Conceito de Comportamento Organizacional

Avatar

Por IBC

02/03/16

Conquiste mais! Seja Coach!

Comportamento Organizacional
Kheng Guan Toh / Shutterstock
Entender o comportamento organizacional é fundamental na dinâmica de manutenção e melhoria dos processos de gestão de pessoas.

Toda empresa tem sua própria cultura e estrutura organizacional, que é baseada nas atitudes, crenças, valores e objetivos de cada organização. Algumas influenciam o mundo inteiro por sua ousadia e inovação, criam tendências de modelo de gestão, de atingir resultados e se transformam em referências. Já outras afetam diretamente o bem-estar e estilo de vida de seus funcionários e todas as pessoas que têm alguma relação com essas instituições, como clientes, profissionais terceirizados e até mesmo os familiares dos funcionários dessas empresas. Toda essa influência é diretamente impactada através dos comportamentos do Capital Humano, que inserido numa sociedade, também é um influenciador dos comportamentos desta.

Mas afinal, o que é Comportamento Organizacional?

Ele pode ser visto como o conjunto de comportamentos e atitudes praticadas pelas pessoas que compões a empresa, tanto funcionários quanto seus diretores, e o impacto que tais condutas e costumes têm sobre o andamento e desenvolvimento da organização. Dessa maneira, o Comportamento Organizacional influencia todo o clima da corporação e pauta quais são as visões e impressões que as pessoas ligadas à ela possuem desse local de trabalho em questão.

Por que estudar o comportamento organizacional de uma empresa?

Entender o comportamento organizacional é fundamental na dinâmica de manutenção e melhoria dos processos de gestão de pessoas, pois baliza o trabalho dos líderes e confere a estes a possibilidade de prever, e especialmente evitar problemas individuais ou coletivos entre os colaboradores, bem como estruturar métodos de liderança e estratégias de gestão efetivas para o alcance de metas e resultados desejados.

Fazer o estudo e avaliação do comportamento organizacional também visa trazer maior entendimento sobre as lacunas empresariais no sentido comportamental e cultural para o desenvolvimento contínuo e assertivo de soluções afim de: atrair e reter talentos, evitar o turnover, promover engajamento, produtividade e harmonia entre os stakeholders.

Níveis de Avaliação do Comportamento Organizacional

Confira abaixo as duas esferas que se destacam nos estudos dos comportamentos organizacionais:

Nível Individual

Aqui o indivíduo é avaliado a partir de seus objetivos, seus rendimentos atuais, o que atrapalha seu crescimento e quais são as diretrizes ou costumes da empresa que tornam seu clima de trabalho desfavorável. Além disso, são estudadas as expectativas, motivações, habilidades e competências que cada colaborador demonstra individualmente através de seu trabalho a fim de delegar-lhe as atividades mais compatíveis com suas capacidades, e deste modo, desfrutar de seus talentos e potencial plenamente.

Nível Grupal

Ao contrário do nível individual, aqui a empresa é estudada como um todo entre um ou mais grupos. Na avaliação entra a formação das equipes ou grupos, as funções desempenhadas por estes, a qualidade de comunicação e interação uns com os outros, além da influência e o poder do líder neste contexto. A intenção dessa avaliação é justamente conseguir conectar as equipes e fazer com que as pessoas consigam trabalhar de maneira conjunta e efetiva, trazendo assim mais felicidade e motivação para os funcionários e mais retornos financeiros para a empresa, uma vez que pessoas motivadas produzem mais e com mais qualidade por estarem felizes e sendo recompensadas.

Critérios de Avaliação

Abaixo constam alguns dos fatores que impactam diretamente a cultura comportamental da empresa e que devem ser avaliados sempre ponderando o aspecto individual e grupal. Confira:

