As pessoas são o ativo mais importante de um negócio. Saiba mais.

Pessoas As pessoas são o ativo mais relevante de um empreendimento

 

O principal diferencial de uma empresa em relação às suas concorrentes é o seu quadro de funcionários, pois, em muitos casos, é possível padronizar condições e metodologias de atuação no mercado. Contar com pessoas que pensam de maneira criativa para alcançar seus objetivos e levar a companhia adiante é essencial para se destacar. Continue lendo para entender mais sobre esse que é o maior ativo de um empreendimento.

Por que as pessoas são o ativo mais relevante de um empreendimento?

Como mencionei acima, são as pessoas que fazem da sua empresa diferente dos seus concorrentes e entregam para os consumidores algo especial. É importante lembrar que os empreendimentos oferecem produtos e/ou serviços para pessoas, então, é fundamental adicionar um toque humanizado à sua metodologia de trabalho.

Quando os procedimentos se tornam muito metódicos e previsíveis podem acabar levando a uma estagnação preocupante. É sempre o fator humano que mostra a possibilidade de seguir por outro caminho. Contratar bons profissionais e lhes oferecer um ambiente que suscite a sua criatividade, é crucial para garantir muitos anos de existência para a sua companhia.

Profissionais que se sentem realizados no local em que trabalham têm um desejo mais forte de buscar por capacitação e renovação de conhecimento. A valorização dos colaboradores garante grande retorno para a própria empresa. Os principais recursos de um negócio devem ser reconhecidos e utilizados com o máximo de assertividade.

Comece a ter o

Destaque

que você merece!

Preencha os campos abaixo para receber o e-book.

Sua empresa tem valorizado esse ativo?

Essa é uma pergunta bastante relevante a se responder após descobrir o tamanho da relevância que o capital humano possui no contexto empresarial. Os colaboradores da sua organização se sentem motivados a entregar sempre o melhor resultado nas atividades que realizam? Um bom salário é apenas uma das bases para chegar a uma satisfação real no contexto corporativo, outros tópicos também têm grande importância, como a concessão de benefícios extras e a criação de um ambiente saudável.

Identificar a valorização ou a falta dela dentro da sua companhia em relação aos funcionários é relativamente simples. Observe se as pessoas parecem felizes ao realizar as suas atividades e se mantêm bons relacionamentos com os colegas. Outro indicativo é a taxa de produtividade dos colaboradores, quando é crescente, demonstra uma sensação de reconhecimento do seu valor, já quando se torna decrescente, aponta que algo não vai bem.

10 Dicas para valorizar o ativo mais importante do seu negócio

Agora que você já sabe a razão pela qual o capital humano é o ativo mais relevante da sua companhia, deve estar se perguntando como valorizá-lo. Para descobrir, confira as dez dicas a seguir de como motivar e oferecer um dia a dia mais estável para os seus colaboradores.

1 – Ofereça oportunidades de capacitação

Empresas que oferecem oportunidades de capacitação para seus funcionários estão demonstrando que valorizam o capital humano e que, em algum momento, proporcionarão chances de crescimento. Permanecer estagnado, fazendo sempre o mesmo sem uma oxigenação de ideias, pode impulsionar a busca por outro local para trabalhar.

Sua companhia pode criar um programa para ajudar os seus funcionários a custear cursos de qualificação, assim como oferecer palestras e mentorias. A qualificação pode ser feita aproveitando talentos com mais experiência da própria empresa, assim como pode ser realizada através do estabelecimento de parcerias que permitam redução de custos.

2 – Ofereça benefícios extras

Você sabia que muitos profissionais escolhem a empresa em que vão trabalhar de acordo com os benefícios oferecidos por ela? Eles são complementos do salário, alguns são obrigatórios, como o vale-transporte, por exemplo, e outros são opcionais. Mesmo empreendimentos de pequeno porte podem oferecer benefícios extras para os seus funcionários, claro, dentro das suas possibilidades.

Uma forma de otimizar essa oferta de benefícios é fazer uma pesquisa com os seus colaboradores, chegando a uma lista do que eles preferem. Os dois benefícios mais votados podem ser ofertados com a possibilidade de que cada indivíduo escolha o que deseja. Destacam-se dentre os benefícios extras plano de saúde e odontológico, seguro residencial e vale-academia.

3 – Cultura de feedbacks positivos e negativos

Valorizar o funcionário não significa fechar os olhos diante das faltas e apenas reconhecer os acertos, muito pelo contrário, significa ajudar o indivíduo a crescer no âmbito profissional. A construção de equipes bem estruturadas depende da oferta de feedbacks relevantes pelo líder. Quando for necessário conversar com os colaboradores a respeito de algum ponto em que se pode ter melhoria, é interessante fazê-lo a portas fechadas e em particular.

