Conhecendo os tipos de abraço e seus significados

casal se abraçando

O abraço é um gesto que demonstra carinho de maneira sincera e genuína.

Na sua aprovação no vestibular, na promoção conquistada no trabalho, no sonho realizado, nas partidas e nas chegadas, ele está lá. Há uma canção que fala que ele é o melhor lugar do mundo e, com certeza, essa canção está correta. Afinal, quem não gosta de receber aquele abraço gostoso, não é mesmo?

Mas, você sabia que para cada abraço há um significado especial? Existem vários tipos de abraços, e vamos te mostrar alguns deles e seus respectivos significados. Está pronto para entender a mensagem por trás de cada abraço? 

Abraços: conheça os tipos e seus significados

O abraço é uma forma de demonstrar e receber carinho, é difícil encontrar alguém que não goste desse contato próximo com as pessoas queridas. Abraçar e ser abraçado pode ajudar a potencializar o sistema imunológico, reduzir a sensação de estresse e melhorar a autoestima.

Um gesto simples e que pode trazer tantos benefícios. Contudo, nem todo abraço tem o mesmo significado. Confira abaixo alguns dos principais tipos de abraço e os seus significados. 

1. Camarada

É o tipo de abraço que demonstra amizade, comum entre pessoas que não têm grau maior de intimidade. O abraço camarada é aquele que as pessoas dão leves tapinhas nas costas do outro.

Esse gesto pode demonstrar que existe o desejo de ambas as partes de estreitar os seus laços. A pessoa com quem você se sente à vontade nesse tipo de abraço é alguém que pode se integrar de forma positiva a sua vida. 

2. Protetor

Este é um dos abraços mais conhecidos. O abraço protetor é aquele que traz apoio e conforto; é aquele abraço que nos deixa seguros quando estamos aflitos ou com medo.

Permite uma verdadeira e intensa troca de energias entre quem dá e quem recebe o abraço. Trata-se de um abraço apertado em que se tem a impressão de que nada poderá atingi-lo. Nesse caso, realmente o abraço se torna o melhor lugar do mundo. 

3. Parceiro

Também conhecido como “meio abraço”, pois não envolve todo o corpo. Aqui, a pessoa coloca um dos braços em volta do ombro da outra. A conexão entre elas ocorre de forma despojada e fraternal.

A mensagem que o abraço parceiro transmite é “conte comigo, estamos juntos”. Em algumas situações, esse gesto é o suficiente para que o indivíduo se sinta mais seguro para enfrentar os desafios impostos pela vida. 

4. Lento

Esse é o típico abraço dos apaixonados. No abraço lento existe uma aproximação forte entre as pessoas, pois elas possuem sentimentos intensos e verdadeiros um pelo outro.

Enquanto um indivíduo envolve o pescoço do outro, a outra pessoa abraça a cintura em uma sincera e intensa demonstração de intimidade e afetividade. Esse abraço transmite uma mensagem de comprometimento entre as partes. Um está dizendo para o outro que ficará ao seu lado independentemente do que aconteça. 

5. Cara a cara

Neste tipo de abraço existe algo muito especial: a troca de olhares. Os indivíduos ficam frente a frente envolvidos pelos braços do outro, trocam olhares de modo profundo. Isso demonstra que há cumplicidade, respeito, intimidade, afeto e carinho entre eles.

O abraço cara a cara é aquele que se dá em pessoas com quem se tem um laço verdadeiro. É também uma forma de dizer de maneira não-verbal que existe um compromisso de cumplicidade. 

6. Reverso (por trás)

O abraço por trás ou abraço reverso demonstra que aquele que está atrás se dispõe a proteger quem está envolvido em seus braços. Há a demonstração de sentimentos profundos pela outra parte.

Inclusive, é um tipo de abraço que pode indicar que existem sentimentos reprimidos por aquele que abraça. Se alguém tem o hábito de te abraçar assim, questione-se a respeito de quais são os sentimentos dessa pessoa por você.

7. Tenda (ou A)

Esse é aquele abraço em que há uma distância considerável entre as cinturas dos envolvidos, mas seus rostos estão colados. Normalmente, é utilizado para cumprimentar pessoas que se acabou de conhecer ou com quem não se tem intimidade. Quando é um abraço que acontece entre pessoas que têm intimidade, pode demonstrar que algo as está afastando. Vale a pena conversar a respeito.

8. Abraço em grupo

O abraço em grupo é uma forma de comemorar alguma conquista ou o simples fato de estar próximo a pessoas de quem se gosta. Funciona também como uma maneira de incentivo para realizar tarefas que possam ser desafiadoras, pois se entende que há o apoio dos amigos. Em uma situação de perda e/ou dor por alguém do grupo, é um tipo de abraço que significa muito, pois diz que o indivíduo não está sozinho.

9. Urso

Sabe quando alguém te abraça muito intensamente e com muita força? Esse é o famoso abraço de urso, pode até acontecer de você ser levantado do chão por aquele que te abraça. Trata-se de um gesto que demonstra grande afeição entre as partes e que pode ser motivado por um longo período de distância. 

10. Autoabraço

Abraçar a si mesmo, além de ser uma forma de gerar conforto quando não há ninguém para cumprir esse papel, é uma maneira de ser menos duro consigo. Temos a tendência de fazer avaliações demasiadamente críticas de nós mesmos, sem reconhecer as dificuldades superadas. Quando você se dá um abraço está dizendo a si mesmo que está tudo bem e que as coisas vão melhorar.

Essa prática pode se tornar uma forma de se manter calmo durante situações desafiadoras da vida. Um abraço é poderoso até mesmo quando vem de você mesmo. Se você demonstra carinho pelas outras pessoas, por que não pode fazer o mesmo por si mesmo? 

Independentemente do tipo de abraço, o importante é saber que ele é uma demonstração sincera e genuína de sentimentos. Use o espaço abaixo para nos contar qual é o seu tipo de abraço preferido. Se este conteúdo te ajudou de forma positiva e acredita que outras pessoas podem ser ajudadas, compartilhe em suas redes sociais!

José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC - Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.



*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010
CNPJ: 31.328.744/0001-63