Quais os principais sinais presentes em um relacionamento tóxico

Duas pessoas sendo feitas de marionetes

Confira o que fazer ao identificar que está em um relacionamento tóxico.

Um relacionamento amoroso saudável é aquele em que o casal decide compartilhar a vida, se conhecer e aprender um com o outro. Inclusive, o aprendizado é um aspecto bastante importante, afinal, nenhuma pessoa é perfeita. Entretanto, nem sempre isso acontece e o que era para ser bom se transforma em um relacionamento tóxico.

Acontece que quando se está envolvido nem sempre é fácil perceber rapidamente que a relação está se tornando tóxica. Por isso, é muito importante conhecer os principais sinais presentes nesse tipo de relacionamento para evitar que a situação se torne cada vez mais problemática. Continue a leitura para saber quais sinais são esses.

Quer eliminar hábitos tóxicos da sua vida?

Preencha AGORA o formulário para saber como!

logo detox branca

10 Sinais presentes em um relacionamento tóxico

Antes de falarmos sobre os sinais presentes em um relacionamento tóxico, é preciso dizer que não é necessário haver agressão física para que uma relação seja classificada dessa forma. Palavras e atitudes também podem ferir e tornar a relação prejudicial.

1. Excesso de ciúme e controle

Dizem que o ciúme é o tempero do amor, quando bem dosado até pode ser uma demonstração de cuidado e zelo com a pessoa amada. Entretanto, o ciúme excessivo se torna bastante problemático, porque o indivíduo passa a querer controlar os passos do outro. O comportamento, as roupas, as escolhas, tudo passa a ser motivo para críticas e brigas.

2. Falta de honestidade

Cada casal deve definir os termos da relação de acordo com o que fizer sentido para eles. Em um relacionamento tóxico, é comum que o indivíduo de comportamento problemático aja de forma incoerente com o que exige da outra pessoa. Assim, essa falta de honestidade gera insegurança, angústia e muito sofrimento.

3. Comunicação agressiva

O diálogo é fundamental em um relacionamento, porém, pessoas tóxicas tendem a se comunicar de forma agressiva. O tom de voz é alterado e as palavras utilizadas muitas vezes são depreciativas e de baixo calão.

4. Abusos financeiros

Em muitos relacionamentos tóxicos, os abusos costumam envolver as finanças, o que pode ocorrer de diversas maneiras. A pessoa pode fazer grandes compras e ignorar que o casal possui despesas juntos, solicitar empréstimos e não devolver, controlar a conta bancária do outro e assim por diante.

5. Estresse constante

Geralmente, relações desse tipo são marcadas pelo estresse. Os momentos agradáveis são raros porque o casal está sempre com alguma questão a resolver. Vale dizer que muitos desses “problemas” não são reais, em diversas situações são fruto do ciúme e do excesso de controle de um dos envolvidos.

6. Impedimento para manter outros relacionamentos

O namoro ou casamento representa apenas um dos relacionamentos que uma pessoa tem. As relações com amigos e familiares precisam ser mantidas e fortalecidas. Contudo, quando se está em um relacionamento tóxico, o indivíduo controlador tende a impedir esses encontros o que, em muitos casos, gera o afastamento do outro com seus entes queridos.

7. A pessoa te diminui e não te apoia

Quando temos um sonho, é natural buscarmos nas pessoas próximas apoio para lutarmos por ele. Quando exatamente a pessoa amada em vez de te estimular, te diminui, é um forte indício de que o relacionamento é ou está se tornando tóxico. Se aquele que deveria estar ao seu lado e te motivar faz você se sentir para baixo, ligue o sinal de alerta!

8. Sentir medo de conversar com o outro

Toda essa pressão faz com que a pessoa sinta medo de conversar com seu par. Assim, evita compartilhar detalhes do seu dia, planos e sonhos, e uma relação precisa disso para se manter forte. Dessa forma, a conexão se enfraquece e o afastamento emocional acontece, mesmo que o físico seja mantido.

9. Falta de respeito às suas individualidades

Em um relacionamento amoroso, especialmente no início, é natural que o casal queira passar o máximo de tempo possível junto. Entretanto, isso deve acontecer por um desejo mútuo e não por pressão de apenas um lado.

Estar com quem se ama é muito bom, mas é essencial que se mantenha o respeito às individualidades. Uma pessoa precisa ter amigos, estar com sua família, trabalhar, estudar, cuidar de si mesma. Isso é muito importante, tanto para se manter emocionalmente bem quanto para que a relação seja saudável.

10. A pessoa sempre promete melhorar

Por fim, um sinal bastante comum dos relacionamentos tóxicos é que a pessoa sempre se mostra arrependida quando percebe que o outro se magoou, promete melhorar e nunca cumpre. Desse modo, se inicia um círculo vicioso de agressões, que podem ser físicas ou verbais, um suposto arrependimento, promessas de mudanças, novas agressões e assim por diante.

Relacionamento tóxico com familiares e amigos

Ao longo do artigo falamos sobre os principais sinais presentes em um relacionamento amoroso que é tóxico. Contudo, é preciso deixar claro que relações de todos os tipos podem ser igualmente prejudiciais.

Mantenha-se atento a qualquer indivíduo que tente controlar seu comportamento, faça com que se sinta inferior e te critique o tempo todo. Isso não é sinal de zelo e sim de problemas que a pessoa precisa resolver com ela mesma.

O que fazer ao identificar que está em um relacionamento tóxico?

O melhor que você tem a fazer ao se ver nesse tipo de situação é se afastar para se preservar. Por mais que sinta carinho pela pessoa e consideração por ela ter feito parte da sua vida, coloque seu bem-estar e equilíbrio emocional em primeiro lugar.

Escolha ter ao seu lado amigos e familiares que te apoiam, te aceitam como é e te incentivam a se tornar um ser humano cada vez melhor. Mesmo que seja natural ter desentendimentos com amigos, familiares e a pessoa amada, o amor nunca será sinônimo de humilhação e controle.

Vale mencionar que, caso a pessoa não aceite o afastamento, peça ajuda a familiares e amigos. Se a insistência não parar, procure as autoridades competentes e se proteja. Lembre-se sempre que você é uma pessoa livre e que não deve se submeter a nada que te faça mal, portanto, não se culpe.

Você já viveu um relacionamento tóxico? Deixe seu comentário abaixo e aproveite para compartilhar este conteúdo em suas redes sociais para alertar pessoas que estejam enfrentando essa mesma situação.

O artigo é bom, né?

No IBC é assim, não custa nada evoluir e alcançar resultados extraordinários. Se você quer seguir por esse caminho de evolução é só baixar o nosso e-book gratuito,
Tudo sobre Coaching. Preencha o formulário abaixo com seus dados para ler.
José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC - Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.



*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010