“FALE UM POUCO DE VOCÊ”: DICAS DO QUE RESPONDER EM UMA ENTREVISTA DE EMPREGO

Entrevista de Emprego - O que responder É muito importante saber o que responder em uma entrevista de emprego. Veja as dicas.

 

A entrevista de emprego pode ser um momento de muita tensão e é essencial que o candidato esteja preparado para responder adequadamente a todas as perguntas.

No momento da entrevista, a empresa contratante deseja escutar o candidato, conhecer suas qualidades, além de analisar seu comportamento, gestos e até sonhos. É na entrevista que a empresa deseja entender se o candidato é capaz de identificar suas qualidades, seus pontos de desenvolvimento, suas limitações e percepções.

Nesse sentido, é essencial que o indivíduo demonstre preparo e autoconhecimento no momento da entrevista. Para que a entrevista tenha o resultado esperado – a contratação – vale a pena anotar as dicas de como agir e responder às perguntas da entrevista de emprego.

Como responder perguntas em uma entrevista de emprego?

1- Caso você não tenha experiência profissional

Caso você nunca tenha trabalhado, é viável citar experiências no meio acadêmico ou situações com a família e amigos. Vale a pena citar trabalhos voluntários que tenham contribuído com o desenvolvimento de habilidades importantes para a sua carreira.

2 – Pontos fortes e pontos fracos

Com essa pergunta, o entrevistador verifica se você de fato se conhece e é capaz de realizar uma avaliação das suas qualidades e pontos de melhoria. Além disso, ele verifica se suas habilidades profissionais são compatíveis com a vaga oferecida e se você reconhece seus pontos que ainda precisam de desenvolvimento e está trabalhando para melhorá-los.

3 – Experiência em outras empresas

Comente os desafios e as diferentes situações vivenciadas em empresas que você já trabalhou. Dessa forma, o entrevistador entenderá um pouco mais a respeito de como você lida com as mais variadas situações do cotidiano profissional, como momentos de estresse, pressão, relacionamento interpessoal, rotina e entrega de prazos.

4 – Conheça a empresa

Mostre que você pesquisou a história da empresa, conhece sua missão e seus valores, assim como o produto/serviço oferecido, os concorrentes e as principais características de trabalho. Isso fará com que você tenha embasamento para responder perguntas do tipo “por que a nossa empresa é ideal para você?”.

5 – Não minta

Não tente aumentar ou mentir sobre nenhuma informação, isso é muito arriscado, pois você pode cair em contradição. O entrevistador é uma pessoa treinada para perceber justamente este tipo de manobra, o que pode afetar sua credibilidade profissional e, consequentemente, diminuir as chances de conseguir o emprego.

6 – Reconheça seus pontos de melhoria

Todo ser humano possui defeitos, sendo assim, não tente escondê-los ou diminuí-los. Evidencie ao entrevistador que apesar de você possuir certos pontos de melhoria, você trabalha constantemente na superação dos mesmos.

7 – Acredite no seu potencial

Falar de nós mesmos nem sempre é uma tarefa fácil. Ao relatar suas características ao entrevistador, faça-o com confiança. Muito além das suas respostas, a empresa deseja verificar também, a sua reação ao lidar com as perguntas.

8 – Fale sobre as suas paixões

É comum os entrevistadores perguntar sobre as paixões e desejos dos candidatos.  Através de tais respostas é possível saber o que motiva o profissional a seguir em frente. Sendo assim, cite algumas das suas paixões e como elas podem influenciar positivamente na sua performance no trabalho.

9 – Evite falar demais

Mesmo se a entrevista tiver um clima descontraído, evite falar demais sobre você. Esse tipo de conduta pode fazer com que você relate informações irrelevantes e que tirem o foco da entrevista, além da possibilidade de criar uma imagem de egocentrismo e causar uma impressão ruim ao entrevistador.

10 – Esqueça a falsa modéstia

Tem gente que acredita que ser um falso modesto fará com que o entrevistador veja o candidato como alguém simpático. Mas, tal tática já se tornou algo obsoleto e só reforça a falta de autoconhecimento por parte do candidato. Seja sincero ao falar de suas qualidades e também dos seus defeitos. Diminuir os seus feitos e as suas conquistas não demonstrará simpatia e sim, baixa autoestima. Não seja falso modesto na hora de falar de si mesmo.

11 – Seja criativo

Este é um momento para falar de alguém muito importante e especial: você! Porque não fazer dessa pergunta uma oportunidade para falar de um jeito criativo sobre você mesmo? Uma frase motivacional, a opinião de amigos e até mesmo fazer um mini roteiro do filme que a sua vida pode ser são algumas das maneiras criativas para falar sobre si mesmo.