Abordar eventuais erros dos colaboradores diante dos seus colegas, apenas faz com que sua autoestima seja afetada negativamente. Já quando o feedback é positivo e reconhece um mérito do indivíduo, é interessante falar a respeito na frente da equipe como um todo. Contudo, tenha cuidado para não apresentar esses pontos positivos, de maneira a fazer com que todos se voltem contra um dos membros da equipe por ciúmes.

4 – Crie um canal de comunicação de sugestões

Os funcionários de uma empresa desejam acima de tudo ser ouvidos e contribuir para melhorar o ambiente corporativo. Dessa forma, é interessante criar um canal em que os membros da equipe possam dar sugestões de como transformar o cotidiano, melhorando o ritmo de trabalho. Porém, mais do que permitir que os funcionários sugiram, é relevante colocar os tópicos abordados por eles em prática. As pessoas se sentem mais motivadas a entregar o seu melhor quando percebem que há um esforço para tornar o ambiente mais adequado com as suas expectativas.

5 – Aposte no engajamento

Para chegar aos resultados desejados é crucial fazer com que toda a equipe se envolva na busca pelo alcance das metas. Os funcionários precisam se sentir parte do todo e que estão sendo incluídos desde o processo de determinação das prioridades até a definição de como serão concretizadas. Reuniões com todos os membros da equipe para apresentar as metas e esmiuçar os objetivos são essenciais para conquistar essa simpatia. Dê voz para que os colaboradores possam expressar as suas preocupações e ideias sobre os principais pontos a serem trabalhados.

6 – Plano de carreira

Profissionais que sentem que não têm como crescer nas companhias em que estão inseridos tendem a considerar buscar novas oportunidades. Alta rotatividade, além de trazer grande prejuízo para as empresas, também demonstra que há algo errado na maneira de conduzir as relações com os colaboradores.

Uma forma de fazer com que esses indivíduos desejem permanecer por mais tempo no quadro de funcionários é ter um plano de carreira para oferecer a eles. O colaborador deve saber que terá oportunidades de se qualificar e assumir novos postos e responsabilidades dentro da organização. Estagnação não é bom nem para a empresa e nem para o funcionário.

7 – Oferece premiações

Os bônus ou premiações concedidas ao fim de cada ciclo estimulam a produtividade dos funcionários e criam uma sensação de reconhecimento do esforço. Para que esse tipo de metodologia de valorização possa ser aplicada na prática é essencial que haja um acompanhamento criterioso de todas as etapas de desenvolvimento dos projetos.

Cabe aos líderes de equipe verificar como os membros do grupo estão realizando as atividades para que foram designados. Observar o desenvolvimento de novas habilidades para chegar a resultados mais positivos é interessante para definir quem merece uma premiação por seu desempenho.

8 – Entendimento do erro como aprendizado

Estabelecer uma cultura do medo no ambiente corporativo em relação a erros não tem nenhum efeito positivo. Os funcionários se tornam mais inseguros e tendem a agir buscando esconder as suas falhas. Um ambiente em que errar é assumir um grande risco de ser mandado embora faz com que se crie uma competitividade interna nada saudável.

Os líderes devem demonstrar que há um canal de diálogo aberto para quando os colaboradores precisarem poder apenas falar sobre aquilo que tira a sua potencial concentração. Entender que errar tem um papel relevante para a construção de aprendizado impacta no fortalecimento da equipe.

9 – Gestão de talentos

Muitas companhias abrem processos seletivos para preencher vagas relevantes sem identificar que já contavam com a pessoa certa para a função em seu quadro atual de colaboradores. A gestão de talentos é fundamental para chegar a um resultado de sucesso no mercado.

Quando não se reconhece o potencial dos talentos internos, se cria um ambiente mais hostil e sem o aproveitamento do que há de melhor no seu quadro de funcionários. O setor de recursos humanos pode ajudar bastante com essa gestão, mas é necessário que os líderes de equipe se envolvam diretamente nessa operação, pois são eles que convivem com esses profissionais.

10 – Investimento em infraestrutura

Cada vez mais as empresas reconhecem a relevância de investir em infraestrutura para os funcionários, o desenvolvimento de espaços mais acolhedores e estimulantes para a criatividade. Os colaboradores precisam de ambientes físicos agradáveis para que possam realizar as suas atividades, assim como ter momentos para conviver entre si de forma agradável.

Refeitório, copa para o cafezinho, biblioteca, uma sala com sofá para descanso, entre outros, fazem a diferença para o bem-estar em médio e longo prazo. Valorize o lado humano dos profissionais que ajudam a fazer da sua empresa o que ela é.

Já tinha parado para pensar na importância que o capital humano tem para uma empresa? Qual sua opinião acerca do assunto? Conte-me nos comentários abaixo!

 

E aí, curtiu esse conteúdo?

Saiba que ele é apenas a pontinha do iceberg e você pode desenvolver suas habilidades de liderança muito mais. Baixe agora o ebook Leader Coach e aprenda como extrair o máximo resultado da sua equipe.
Preencha o formulário, é de graça.

Copyright:  1565528050 – https://www.shutterstock.com/pt/g/prostock_studio

*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010