Plano de desenvolvimento Individual – O que é o PDI?

O PDI é um pilar fundamental para o sistema de liderança de uma empresa. / Copyright: Uber Images  

Seria maravilhoso se houvesse uma ferramenta de desenvolvimento profissional que conciliasse os interesses do funcionário com os interesses da empresa, não é mesmo? Não seria. É. Essa ferramenta já existe e se chama PDI, ou Plano de Desenvolvimento Individual.

Para saber mais sobre o funcionamento do PDI e sobre as vantagens que ele oferece, continue a leitura deste artigo.

O que é o PDI?

O Plano de Desenvolvimento Individual – PDI é um planejamento realizado com determinado profissional a fim de que ele possa desenvolver a sua carreira e também as competências necessárias para assumir determinadas funções dentro da organização.

O Plano de Desenvolvimento Individual deve atender tanto aos interesses da empresa, como também os anseios profissionais e pessoais do colaborador. O PDI é um pilar fundamental para o sistema de liderança de uma empresa, pois esse processo auxilia no fortalecimento do potencial de cada talento de maneira plena.

Ao aplicar o Plano de Desenvolvimento Pessoal, o líder estará maximizando a capacidade de realização de seu time, promovendo um cultura de alta performance. Trata-se de um método que proporciona resultados a curto, médio e longo prazo.

Nesse sentido, os profissionais estão sendo desenvolvidos para atender tanto as necessidades imediatas, como também para assumir novos desafios e responsabilidades com projetos futuros.

Comece a ter o

Destaque

que você merece!

Preencha os campos abaixo para receber o e-book.

Estágios do PDI

Confira abaixo como o plano de desenvolvimento individual é composto e quais são os objetivos de cada etapa.

1. Alinhamento

O alinhamento consiste em fazer uma análise do estado atual e do estado desejado do profissional e da empresa em relação a ele. Ambas as partes devem estar na mesma direção, de modo que a soma de esforços alcance resultados satisfatórios para todos.

2. Mapeamento

O segundo estágio é mapear as competências técnicas e comportamentais, pontos fortes e de melhoria, aspectos pessoais, performance/desempenho, conhecimentos, formações, experiências e resultados do profissional avaliado. Depois, é importante e necessário fazer um relatório detalhado desse profissional.

3. Definição de estratégias

Após a estruturação, é hora da aplicação do PDI. Essa etapa, por sua vez, deve ser feita em diferentes momentos, na rotina do colaborador, por meio de tarefas que devem ser cumpridas por ele. Cada uma dessas tarefas desenvolve diferentes competências e vai, consequentemente, contribuir com o seu processo evolutivo.

4. Acompanhamento

Embora seja de responsabilidade do profissional segui-lo, o ideal é que, ao longo do cumprimento do Plano de Desenvolvimento Individual, haja um coach ou um mentor para auxiliá-lo a manter o foco na direção do estado desejado.

Coaching no Desenvolvimento Profissional

Coaching é o mais efetivo método para que o profissional possa definir com mais clareza e precisão os seus objetivos de carreira, além de identificar o melhor caminho para formatar o seu Plano de Desenvolvimento Individual.

Por meio do empoderamento proporcionado pelo processo de Coaching, é possível fazer um Plano de Desenvolvimento Individual que atenda tanto as necessidades da empresa em relação ao profissional, como também dele em relação à sua carreira na organização e na vida pessoal, em longo prazo.

Ferramentas do Coaching como auxílio ao PDI

Conheça abaixo algumas das inúmeras ferramentas do processo de coaching que podem aplicadas para a estruturação do Plano de Desenvolvimento Pessoal. Confira:

1. Shazam

O Shazam é um conjunto de perguntas poderosas que auxilia o coachee (o indivíduo que está passando pelo processo de coaching) a compreender o seu senso de propósito em curto espaço de tempo. É um convite para buscar respostas internas poderosas por meio de um profundo processo de reflexão.

2. Coaching Assessment

Identificar claramente o perfil comportamental de cada integrante de sua equipe é indispensável para que o líder possa ser eficiente na delegação de demandas compatíveis com os seus liderados. Desse modo, ele consegue obter o máximo de cada talento e de suas devidas potencialidades.