10 Dicas valiosas do que “não dizer” na sua entrevista de emprego

Tão importante quanto saber o que dizer é ter em mente o que não dizer na hora da entrevista pra não colocar a sua oportunidade em risco. Preste muita atenção nestas dicas e procure escapar desses temas:

1 – Assuntos políticos

Evite fazer colocações ou opinar sobre questões políticas. Esse assunto nunca deve ser discutido numa entrevista de emprego, salvo se a vaga de emprego estiver relacionada a um cargo político ou a alguma causa política.

2 – Falar sobre problemas que teve com a antiga empresa

Abordar esse assunto e falar mal do antigo trabalho ou empregador não será nada favorável pra você. O entrevistador pode até ter conhecimento do fato através de outras vias, menos de você. Não faça queixas, principalmente nesse primeiro momento. Isso dará uma impressão negativa.

3 – Falar demais da vida pessoal

Atualmente, as empresas têm interesse em saber como anda sua vida pessoal, mesmo porque, as pessoas acabam levando algum tipo de problema que estão vivendo em casa, com a família, para o ambiente de trabalho. Mas, cuidado para não estender muito a conversa e falar só da vida pessoal, de relações amorosas, problemas com familiares e esquecer o lado profissional.

4 – Falar de religião

Assim como no tópico sobre política, falar de religião é algo bastante delicado por se tratar de algo bastante íntimo e particular. Evite este assunto a menos que a vaga seja para alguma instituição religiosa.

5 – Comentar que participa de outras entrevistas

Se você está sendo entrevistado para pleitear uma vaga, nada de falar sobre as outras entrevistas que você participou. Isso não irá resultar em nada favorável a você. Pelo contrário, pode te prejudicar se houver um outro candidato com o seu perfil e que mostre disponível no momento.

6 – Perguntar sobre o salário

Demonstrar preocupação excessiva sobre: “Quanto vou ganhar”, não é muito favorável. Tenha calma que em algum momento o entrevistador ou recrutador irá te passar esta informação.

7 – Perguntar sobre hora extra

Evite fazer perguntas sobre horário de trabalho, horas extras, etc. Isso pode transparecer ao entrevistador que você já está se mostrando indisponível para qualquer tarefa que exija de você um tempo mais de dedicação na empresa.

8 – Respostas não objetivas

Tenha cuidado para não ser pego respondendo “não sei ainda”, “ainda não decidi”, “preciso ver com minha família”. Vá preparado para respostas objetivas sobre todas as suas expectativas, sua visão de futuro dentro daquela empresa.

9 – Negativismo

Cuidado com os comentários negativos. Ele não é bem vindo em lugar algum, principalmente no ambiente de trabalho. Cada dia mais as empresas estão de olho na qualidade do ambiente. Passe positivismo e confiança.

10 – Mentir

A pessoa que mente tem trabalho dobrado. Tem que vigiar o tempo todo para que aquela mentira nunca seja descoberta. Não vale a pena mentir. O entrevistador, com certeza já faz esse trabalho a algum tempo e vai perceber que você está mentindo para tirar algum proveito. Seja honesto e sincero na sua entrevista.

Assista o vídeo e confira outras dicas incríveis que vão te ajudar em uma entrevista de emprego!

Porque falar sobre si mesmo é tão importante em uma entrevista?

Falar sobre si mesmo é uma tarefa difícil, principalmente para quem não tem conhecimento sobre si mesmo. Mas, esta é uma etapa importante para que a empresa entenda quem é o profissional que concorre a vaga de emprego. Para conseguir falar de si mesmo e evidenciar suas habilidades e competências é necessário que você desenvolva o autoconhecimento. Outro fator muito importante é já ter em mente algumas respostas que são consideradas clichê, evitando-as em seu discurso. Também vale a pena praticar algumas respostas que podem ser necessárias ao longo da entrevista, de modo que você desenvolva confiança.

O Coaching possui técnicas e ferramentas que promovem o autoconhecimento que o capacitará para aumentar sua autoconfiança, não ter medo de falar de si mesmo e conquistar a vaga de emprego dos seus sonhos.

E você, tem alguma dica que pode compartilhar conosco? O que você pensa a respeito? Use o espaço abaixo para nos contar a sua experiência e a sua opinião sobre o assunto. Se este conteúdo te ajudou de forma positiva, curta e compartilhe em suas redes sociais.

Imagem: Potstock / Shutterstock.com

 

 

José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC - Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.



*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010
CNPJ: 31.328.744/0001-63