O que você precisa rever na sua educação financeira (agora mesmo!)

educação financeira

O primeiro passo para uma boa educação financeira é adotar hábitos saudáveis em relação ao dinheiro

O que você precisa rever na sua educação financeira não é somente sobre como guardar mais dinheiro ou aprender a respeito do mercado. Existe um fator que pode levá-lo à derrocada ou ao sucesso no mundo das finanças e não se trata (apenas) do investimento…

Há uma frase de Anthony Robbins que diz o seguinte: “Se você faz o que sempre fez, você obterá o que você sempre obteve”. Portanto, para chegar ao lugar em que deseja financeiramente, é preciso se auto-policiar.

Ou seja, além de adquirir hábitos saudáveis em relação ao dinheiro, é importante prestar atenção em si mesmo. Então, o que você precisa rever na sua educação financeira é a inteligência emocional, característica chave para a prosperidade em qualquer área da vida.

Saiba como utilizá-la agora mesmo:

Boa leitura!

O que precisa rever na sua educação financeira: inclua o seu interior

Não é só de conhecimento técnico que vive um bom investidor. A inteligência emocional é a linha tênue que o separa dos demais em termos de resultado. O motivo? Expertise de mercado não basta, é preciso também cuidar das emoções, as principais causadoras dos grandes erros financeiros.

São os seus sentimentos e comportamentos que o guiarão pelo caminho, assim como influenciarão nas decisões, sejam elas positivas ou não. Medo, excesso de confiança, quaisquer vícios: todos podem ser prejudiciais.

Vide os inúmeros casos de pessoas que perderam tudo, ou boa parte do patrimônio, após enriquecerem ou obterem lucros nos investimentos. Também já aconteceu comigo, há pouco mais de 10 anos, quando comecei, por falta de preparo da minha parte. Logo, eu lhe pergunto:

Você está preparado para ser o protagonista da própria história e não deixar as emoções dominarem o percurso? É preciso estar pronto para o sucesso, saber o que realmente quer para construir, e manter, o resultado positivo.

Deste modo, o que você precisa rever na sua educação financeira, definitivamente, é o seu interior. Muitas vezes não estamos hábeis para alçar voo, mas bastam alguns pequenos ajustes para chegar lá. Conforme diz Jack Canfield:

“Nossos sentimentos são um mecanismo de feedback que nos informa se estamos no rumo certo ou não, se estamos na rota ou fora dela”. Por isso mesmo comece a sua revisão no próximo tópico, e:

Observe os seus padrões comportamentais

comportamento financeiro

Seus comportamentos tem relação direta com sua vida financeira

Ao fazer isso você assume a rota das suas ações e descobre quais são os gatilhos que o instigam a ter determinadas atitudes. Por que eu digo isso? Porque o dinheiro (tal como a falta dele) reforça aquilo que somos. E é aí que mora o perigo e o que você precisa rever na sua educação financeira…

Um exemplo disso são os vícios. Sabemos que com capital em mãos, nos sentimos poderosos. Assim, se sou alguém com hábitos viciantes, irei sofisticá-los ao longo tempo com práticas descontroladas e caras.

E o que aparentemente era inofensivo, se tornará uma verdadeira bola de neve que me consumirá cada vez mais. O mesmo se aplica àquelas velhas sensações de medo exacerbado, autoestima elevada, entre outras, capazes de ofuscar toda possibilidade de equilíbrio numa situação mais difícil.

É por esta falta de controle que muitas pessoas já foram à ruína nas finanças. Com isso, observe-se e reforce tudo o que há de bom você. O que não servir mais, jogue fora e entenda que você “está” e não “é” assim.

O percurso é feito de estradas retas e sinuosas, mas você pode se transformar num bom piloto para as duas. O segredo é de dentro para fora e não o oposto disso. Assim, se você quer a liberdade da independência financeira, seja antes uma pessoa livre do que o impede de ir em frente…

“A única coisa necessária para fazer isso funcionar por você agora é começar a acreditar que é possível mudar. O passado não importa (…). E o que você faz neste momento é o que vai moldar o seu destino”, Anthony Robbins.

Por isso:

Não se subestime, mas também não se superestime…

… nos investimentos. O que você precisa rever na sua educação financeira, além das questões anteriores, é o excesso de confiança. Não vou dedicar um tópico para este comportamento por acaso: é por conta dele que muitos investidores põem por água abaixo suas aplicações.

Sim, atribuir valor acima do razoável para o seu entendimento financeiro pode ser mais prejudicial do que a falta de conhecimento. E quando estamos confiantes demais, arriscamos na mesma proporção.

