O Coach-Trainer – Treinando Líderes

treinamento de líderes.

Saiba como treinar líderes através do Coaching.

Para treinar líderes, é preciso entender como eles aprendem melhor. Ao contrário das crianças e adolescentes, adultos têm diferentes necessidades e exigências como aprendizes. A educação de adultos é uma área relativamente nova de estudo que foi iniciada por Malcolm Knowles. 

Em sua pesquisa, Knowles destaca alguns pontos sobre o estilo de aprendizagem dos adultos que também se aplicam à forma como os líderes aprendem. Analisamos esses pontos na ótica do coach-trainer, ou seja, o treinador aplicando o Coaching como técnica de treinamento e desenvolvimento de líderes. Continue lendo para entender melhor.

Coach-trainer – O treinador de líderes

Abaixo explicaremos com mais detalhes os pontos desenvolvidos na pesquisa de Malcolm Knowles para entender a metodologia de treinamento de líderes. Confira a seguir. 

1. Os líderes são autônomos e autodirecionados

Eles precisam estar livres para se dirigir. Enquanto treiná-los, o coach-trainer deve envolvê-los ativamente no processo de aprendizagem e servir como facilitador. Deve deixá-los trabalhar em projetos que reflitam seus próprios interesses. 

O coach permite que eles assumam responsabilidades ou liderança de grupos. Age apenas como facilitador, orientando-os aos seus próprios conhecimentos, em vez de fornecê-los com fatos. O líder é levado a desenvolver e ampliar seu autoconhecimento, entendendo quais são as ferramentas que possui para potencializar as suas conquistas. 

2. Os líderes são experientes

Eles geralmente já acumularam uma infinidade de experiências de vida e conhecimento. Para ajudá-los a conectar sua aprendizagem presente com essa base de conhecimento/experiência, o coach-trainer trabalha em áreas familiares aos seus coachees. Assim pode ajudá-los a se relacionar com as informações e conceitos a serem desenvolvidos.

Aquilo que o indivíduo já tem deve ser valorizado e trazido à luz para que possa ser melhor aproveitado. As experiências vividas pelos líderes ajudam a moldar a sua liderança, tornando-os mais conectados com as suas equipes. Os treinadores de líderes devem ter em mente a constante valorização da bagagem dos seus coachees. 

3. Os líderes são orientados a pessoas

Eles, muitas vezes, gostam de se relacionar e interagir com as pessoas enquanto aprendem. Esta é uma oportunidade para o coach atraí-los e envolvê-los no processo de aprendizagem. O desenvolvimento das suas habilidades inerentes é muito melhor quando se dá através da troca de experiências e feedbacks com aqueles que o cercam.

Uma liderança realmente eficiente é aquela que consegue dialogar e interagir com todos à sua volta. O líder precisa estar orientado e aberto às pessoas para que consiga olhar com mais clareza para dentro de si. Parte do autoconhecimento diz respeito a aprender a “ler” os outros. Então, ser voltado para as pessoas é imprescindível. 

4. Os líderes são orientados a resultados

Eles devem ter uma razão para a aprendizagem. A aprendizagem tem de ser aplicável à sua função ou responsabilidades, e agregar valor para o que eles já conhecem e fazem. O coach-trainer pode identificar objetivos individuais de cada coachee. Esse direcionamento específico para cada coachee permite envolvê-los com mais chances de alcançar bons resultados.

Entender que está diante de um panorama de conhecimentos relevantes para si mesmo é uma forma de potencializar o desejo de aprender. O coach-trainer tem mais possibilidades de sucesso quando faz o planejamento do seu método de trabalho com foco no que cada indivíduo deseja e espera. Os líderes buscam sempre por melhores resultados. 

5. Os líderes são práticos

Eles se concentram em aspectos de um problema que seria mais útil para eles em sua própria situação. Eles podem não estar interessados em conhecimento pelo próprio conhecimento. O coach-trainer trabalha explicitamente com a lição que será útil na prática para seu coachee.

Quem está na posição de liderança precisa ser ágil para não perder o tempo certo de resposta. Conseguir identificar e resolver os problemas da forma mais prática possível é essencial para realizar uma liderança plena e focada. Dessa forma, o coach-trainer deve desenvolver seu planejamento pensando especialmente nos desafios que aquele líder-coachee enfrenta. 

6. Os líderes devem ser respeitados

Uma vez que têm uma posição e influência, eles gostam de ser tratados de forma diferenciada. O coach-trainer deve reconhecer a riqueza da experiência que seus coachees trazem para o grupo. Eles devem ser tratados como iguais e autorizados a manifestar suas opiniões livremente no treinamento.

Nesse âmbito o respeito se configura com o poder da palavra e do compartilhamento de diferentes pontos de vista. Estar em um grupo formado por líderes que têm entregas e vivências distintas faz dos coachees privilegiados. É um momento em que se torna possível adquirir outras perspectivas, talvez até chegar a novas conclusões. 

