Soft Skills: quais são as mais valorizadas no ambiente de trabalho?

Conceito de Soft Skills

Saiba quais são as soft skills mais valorizadas no ambiente de trabalho.

Nos últimos tempos, as chamadas soft skills estão sendo mais valorizadas no ambiente de trabalho. Essas ferramentas contribuem para potencializar a produtividade das empresas e podem ser os diferenciais para a ascensão dos profissionais. No artigo a seguir explicaremos o conceito de soft skills, destacando quais são as mais valorizadas no ambiente corporativo. 

O que são Soft Skills?

Em linhas gerais, soft skills são habilidades que as pessoas têm intrinsecamente e que também podem ser desenvolvidas. Deve ficar claro que não estamos nos referindo a conhecimentos técnicos, mas sim a capacidades comportamentais. 

Podemos citar como exemplos de soft skills fazer bom gerenciamento do tempo e desenvolver um bom relacionamento interpessoal. 

Por que as Soft Skills são importantes?

Habilidades comportamentais podem ser determinantes para o sucesso de um profissional no ambiente de trabalho. Ainda que o indivíduo assuma uma função técnica, precisa ter boa relação com os colegas, saber lidar com os clientes, resolver todas as tarefas em tempo, entre outras habilidades. 

As soft skills bem desenvolvidas contribuem para um maior controle emocional e bom aproveitamento das qualidades técnicas. Imagine um programador que, além de conhecimentos técnicos, se mostra flexível no trabalho.

Esse profissional terá mais facilidade para atender as necessidades de diferentes setores da companhia, administrar as cobranças internas e as relações com os colegas. 

Conheça as Soft Skills mais valorizadas no ambiente de trabalho

Veja quais são as soft skills mais valorizadas no ambiente de trabalho. Assim, você pode focar em desenvolver essas habilidades, aumentando as suas chances de sucesso profissional. 

1. Inteligência emocional

A inteligência emocional bem desenvolvida é grande aliada do crescimento profissional. Não adianta muito ter amplos conhecimentos técnicos se não se tem controle sobre as suas próprias emoções. Todos os dias, os profissionais são submetidos a pressões e como reagem faz toda a diferença para o seu sucesso. 

Colaboradores autocentrados que mantêm a calma mesmo em situações complicadas têm mais chances de serem escolhidos para funções de liderança. O controle das emoções permite usar as suas habilidades com maior inteligência. O indivíduo que possui inteligência emocional evita se colocar em situações caóticas e ser influenciado pela opinião daqueles à sua volta. 

2. Pensamento criativo

Diante de uma situação difícil, é importante conseguir enxergar possíveis saídas. Quem tem pensamento criativo consegue ver além do óbvio. A criatividade é uma grande aliada em qualquer função, pois estamos o tempo todo precisando encontrar soluções. Os processos internos tendem a se resolver com maior rapidez com esse pensamento  bem direcionado.

A criatividade é resultado de diferentes tipos de conhecimento, como leituras, conversas com colegas, experiências, entre outras. Tendo essa base de conhecimentos, é importante desenvolver a capacidade de abstração para juntar tudo o que se sabe para chegar a uma resposta satisfatória. 

3. Postura colaborativa

Desenvolver bons relacionamentos no ambiente de trabalho é uma soft skill bastante valorizada no contexto corporativo. Os profissionais que se dão bem com seus colegas conseguem evitar que situações cotidianas se tornem foco de grandes estresses. Essa postura colaborativa e empática contribui para ter mais apoio dos outros. 

Um resultado prático da aplicação dessa soft skill é ter mais facilidade para obter informações relevantes e lidar com diferentes setores da empresa. Uma postura colaborativa é aquela que se preocupa em saber como pode auxiliar o outro a resolver suas questões. 

4. Comunicação transparente

A boa comunicação é muito importante tanto para que as atividades corporativas sejam realizadas corretamente quanto para evitar conflitos. As interações com os outros colaboradores devem ser claras para que não suscitem dúvidas. Você deve entender claramente o que o outro deseja e ele deve entender o que você precisa. 

Uma comunicação eficiente permite que ambas as partes se entendam e que os projetos caminhem como o esperado. Cada vez mais as empresas têm buscado profissionais com qualificação técnica e boa comunicação. 

5. Escuta atenta

Saber se expressar bem é essencial, mas também é crucial ter uma escuta atenta do outro. Essa é uma habilidade importante para construir boas relações com os colegas.

Quem sabe ouvir consegue atuar como um mediador de conflitos e como um alicerce do controle emocional da equipe. Boa parte dos problemas de comunicação começa exatamente porque não há escuta entre as partes. 

6. Bom gerenciamento do tempo

O bom gerenciamento do tempo é importante tanto na vida pessoal quanto na profissional. O tempo é o recurso mais valioso que temos, atualmente, e saber usá-lo de forma sábia é determinante para o sucesso. Quem sabe administrar seu tempo com inteligência gera valor para si e para a empresa. 

Independentemente do cargo ocupado na companhia é importante ser organizado e principalmente saber mensurar quanto dedicar para cada atividade. Essa é uma das soft skills mais procuradas pelos recrutadores. 

7. Senso de oportunidade

Conseguir enxergar uma oportunidade até mesmo diante de uma dificuldade é uma soft skill. Essa habilidade se chama senso de oportunidade e consiste em perceber que é possível realizar mais mesmo tendo menos a sua disposição. Ao invés de estar sempre olhando apenas para o lado negativo, que tal tentar encontrar oportunidades? 

Contudo, deve ficar claro que não estamos dizendo que não há dificuldades. Elas existem, o que diferencia o indivíduo com senso de oportunidade de quem não tem, é conseguir pensar em como reverter o quadro.

Se um projeto não está dando certo, é válido pensar em alterações para colocá-lo no trilho do sucesso. Essas mudanças podem significar encontrar novas soluções para a companhia.

8. Capacidade de planejar

Planejar é importante para que todas as atividades sejam realizadas de forma ordenada e com mais chances de sucesso. Quando há organização no planejamento fica mais fácil cumprir os prazos sem atropelos e sem retrabalhos. Ainda que haja imprevistos, o projeto poderá ser concluído dentro das expectativas. 

Quem planeja consegue antever as eventuais dificuldades e até se antecipar a problemas. Essa é uma soft skill muito valorizada especialmente porque vivemos em um mundo multi telas em que é fácil se perder se não houver foco de planejamento.

Gostou de conhecer as soft skills mais valorizadas no ambiente de trabalho? Comente abaixo!

José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC - Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.



*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010
CNPJ: 31.328.744/0001-63