  • Performance e desempenho de indivíduos e de equipes, tais como o crescimento, envolvimento, entrega de tarefas e entrosamento.
  • Absenteísmo (faltas) e no que elas impactam tanto para os indivíduos quanto para a corporação.
  • Participação ativa nos projetos em andamento e de como os talentos da empresa têm sido usados na resolução de problemas e criação de novas soluções.
  • Postura colaborativa das equipes e dos indivíduos.
  • Adaptação às mudanças das equipes e dos indivíduos e de como a resistência afeta as
    transformações e evolução da empresa.
  • Receptividades a novos desafios e o que impede que os funcionários e equipes de estarem abertos a novas propostas dentro da empresa.
  • Comprometimento com os resultados e qual o impacto que a falta do mesmo causa na empresa.
  • Iniciativa e proatividade.
  • Criatividade e inovação para propor novas soluções tanto para a criação de tarefas quanto para melhorar o desempenho de equipes dentro da empresa.
  • Motivação e engajamento que são fatores que ajudam no aumento de desempenho das equipes e que melhora consideravelmente o clima organizacional.
  • Senso crítico e analítico para criação de estratégias.
  • Foco e produtividade.
  • Visão sistêmica.
  • Inteligência emocional para aceitar mudanças, desafios e situações adversas.
  • Auto-liderança, organização e disciplina.
  • Qualidade nos relacionamentos interpessoais.
  • Comunicação e profissionalismo.
  • Alinhamento com as metas e objetivos da empresa.
  • Percentual de rotatividade (turnover) e o que causa a alta rotatividade dos funcionários da empresa.

Ferramentas de Avaliação

O maior diferencial competitivo de uma instituição é o seu Capital Humano. Além de construir um time de alta performance através da captação dos melhores talentos é preciso geri-lo com assertividade para obtenção de resultados extraordinários.

Nesse sentido, conte com ferramentas efetivas que lhe proporcionarão informações relevantes e pontuais a respeito do quadro de profissionais que compõe o time da organização. Deste modo, você compreenderá o cenário com clareza para tomadas de decisões estratégicas poderosas.

Pensando nisso o Instituto Brasileiro de Coaching – IBC oferece 2 softwares de alta competência para auxiliar empresas do Brasil e do mundo a despertarem seu potencial infinito, que são as ferramentas Coaching Assessment e Avaliação 360º. Grandes nomes como: Unilever, Grupo Muffato, L’oreal, Wickbold, Eternit, Anglo American, Nasa, International Paper, Bayer, entre muitas outras, confiam e utilizam essas ferramentas para maximizarem suas performances continuamente.

Veja abaixo maiores detalhes e o alto impacto de cada um desses apoios na gestão organizacional. Confira:

Coaching Assessment

O Coaching Assessment é o mais moderno Sistema de Mapeamento de Perfil Profissional / Comportamental desenvolvido a partir da metodologia DISC. Seu objetivo é oportunizar uma gestão de talentos eficaz e processos de coaching mais assertivos.
Além de promover seleção de candidatos ideais às necessidades da empresa, remanejamento individual ou de grupos, construção de times bem estruturados pautando-se em competências diversificadas e complementares, gestão motivacional, mapeamento comportamental para prever possibilidades de diversas circunstâncias situacionais.
Trata-se de uma ferramenta de exclusividade do Instituto Brasileiro de Coaching - IBC, que pode ser aplicada em vários contextos como: Gestão de Pessoas, Gerenciamento de Relações Interpessoais, Avaliação e Treinamento, Motivação, Desenvolvimento Pessoal, Gerenciamento/Engenharia de Equipes, Orientação Profissional e de Carreira, Processos de Coaching e Práticas Clínicas.

Avaliação 360º

A Avaliação 360°, também conhecida como Feedback 360°, é um dos mais poderosos processos de evolução profissional, um instrumento desenvolvido pelo Instituto Brasileiro de Coaching – IBC.

O objetivo é oportunizar uma mensuração sistêmica do avaliado, sendo fiel às suas características como pessoa e profissional. Essa ferramenta proporciona informações sobre as percepções de suas habilidades, capacidades e competências, por ele mesmo, seus gestores, liderados e outros colaboradores da organização. O indivíduo será avaliado em 4 âmbitos: Estratégia, Comprometimento, Coaching e Credibilidade.

Através da Avaliação 306° o colaborador/cliente terá acesso aos Pontos Fortes e Pontos de Melhoria pertinentes ao seu trabalho. A partir dos resultados obtidos é possível criar planos de ação para desenvolver melhorias necessárias, bem como, reforçar atitudes que já são congruentes e bem avaliadas.

Gostou deste artigo? Comente e compartilhe o conhecimento com seus amigos nas redes sociais!

Compartilhe esse post

Avatar

Por IBC

Conquiste mais, seja um coach!

  • Novas Possibilidades na Carreira

    Novas Possibilidades na Carreira

  • Mais Qualidade na Vida

    Mais Qualidade na Vida

  • Resultados Extraordinários

    Resultados Extraordinários

permita-se ir além! Chegou o momento de uma nova etapa da sua história