O que é balanço patrimonial?

balança de dinheiro

Balanço patrimonial é a maneira de demonstrar a situação financeira de uma empresa.

O balanço patrimonial é uma demonstração contábil que contribui para melhorar a tomada de decisão e gestão financeira das empresas. Através desse levantamento é possível conhecer a posição patrimonial e financeira, qualitativa e quantitativamente, da empresa em um determinado período. 

Podemos dizer que o balanço patrimonial é o equilíbrio financeiro da organização, que inclui bens, direitos, obrigações e todas as participações de seus diretores e acionistas. Para que não haja desigualdade em nenhuma das partes analisadas, é fundamental que seja realizado de maneira concisa e rígida.

Continue lendo para entender melhor do que se trata e saber como esse levantamento é determinante para o sucesso do seu empreendimento. 

Preencha AGORA o formulário para descobrir!

Entenda o que é Balanço Patrimonial

Analisando o termo balanço patrimonial já temos a resposta do que se trata. De forma resumida, consiste em uma verificação de equilíbrio (balanço) daquilo que a companhia possui (patrimônio) e do que ela deve. Na categoria do que a empresa deve estão as dívidas e as obrigações cotidianas que possui. 

Quando a gestão corporativa não se mantém acompanhando esse equilíbrio, pode ter surpresas desagradáveis. Não ficar atento à relação entre patrimônio e dívidas pode gerar um desregulamento financeiro irremediável. Basicamente, quando uma empresa assume mais dívidas do que arrecada está comprometendo o seu futuro.

Caso o gestor identifique através do balanço patrimonial que a companhia está em um momento difícil, pode pensar em uma solução. Saber quais são os bens que a companhia possui para liquidar e, dessa forma, quitar algumas dívidas é uma forma de manter as finanças nos eixos. 

Nesse balanço não entra somente o que a empresa lucra, mas também as suas posses, tudo o que forma o seu patrimônio. Logo, o balanço patrimonial vai além do controle de fluxo de caixa. Fazemos o adendo de que o controle de fluxo de caixa também é muito importante, embora menos completo do que o balanço patrimonial. 

Para que o Balanço Patrimonial serve?

Para boa parte das empresas, o balanço patrimonial é uma obrigação prevista pelo Código Civil. Contudo, além da obrigatoriedade, é um levantamento de grande utilidade no dia a dia da empresa. Inclusive, pode ser muito útil em negócios de pequeno porte por permitir enxergar com mais clareza e precisão a situação corporativa. 

A função do balanço patrimonial é oferecer um quadro preciso da situação financeira da companhia em um recorte de tempo. O balanço normalmente abrange o período de um ano.

Esse levantamento se constitui em uma das principais declarações financeiras da companhia, devendo ser produzido com rigor e precisão. É necessário visualizar claramente as entradas e saídas de dinheiro da empresa. 

O principal objetivo desse levantamento é indicar o momento pelo qual a empresa está passando. Assim, é necessário saber qual é a capacidade de endividamento, lucro, crescimento e investimentos. Conhecendo esses tópicos é possível tomar decisões com mais clareza e elaborar planos mais sólidos. 

Estrutura do Balanço Patrimonial 

De maneira geral, o balanço patrimonial possui uma estrutura padronizada. No levantamento é necessário informar a data de início e fim do relatório em questão. Uma parte deve ser dedicada ao detalhamento dos ativos e outra ao detalhamento dos passivos. A parte final é dedicada ao Patrimônio Líquido.

A seguir explicaremos um pouco melhor esses tópicos, acompanhe.

Ativos

A parte do relatório do Balanço Patrimonial dedicado aos ativos relaciona todos os bens que a empresa possui. Nessa lista podem constar imóveis, equipamentos, carros, softwares, entre outros. Em alguns casos, os maquinários também são incluídos, tudo depende da atividade corporativa. 

A categoria de ativos deve relacionar tudo o que a empresa possui que pode ser convertido em valor monetário. Basicamente, é o que a companhia pode vender para fazer dinheiro além do que tem no caixa. Também entra nessa categoria o que o empreendimento tem direito a receber, ou seja, as dívidas que serão recebidas. 

Passivos

Nessa categoria estão as obrigações da companhia, isto é, as dívidas que ela tem ou os gastos obrigatórios (contas e salários dos colaboradores). Na categoria dos passivos entram também os impostos que precisam ser pagos e tributos de natureza variada. Logo, nessa parte do balanço patrimonial são incluídas todas as saídas de dinheiro e despesas que compõem a rotina da empresa.

Patrimônio Líquido

A subtração dos passivos dos ativos permite conhecer o que se chama de patrimônio líquido. Ou seja, aquilo que a empresa realmente possui depois de quitar todas as suas obrigações. É uma forma de entender qual seria a situação do empreendimento se fosse necessário se desfazer dos ativos para cobrir as obrigações.

Em linhas gerais, o patrimônio líquido é o capital que a empresa tem disponível verdadeiramente. Esse capital pode ser usado para reinvestir na própria companhia com a aquisição de equipamentos mais modernos, por exemplo.

Também pode ser convertido em reserva financeira para a expansão dos investimentos. Conhecer o patrimônio líquido permite trabalhar tendo maior previsibilidade, algo imprescindível na área financeira.

O balanço patrimonial consiste em uma demonstração contábil que permite compreender a situação econômica e financeira do patrimônio num determinado recorte de tempo. Os atos administrativos podem ser estudados e colocados em prática. Contudo, é essencial ressaltar que se trata de uma visão estática, ou seja, que se refere apenas ao momento avaliado.

Quando o Balanço Patrimonial precisa ser feito? 

Várias empresas, independentemente do porte, precisam fazer o balanço patrimonial. Normalmente, esse balanço é feito no final de cada exercício social. Entende-se como exercício social o período de um ano inteiro (de janeiro a dezembro). A apresentação do relatório é feita no ano seguinte. 

É bastante semelhante com o que é feito no imposto de renda, realizado até o quarto mês depois do fim de cada exercício. Quando o período corresponde a 12 meses, quer dizer que até abril do ano seguinte é necessário que toda empresa apresente seu balanço do ano anterior.

Empresas enquadradas no Simples Nacional podem ser dispensadas dessa obrigação. Dessa forma, é necessário conferir com a sua contabilidade qual é a situação da sua companhia. 

Lembrando que, em determinadas situações, é possível que sejam criadas condições diferenciadas devido a motivos excepcionais. Em 2020, o prazo para elaborar esse balanço foi prolongado para julho, por exemplo, devido à pandemia do novo coronavírus.

Consulte a situação do ano e mantenha todos os documentos e informações atualizadas. Ressaltamos que fazer o balanço patrimonial se torna bem mais simples quando todos os dados estão previamente separados e organizados. 

Agora você já sabe o que é um balanço patrimonial e o que ele considera. Caso tenha ficado alguma dúvida, use o espaço abaixo para fazer uma pergunta.

O artigo é bom, né?

No IBC é assim, não custa nada evoluir e alcançar resultados extraordinários. Se você quer seguir por esse caminho de evolução é só baixar o nosso e-book gratuito,
Tudo sobre Coaching. Preencha o formulário abaixo com seus dados para ler.
José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC - Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.



*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010