Entenda o que são competências transversais e sua importância na carreira de um gestor

competências transversais Para uma gestão com excelência, use suas habilidades e competências transversais.

 

Já pensou na quantidade de profissionais que deixam suas áreas para atuar em outras? Mas por qual motivo essa prática tem se tornado tão comum? Muitas vezes, acontece por falta de oportunidade no mercado, descontentamento com a área, já se encontra em outra área mesmo fazendo faculdade, remuneração baixa, entre muitas outras razões.

Separei para você um material com as melhores dicas e ferramentas para uma gestão de excelência em sua empresa. Baixe gratuitamente, é um Presente!

Esses são alguns dos motivos pelos quais as pessoas deixam suas áreas para se arriscar em um novo caminho. Por outro lado, muitos profissionais acreditam fielmente que suas competências essenciais, ou seja, aquelas que aprenderam na faculdade – por exemplo -, são suficientes para torná-los competitivos.

Qualquer profissional, hoje, por melhor que seja em desempenhar o seu papel técnico, isso quer dizer, executa aquilo para o que foi preparado, vai enfrentar inúmeros e enormes dificuldades de se inserir e se manter no mercado, se não for capaz de desenvolver uma série de competências transversais. As quais servirão de apoio e ponte entre o conhecimento técnico e o mercado na prática.

Com base nisso, podemos concluir que a ausência de competências transversais também pode ser um dos motivos pelos quais inúmeros profissionais desistem de suas áreas de formação. Mas, vamos entender um pouco mais sobre o que são, como funcionam e como melhorar as competências transversais?

Continue a leitura deste poderoso artigo comigo e confira!

O que são as competências transversais?

Profissionais como advogados, engenheiros, publicitários, psicólogos, odontólogos e outros, cada vez mais têm deixado suas áreas de formação para atuar em outros campos. O fato é que ainda são muitas as faculdades que não ensinam como se manter no mercado de trabalho, pelo contrário, eles ensinam como ser um profissional excelente naquilo que a profissão precisa entregar, e acabam deixando de lado uma das questões mais importantes para que o indivíduo tenha uma atuação de excelência: a prática. Ou seja, como vão entregar seus serviços, suas habilidades aos seus “clientes” se não sabem como colocar em prática a teoria que aprenderam na academia?

Como as empresas, de forma geral, vêm exigindo cada vez mais dos profissionais, é visível o quanto as pessoas têm procurado aprimorar suas habilidades e competências para se manterem no mercado, seja na área de formação ou atuação. A exigência a qual estou falando, também pode ser chamada de concorrência ou competitividade. É isso que movimenta o “mercado de profissionais”! Aquele que possui o maior número de competências destinadas à sua área, e que possui mais competências transversais, se sobressai dos demais, com toda certeza.

Diante dessa informação, e da quantidade de pessoas que buscam se manter em seus empregos, saiba que competências transversais são conhecimentos, habilidades, atitudes, comportamentos e capacidades que um profissional possui como bagagem, e que, quando são adicionados aos conhecimentos técnicos da área em que trabalha, conseguem fazer do indivíduo um grande candidato no mercado de trabalho. Quer conhecer algumas dessas competências? Veja abaixo:

      • Pró-atividade;
      • Paciência e sabedoria;
      • Flexibilidade;
      • Capacidade de fazer marketing pessoal;
      • Noção de planejamento;
      • Aptidão para gerir e liderar;
      • Inteligência emocional;
      • Autoconhecimento e Autocontrole.

Essas são algumas das competências transversais que um profissional pode apresentar como ‘algo a mais’ quando se apresenta ao mercado de trabalho. Percebe o quanto elas podem ser úteis em qualquer área?

Imagine então, um gestor que está acostumado a aplicar em sua equipe apenas os conhecimentos que foram adquiridos dentro da faculdade. Como você acredita que é a gestão desse profissional? Lembre-se que um gestor lida com processos, mas lida muito mais com pessoas, ou seja, será que um profissional sem competências transversais consegue gerir com excelência uma equipe de profissionais? Veja abaixo como seria uma gestão com competências transversais.

Uma gestão com competências transversais

O trabalho de um gestor de equipes praticamente exige que competências transversais sejam aplicadas além de todas as competências adquiridas ao longo dos anos de experiência na área de atuação. O motivo pelo qual existe esse tipo de cobrança é simples: gestores lidam com pessoas, e pessoas possuem sentimentos, emoções e têm um alto potencial gerador de resultados extraordinários para as empresas como um todo. Para lidar elas é fundamental que se tenha ao menos as competências transversais citadas anteriormente.

Querida pessoa, você consegue imaginar uma gestão em que não haja autocontrole, inteligência emocional, cautela, planejamento ou flexibilidade com tarefas, pessoas e processos? Com toda certeza seria um fracasso, por isso, lembre-se sempre de se lembrar de nunca esquecer que isso não pode acontecer com nenhum gestor. É fundamental que ele saiba lidar com todas as pessoas que compõem sua equipe, afinal, são elas que irão gerar os resultados que a empresa espera.

Diante disso, fica clara a importância das competências transversais dentro das atividades de um gestor, não é mesmo? Uma equipe que não possui um gestor com competências transversais, pode ser considerada como uma equipe desfalcada.

O gestor é o responsável por todas as conquistas alcançadas, todas as dificuldades enfrentadas, todos os resultados positivos e claro, os resultados negativos, e assim por diante. Por isso é extremamente importante que ele demonstre suas capacidades profissionais, além das capacidades transversais. O profissional que consegue mostrar e aplicar todas as competências com certeza é um profissional diferenciado no mercado de trabalho. Pense nisso!

Nesse sentido, se você não possui ou ainda não conseguiu desenvolver suas competências transversais, não se desespere! A cada dia que passa, mais informações chegam até as pessoas, ou seja, existem inúmeras formas de um profissional buscar ‘ajuda’ para desenvolver suas competências transversais, veja algumas:

      • Participando de cursos presenciais ou online;
      • Assistindo a palestras;
      • Lendo livros;
      • Assistindo a filmes;
      • Participando de workshops;
      • Buscando se colocar no lugar do outro.

As melhores dicas no ebook “Ferramentas para Gestão”, eleve o nível de gestão!

Essas são algumas formas de correr atrás das competências transversais. E se você se identifica com elas, acredito verdadeiramente que o Coaching pode ajudar nesse processo. Por isso, nossas formações poderão ser de extrema valia nessa captação de informações e conhecimentos para uma melhor gestão de equipes e processos. Experimente conhecer um pouco mais sobre a transformação que nossas formações, como é o caso do Leader Coach Training – LCT pode oferecer a você e à sua equipe.

Trata-se de uma formação que, além de tudo, oferece a líderes, gestores e demais profissionais a oportunidade de se desenvolverem e aprimorarem-se constantemente, através de conhecimentos, técnicas e ferramentas de Coaching, capazes de potencializar a sua própria atuação e também a das pessoas que lideram.

Viu só como pode ser muito mais fácil lidar com sua equipe e obter resultados extraordinários? Use o espaço abaixo para deixar um comentário, sugestões ou dúvidas sobre competências transversais. Aproveite para curtir e compartilhar esse conteúdo com seus amigos nas redes sociais.

Copyright: Pressmaster

O artigo é bom, né?

No IBC é assim, não custa nada evoluir e alcançar resultados extraordinários. Se você quer seguir por esse caminho de evolução é só baixar o nosso e-book gratuito,
Tudo sobre Coaching. Preencha o formulário abaixo com seus dados para ler.
Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010