É possível prevenir o esgotamento mental? Confira

mulher esgotada

Confira uma lista extraordinaria com 10 dicas que vão te ajudar a previnir-se do esgotamento mental.

Antes de nos aprofundarmos no tema do artigo, saiba que a resposta para o questionamento acima é: sim, é totalmente possível prevenir o esgotamento mental. A prevenção é tão importante que as medidas relacionadas a ela deveriam fazer parte da vida de todos. Afinal, uma rotina equilibrada é fundamental para se ter saúde e bem-estar.

Continue lendo para saber mais a respeito das ações voltadas para a prevenção do esgotamento mental. Assim, poderá aplicá-las em seu dia a dia e viver de forma muito mais leve.

Quer eliminar hábitos tóxicos da sua vida?

Preencha AGORA o formulário para saber como!

logo detox branca

Causas do esgotamento mental

Antes de falarmos sobre a prevenção, é preciso deixar claro quais são as causas mais comuns para o esgotamento mental. Conhecendo-as fica mais fácil identificá-las em nossa rotina e ligar o sinal de alerta para evitar o quadro de esgotamento.

  • Acúmulo de tarefas e obrigações, o que pode incluir tanto atividades domésticas quanto profissionais;
  • Atuar em funções de grande pressão, como profissionais da saúde e professores;
  • Estresse relacionado a problemas financeiros;
  • Ser cuidador de um familiar acamado ou idoso;
  • Mães que cuidam de seus bebês recém-nascidos sozinhas;
  • Ter uma dor crônica;
  • Lidar com grandes preocupações sem apoio de outras pessoas;
  • Trabalhar longas horas todos os dias.

Sintomas do esgotamento mental

Uma pessoa que está esgotada emocionalmente pode experimentar uma série de sintomas, que podem tanto ser emocionais quanto comportamentais e físicos, observe.

  • Depressão e ansiedade;
  • Pessimismo excessivo;
  • Problemas para se concentrar;
  • Apatia;
  • Estresse;
  • Desmotivação;
  • Queda da produtividade;
  • Dores de cabeça frequentes;
  • Aumentos de doenças, como gripes e resfriados;
  • Insônia;
  • Alterações no apetite (passar a comer demais ou não sentir fome);
  • Perda ou aumento de peso em um período relativamente curto;
  • Fadiga;
  • Isolamento social;
  • Deixar de cumprir compromissos;
  • Faltas frequentes ao trabalho por doença.

10 Formas de prevenir o esgotamento mental

Por mais que algumas das possíveis causas citadas no início do artigo não possam ser evitadas, existem algumas ações que ajudam a prevenir que gerem o esgotamento mental. Veja, a seguir, que medidas são essas e entenda como elas podem ajudar.

1. Identifique o que está drenando a sua energia

A primeira atitude a se ter ao começar a perceber que está apresentando os sintomas do esgotamento mental é identificar o que está drenando a sua energia. Está trabalhando demais? Precisou assumir muitas responsabilidades recentemente? Passou por uma grande mudança na vida, como a chegada de um bebê ou a perda de um ente querido? Essa resposta irá direcionar os passos a serem dados em seguida.

2. Comece a priorizar suas atividades

Evite esperar entrar em um quadro de esgotamento mental para tomar uma atitude. Comece desde já a priorizar suas atividades, dando maior atenção ao que é mais importante e deixando de lado tudo aquilo que não agrega. Evite querer dar conta de tudo, pois é humanamente impossível conseguir isso. Prefira manter o foco no que realmente importa e se dedicar.

3. Organize sua rotina

Sem uma organização de horários e ordem para realizar cada tarefa, as chances de deixar tudo acumular são muito grandes. Portanto, adote o hábito de organizar a sua rotina, definindo hora para dormir, acordar, ir para o trabalho e realizar suas atividades diárias. Mesmo que algum imprevisto aconteça, terá maior controle sobre o seu tempo e conseguirá reorganizar tudo com mais facilidade.

4. Desligue-se do trabalho após o expediente

Se você é o tipo de pessoa que está o tempo todo pensando em trabalho e recebe notificações imediatas dos seus e-mails profissionais, procure mudar isso. Esse comportamento não é sustentável a longo prazo. Portanto, prefira se dedicar inteiramente durante o expediente e, quando terminar, se desligue e vá descansar.

5. Crie um ritual antes de dormir

Como vimos, a insônia é um dos sinais do esgotamento metal. Para evitar chegar nesse ponto, preze pela qualidade do seu sono, criando um ritual antes de dormir. Evite telas pelo menos uma hora antes de se deitar e faça algo que te ajude a relaxar, como meditar, ler um livro, ouvir uma música suave. Assim, sua mente irá se desligar com mais facilidade.

6. Peça ajuda

Jamais sinta vergonha de reconhecer que está sobrecarregado e que precisa de ajuda. Faça isso tanto no trabalho quanto em casa, explique a situação para as pessoas próximas e diga que precisa do apoio delas. Através de uma nova divisão de tarefas vocês poderão compartilhar as obrigações de forma que não fique pesado demais para ninguém.

7. Adote hábitos saudáveis

Em uma escala de 0 a 10, o quanto acha que é uma pessoa saudável? Saiba que ter uma alimentação equilibrada, praticar atividades físicas regularmente, manter-se hidratado e ter bons hábitos é fundamental para que tenha uma boa saúde. E, sem saúde, não há bom desempenho profissional, portanto, se cuide com responsabilidade.

8. Tenha momentos de lazer

A vida não é feita apenas de trabalho e obrigações, o lazer faz parte das nossas necessidades. Dessa maneira, lembre-se de incluir em sua rotina atividades que te façam bem, como estar em família, se divertir com amigos, descansar, enfim, fazer coisas com o único objetivo de se sentir bem.

9. Realize atividades voltadas para o relaxamento

Além da diversão, também é importante descansar, relaxar e se desligar das preocupações. Algumas atividades que podem te ajudar nisso incluem: exercícios de respiração, visualização, meditação, yoga e mindfulness. São muitas as opções disponíveis, encontre aquelas com as quais mais se identificar e desfrute de momentos de tranquilidade.

10. Busque apoio profissional

Por fim, lembre-se de buscar apoio profissional logo que perceber alterações bruscas no seu humor e disposição. Além do esgotamento mental, existem outros problemas que podem causar isso. Quanto antes procurar ajuda, mais rapidamente poderá encontrar uma solução e realizar o tratamento adequado. Lembre-se que saúde mental e física estão totalmente conectadas, uma não existe sem a outra. Portanto, se cuide!

O esgotamento mental pode ser prevenido através de uma rotina equilibrada, de hábitos saudáveis e de práticas que visem o bem estar e equilíbrio emocional. Inclua as sugestões apresentadas ao longo do artigo e viva de forma mais plena e feliz.

Este conteúdo te ajudou de alguma forma? Passe-o adiante, compartilhando através das suas redes sociais!

Imagem: Por fizkes

O artigo é bom, né?

No IBC é assim, não custa nada evoluir e alcançar resultados extraordinários. Se você quer seguir por esse caminho de evolução é só baixar o nosso e-book gratuito,
Tudo sobre Coaching. Preencha o formulário abaixo com seus dados para ler.
José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC - Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.



*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010
CNPJ: 31.328.744/0001-63