Os 3 elementos cruciais da aprendizagem

O que os líderes precisam para um intercâmbio de informações eficaz são 3 elementos cruciais da aprendizagem. Apresentaremos com mais detalhes esses elementos abaixo, é essencial que eles estejam presentes para garantir um treinamento de sucesso. 

1. Motivação

Muitos fatores servem como fontes de motivação para o aprendizado de líderes:

  • O senso de propósito que vem de sua missão e função estabelecida;
  • A oportunidade de fazer novos contatos e a necessidade de associação e amizade;
  • A responsabilidade de cumprir com as expectativas de sua organização; 
  • O desejo de melhorar a capacidade para servir à humanidade, à família, e melhorar capacidade de cumprir sua missão pessoal; 
  • A necessidade de alcançar um status mais elevado em um trabalho, avanço profissional, e pessoal; 
  • A necessidade de romper com a rotina e fazer algo diferente; 
  • A necessidade de aprender por causa do conhecimento e satisfazer uma mente inquiridora.
  • O local do treinamento que deve servir como base para estimular a motivação do coachee. 

Sentir-se motivado é determinante para se colocar nesse processo de aprendizagem. Por sua vez, a motivação é construída a partir do entendimento de que não se sabe tudo e que é importante estar na posição de aprendiz. Poder aprender é bastante positivo para quem deseja se tornar melhor naquilo que faz. O coachee deve ser levado a querer aprender acima de qualquer coisa. 

2. Ultrapassar Barreiras

Os líderes têm muitas responsabilidades que eles devem equilibrar contra as exigências de aprendizagem. A melhor maneira para motivá-los e melhorar suas razões para a aprendizagem é diminuir quaisquer interferências que possam se interpor no processo e trabalhar estratégias de motivação. Uma estratégia bem sucedida inclui a relação entre objetivo, foco, ação e resultado esperado.

O indivíduo precisa ter um panorama claro de como as coisas irão acontecer e quais são os impactos positivos que a aprendizagem trará. Transpor barreiras é muito importante para o crescimento pessoal e profissional. Contudo, essa ultrapassagem somente se torna possível quando há a compreensão de que é necessário saltar ainda mais alto. 

3. Estabelecer Rapport

O trainer deve estabelecer contato e rapport com os participantes para motivá-los a aprender. Precisa estabelecer uma atmosfera amigável e aberta, que garanta o aproveitamento de cada um. O ambiente em que o treinamento ocorre tem grande interferência nos resultados obtidos. O coach-trainer precisa se dedicar e criar uma atmosfera favorável para motivar seus coachees. 

Os líderes-coachees demandam uma atenção especial no tocante a esse ambiente, uma vez que estão sempre voltados a diversas responsabilidades. O treinamento deve privilegiar a construção de momentos agradáveis e que realmente sirvam para que o conhecimento possa ser absorvido. É difícil conseguir se dedicar a aprender algo novo quando não se tem o entorno pensado para isso. 

Resultados

A aprendizagem ocorre dentro de cada indivíduo como um processo contínuo ao longo da vida. As pessoas aprendem em diferentes velocidades. O papel do coach é fundamental para acelerar o desenvolvimento e transformá-los em resultados práticos. O coach ajuda o coachee a entender quais são as suas questões e quais as respostas que podem ser dadas.

Todo indivíduo possui, dentro de si, uma série de questões para resolver, assim como as respostas. Logo, a função do coach é clarear a visão do coachee até que ele seja capaz de formular por si essas perguntas e chegar às respostas. O processo de Coaching é uma metodologia que vem se consolidando por ter uma grande capacidade de obtenção de resultados.

É incrível o que as pessoas são capazes de realizar quando são estimuladas da forma certa. Quando esse processo é aplicado aos líderes tem a oportunidade de fazer com que eles tenham sua visão amplificada. Os liderados passam a contar com uma liderança mais dedicada e eficiente no que diz respeito ao direcionamento para fazer mais e melhor.

Coach-Trainer: o impulso que está faltando

Se você é líder de uma equipe com certeza vivencia uma série de desafios em seu dia a dia. Saiba que passar por um treinamento com um coach-trainer preparado pode ser o que está faltando para tornar esses desafios mais simples de resolver. Além de passar por um processo de questionamento interior, você se colocará na posição de ser motivado.

Receber uma boa dose de motivação é determinante para se manter sempre aberto a novas linhas de pensamento e horizontes. Os líderes devem estar preparados para atender as demandas que todos os dias são geradas. Se você sente que algo está faltando vale a pena considerar contar com essa orientação.

O coach-trainer tem um papel essencial, uma vez que treina líderes!

 

José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC - Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.



*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010
CNPJ: 31.328.744/0001-63