O Coaching Assessment foi desenvolvido pelo Instituto Brasileiro de Coaching – IBC, justamente com o intuito de aumentar o desempenho dos profissionais a partir do domínio das capacidades e habilidades advindas de seus perfis de comportamento predominante.

Trata-se de um software elaborado e aprovado cientificamente pela UFMG, que auxilia os líderes em todos os aspectos, desde a seleção de novos colaboradores, remanejamentos, até a gestão por competências. Torne-se um Analista Comportamental e Conquiste Mais!

3. Avaliação 360º

O Plano de Desenvolvimento Individual – PDI também pode e deve ser aplicados aos gestores da organização, a fim de auxiliá-los a serem cada vez melhores em suas funções. Nesse sentido, a Avaliação 360º, também desenvolvida originalmente pelo IBC, permite realizar uma avaliação completa a respeito do profissional que exerce o cargo de liderança.

Grandes referências empresariais — como Bayer, Volkswagen, Receita Federal, Banco do Brasil, Unilever, L’oreal, Wickbold, Grupo Muffato, entre muitas outras —, já adotaram a ferramenta como apoio à gestão estratégica para o alcance de resultados extraordinários! Conheça mais sobre mais essa exclusividade IBC:

4. Autofeedback

O autofeedback é uma análise estratégica sobre si mesmo, que ocorre por meio de perguntas poderosas que geram conclusões a partir do balanceamento entre diferentes elementos que compõem o universo individual do profissional. Desse modo, essa ferramenta o auxilia a compreender a sua congruência interna, pautando-se no que ele acredita verdadeiramente ser o seu estado ideal.

5. Roda das Competências

A roda das competências é uma ferramenta que permite mensurar pontualmente as habilidades do profissional, como: capacidade de inovação, criatividade, relacionamento interpessoal, iniciativa, orientação para resultados, comunicação, empreendedorismo, entre outros itens.  Dessa forma, ela o auxiliará a identificar claramente suas potencialidades e suas oportunidades de melhoria, de maneira ampla.

6. Tríade do Tempo

O bem mais precioso, não somente no âmbito profissional, mas na vida como um todo, é o tempo. Saber usá-lo da melhor forma é essencial para ser produtivo e conseguir realizar todas as atividades necessárias para alcançar as suas metas e objetivos.

Portanto, a ferramenta Tríade do Tempo oferece o fundamento necessário para a organização e o planejamento do cotidiano do profissional, a partir da identificação e da redistribuição de suas tarefas, de modo que isso desperte a sua alta performance e desempenho.

7. Teste do Sistema Representacional

Cada pessoa interpreta e compreende o mundo de uma maneira particular. Por isso, existem diferentes opiniões sobre um mesmo fato. Essas variáveis se devem ao chamado sistema representacional, que consiste nos sentidos utilizados para filtrar as experiências vividas e estruturar os nossos pensamentos, influenciando diretamente na maneira como nos comunicamos.

Nesse sentido, o teste do sistema representacional consiste numa ferramenta que auxilia efetivamente no processo de autoconhecimento do indivíduo, permitindo que ele compreenda as razões de suas preferências, comportamentos e modo de relacionar-se com as pessoas e com tudo o que está ao seu redor. Dessa forma, a ferramenta contribui significativamente para a melhoria dos seus relacionamentos interpessoais, um dos fatores determinantes para o desenvolvimento de sua carreira.

Como é possível perceber, o plano de desenvolvimento individual é um importante recurso para que as empresas invistam no desenvolvimento pleno dos seus funcionários, de modo que tanto eles quanto a empresa ganhem com essa parceria. A empresa melhora na medida em que os seus funcionários desenvolvem as suas competências. Em compensação, o próprio funcionário também percebe que a empresa o está valorizando e permitindo que ele evolua em sua carreira.

E você, já teve alguma experiência com o PDI? O que acha dessa ferramenta? Deixe as suas considerações no espaço abaixo. Além disso, não se esqueça de compartilhar este artigo com quem mais possa se beneficiar deste tema, por meio das suas redes sociais.

 

E aí, curtiu esse conteúdo?

Saiba que ele é apenas a pontinha do iceberg e você pode desenvolver suas habilidades de liderança muito mais. Baixe agora o ebook Leader Coach e aprenda como extrair o máximo resultado da sua equipe.
Preencha o formulário, é de graça.


*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010