Quais os principais erros cometidos por empresas familiares

erros empresas familiares

Conheça quais são os principais erros cometidos pelas empresas familiares.

O empreendedorismo brasileiro é marcado por um grande número de empresas familiares. São muitos os empreendedores que iniciam seus negócios juntamente com membros da sua família. Embora isso seja positivo, por serem pessoas que já se conhecem e possuem valores em comum, muitos problemas podem surgir.

Se você tem uma empresa familiar ou pretende abrir um negócio desse tipo, é interessante conhecer os principais erros cometidos para evitá-los no seu negócio. Siga a leitura para entender esses equívocos e verificar se já está cometendo alguns deles.

Empresas familiares e os 5 erros mais comuns

Veja, a seguir, quais são os erros mais comuns quando o assunto é empresa familiar. São atitudes que se tornaram verdadeiros clichês nesse tipo de negócio, acompanhe!

1. Não ter regras claras definidas para a empresa

Toda empresa precisa ter regras e com as que são administradas por uma família não é diferente. Inclusive, quando há proximidade entre os membros da companhia isso se torna ainda mais necessário, pois ajuda a evitar que se misture o pessoal e o profissional.

Embora pareça óbvio, é válido destacar que essas regras não devem nunca estar apenas no papel. É essencial que todos sigam à risca o que foi determinado. Ao realizar esforços para prevenir apenas esse primeiro erro já se evita uma série de problemas na empresa.

2. Dar mais atenção ao laço familiar do que à qualificação

Em uma empresa, a qualificação deve ser prioridade ao definir os papéis e as responsabilidades. Esse é um aspecto importante ao ser citado porque em muitos negócios familiares se comete o erro de dar cargos a pessoas que não estão devidamente qualificadas.

Se há realmente o desejo de que um membro da família faça parte da empresa, é preciso colocá-lo em um cargo compatível com sua qualificação. Assim, ele poderá se especializar e aprender com a prática, podendo assumir maiores responsabilidades quando estiver preparado para tal.

3. Oferecer tratamento diferenciado entre os familiares e outros funcionários

Quando a empresa também conta com colaboradores que não são membros da família, é preciso ter um cuidado especial para evitar o tratamento diferenciado. Todos os funcionários devem ter os mesmos direitos em relação a horários, folgas, forma de se comunicar com supervisores e assim por diante.

Nas empresas em que os familiares têm acesso a regalias, os demais se sentem injustiçados, o que acaba prejudicando o clima organizacional e, consequentemente, o desempenho. Por isso, esse é um erro considerado grave e capaz de gerar muitos impactos negativos.

4. Misturar questões pessoais com profissionais

Os familiares jamais devem levar suas questões pessoais para a empresa. Quando isso acontece, as discussões acabam se tornando uma constante, gerando uma imagem negativa aos demais funcionários e até aos clientes.

Por mais que seja desafiador manter essas áreas da vida separadas, isso é extremamente importante para que a empresa dê certo. Para tal, todos devem ter essa meta, de não discutirem questões pessoais no trabalho e lembrarem uns aos outros dessa regra.

5. Não ter um plano de sucessão

Empresas familiares costumam contar com membros de todas as idades. Pode acontecer de os mais velhos precisarem sair do negócio por algum motivo ou mesmo os mais novos mudarem de planos. Para evitar um desfalque inesperado, é necessário contar com um plano de sucessão.

Como esse tipo de empresa costuma ter um viés bastante informal, por conta da proximidade entre seus membros, esse cuidado não costuma ser tomado. Assim, quando um dos envolvidos precisa deixar o negócio, os demais se veem perdidos, sem um planejamento para agir.

Empresas familiares podem dar certo!

Depois de falarmos sobre os erros mais comuns cometidos por empresas familiares, é importante destacar que esse tipo de negócio pode, sim, dar certo. Inclusive, existe uma grande multinacional, considerada a maior do mundo, que muitos não sabem que se trata de um empreendimento que foi fundado e é administrado por uma família, o Walmart.

Então, se você costumava ter preconceito com empresas familiares, procure ressignificá-lo. Se a família estiver realmente engajada em construir um negócio forte, evitando os erros mais comuns, o objetivo pode ser alcançado com êxito.

Dicas para evitar os principais erros cometidos por empresas familiares

Depois de conhecer os principais erros cometidos por empresas familiares, é hora de conferir dicas de como evitá-los. São medidas relativamente simples, mas que precisam do empenho de todos para surtirem efeito.

1. Evite a informalidade

Antes de mais nada, é preciso evitar a informalidade e tomar todas as atitudes necessárias para abrir e gerir o negócio. Jamais contrate funcionários, mesmo que sejam membros da família, sem registro. Para que tudo dê certo no futuro é preciso começar da forma certa.

2. Atente-se à comunicação

A comunicação que uma família usa em casa nem sempre é adequada para o ambiente empresarial. Afinal, dentro de uma empresa, as informações precisam ser passadas de modo claro, sem risco de divergências. Isso se torna ainda mais necessário quando há colaboradores que não fazem parte do círculo familiar.

3. Defina limites claros

É extremamente importante definir limites claros para evitar que membros da família abusem de seus direitos. Como diz o ditado popular, aquilo que é combinado não sai caro. Com todos cientes dessas regras não haverá o que ser questionado, apenas seguido.

4. Nunca force familiares a trabalharem na empresa

É comum que haja certa pressão para que familiares vão trabalhar na empresa. Contudo, forçar alguém a fazer algo que não deseja pode trazer mais resultados negativos do que positivos. Afinal de contas, pessoas que não estão satisfeitas com suas atividades tendem a realizar um trabalho ruim, prejudicando o desempenho do negócio.

5. Use o clima familiar como algo positivo

A empresa familiar tem como trunfo a união da família, seus valores e objetivos. Sendo assim, é interessante utilizar esse clima como algo positivo, abraçando os colaboradores que não são parentes. Quando o ambiente é positivo, todos só têm a ganhar em bem-estar, motivação e produtividade.

Viu só como é possível evitar os principais erros cometidos por empresas familiares? Com organização, empenho e respeito é possível fazer com que o negócio dê certo e transformar o laço familiar em um diferencial.

Aproveite para comentar o assunto abaixo e compartilhar o conteúdo através das suas redes sociais!

E aí, curtiu esse conteúdo?

Saiba que ele é apenas a pontinha do iceberg e você pode desenvolver suas habilidades de liderança muito mais. Baixe agora o ebook Leader Coach e aprenda como extrair o máximo resultado da sua equipe.
Preencha o formulário, é de graça.
José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC - Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.





*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010