Nos julgamos capazes de ir além dos limites que realmente suportamos, mas a realidade mostra-se outra. Porém, ao chegar neste ponto, já será tarde demais: o prejuízo baterá à porta a qualquer momento. Então, vá com calma e saiba que ninguém está livre de errar. Até mesmo os especialistas.

A teoria nem sempre traz a habilidade necessária nos investimentos. Motivo que leva muitas pessoas a caírem na armadilha do excesso de confiança e a tomarem más decisões nas finanças.

É claro que você não deve subestimar suas aptidões, mas colocá-las em um pedestal inatingível pode ser sinal de perigo à vista. A razão deste conselho é para que aprenda todos os conceitos teóricos, sim, e, ao mesmo tempo, desenvolva inteligência emocional, impreterivelmente.

Excesso de confiança é indicador de desequilíbrio… No entanto, conhecê-lo e saber como ele funciona lhe dá vantagem e proteção em relação aos demais investidores. Pense a respeito disso e mais sobre:

O que precisa rever na sua educação financeira: Dicas extras

revendo conceitos financeiros

Reveja alguns conceitos para se adaptar a novos caminhos financeiros

Portanto, para direcionar seu futuro rumo à prosperidade, é preciso romper barreiras. Digo isso porque, muitas vezes, criamos determinados paradigmas em nossa mente e entendemos que este padrão de comportamento é o melhor para nós, não é mesmo?

Pois, então, nem sempre…  Desta maneira, selecionei algumas dicas extras sobre o que você precisa rever na sua educação financeira. Confira-as, a seguir, e observe algumas práticas comuns em relação ao dinheiro por um outro prisma:

O foco não está só em economizar

Você já considerou aumentar a receita? Seja por meio de um reconhecimento no salário, uma nova oportunidade de trabalho, criar formas de ganhos extras pela internet, dar aulas particulares, etc. Há situações em que o melhor a fazer não é cortar gastos, mas ampliar as possibilidades de ajustar despesas e guardar para investir ; )

O investimento vai além da aposentadoria

A maioria das pessoas pensa no investimento somente como um Plano B para aposentadoria. Mas, existem muitos outros benefícios além deste, como por exemplo: tranquilidade financeira diante de uma situação delicada de saúde ou desemprego e a chance de aproveitar oportunidades de negócios momentâneas, por preços espetaculares.

Pessoas de mais idade não podem arriscar

Fazer isso é muito mais favorável para quem já construiu patrimônio e não ao contrário. Os jovens costumam ter pouco dinheiro para aplicar, estão no começo da vida financeira e não devem correr riscos que não possam arcar. Arriscar, portanto, deve ficar a cargo de quem já possui um grande capital, legado e consegue se recuperar facilmente de uma possível perda.

Conclusão

Hoje pudemos ver aspectos importantes, e por vezes ignorados, para obter sucesso nas finanças. Um compilado de informações valiosas sobre o que você precisa rever na sua educação financeira de uma vez por todas e como ser bem-sucedido nesta área da vida com o principal: equilíbrio interior.

Vimos o grande valor da inteligência emocional e o quanto ela é essencial para tomada de boas decisões. Entendemos ainda a necessária observação do “eu interior” para isso e da quebra de padrões comportamentais.

Estes últimos, em muitas situações, prejudiciais para o investidor, por mais conhecedor do mercado que ele seja. Teorias são fundamentais, com toda certeza, mas com o domínio de quem somos é possível ir bem mais adiante. Livres de amarras e rumo à independência financeira…

Por fim, gostaria de convidá-lo para seguir nesta jornada de liberdade e ainda mais imune aos erros emocionais. Convite para algo capaz de tornar todo o processo de decisão nos investimentos muito mais leve e disciplinar.

Conheça-o aqui.

E, lembre-se “embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim” – Chico Xavier. Que esta oportunidade possa ser a porta de entrada rumo a uma jornada de muito mais conquistas e sucesso em sua vida!

Conte comigo, sempre!

Abraços,

O artigo é bom, né?

No IBC é assim, não custa nada evoluir e alcançar resultados extraordinários. Se você quer seguir por esse caminho de evolução é só baixar o nosso e-book gratuito,
Tudo sobre Coaching. Preencha o formulário abaixo com seus dados para ler.
Marcello Vieira

Médico, investidor há mais de uma década e autor da metodologia Investidor de Sucesso.

Artigo em parceria com www.investidoresdesucesso.com.br
Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010