de lado não vai acelerar as suas conquistas, muito pelo contrário. Obviamente que, para crescer profissionalmente, é necessário ter foco e determinação, no entanto, isso não deve custar o seu bem-estar pessoal.

O equilíbrio entre a vida pessoal e profissional é fundamental para não se desgastar. A sensação de não conseguir dar conta de nenhuma das duas esferas gera um sentimento que impede o vislumbre do horizonte futuro.

5. Persistência é o segredo

Sair do quadro de estagnação profissional depende do tamanho da sua persistência. Ao se identificar a situação de inércia, pode levar algum tempo até conseguir superá-la. Não é uma mudança que se dá do dia para a noite. Por isso ser persistente é fundamental, não desista e continue investindo seus esforços em se superar pessoal e profissionalmente. A persistência é o segredo para se tornar um profissional em constante ascendência.

Gostou de saber como driblar a estagnação profissional? Aplique essas dicas em seu dia a dia e descubra como crescer exponencialmente em sua carreira! Aproveite para compartilhar este conteúdo em suas redes sociais para passar a motivação adiante!

Imagem: Por fizkes

O artigo é bom, né?

No IBC é assim, não custa nada evoluir e alcançar resultados extraordinários. Se você quer seguir por esse caminho de evolução é só baixar o nosso e-book gratuito,
Tudo sobre Coaching. Preencha o formulário abaixo com seus dados para ler.
José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC - Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.



*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010