O que é e como funciona o Empowerment?

empowermet - empoderamento Descubra todo o conceito e vantagens do empowerment


Ao longo dos últimos anos vimos muitas mudanças acontecerem no âmbito empresarial. As relações de trabalho se transformaram, principalmente a que é estabelecida entre empresas e colaboradores, líderes e equipes. 

Antes víamos predominar um modelo em que a organização e seus gestores eram os principais determinadores de regras e ações. Hoje, talvez ainda existam lugares em que este cenário predomine, porém, já é possível observar uma participação maior dos profissionais, que contribuem, efetivamente e na prática, com estratégias capazes de fazer com que os negócios alcancem resultados extraordinários

No contexto atual, os colaboradores das empresas, independentemente de seu nível de atuação e funções, têm cada vez mais autonomia e liberdade de ação, o que lhes impulsiona e motiva a contribuírem com ideias, opiniões e sugestões verdadeiramente empoderadoras, não só para a organização em si, mas também para as suas próprias carreiras. 

Tendo estes pontos como base, no artigo de hoje vamos falar sobre Empowerment, que é um conceito que vem ganhando bastante força e espaço dentro das organizações modernas, que desejam se manter competitivas em seus mercados, obtendo sucesso em meio a uma concorrência bastante acirrada. 

Continue conosco nessa leitura e confira!

O que é Empowerment?

O termo empowerment vem do verbo inglês “empower”, que significa dar poder ou a autoridade para que alguém faça algo. Você já pode ter ouvido falar dessa palavra também como empoderamento. Pensando dessa forma, ela pode ser atribuída a diversas situações. Para uma empresa, por exemplo, essa condição consiste em delegar poder aos colaboradores da organização. Se aplicada corretamente, é uma estratégia muito eficiente para quem deseja capacitar e desenvolver seus funcionários.

Além desta definição, o termo Empowerment vem também da Administração de Empresas e se configura quando a organização tem como premissa básica a adoção de um modelo de gestão mais descentralizado, ou seja, o poder de decisão não fica apenas nas mãos de uma pessoa ou de um pequeno grupo de pessoas, que geralmente ocupa cargos de gestão. 

Basicamente, o que encontramos em sua essência é uma estratégia que visa dar cada vez mais poder e capacitação a todos os profissionais que fazem parte da empresa, com o objetivo de que eles mesmos desenvolvam a autonomia necessária, para uma tomada de decisão verdadeiramente assertiva e um gerenciamento de tarefas responsável e ao mesmo tempo otimizado. 

Este é um modelo administrativo que prega principalmente a confiança, onde os profissionais que ocupam os cargos de liderança dedicam-se a orientar as pessoas de suas equipes, com o intuito de que cada indivíduo desenvolva continuamente a sua maturidade profissional e passe a crescer em harmonia com a organização. 

Portanto, o objetivo do empowerment é delegar novas responsabilidades a alguém, enriquecendo o seu cargo com novas funções, tarefas ou atribuições. A aplicação desse conceito dá mais autonomia, permitindo que as pessoas tomem decisões e desenvolvam habilidades para alcançar cargos maiores dentro da organização.

Como o Empowerment funciona?

Agora que você já conhece um pouco do conceito por trás do Empowerment, vamos mostrar a seguir de que maneira ele funciona e pode ser implementado dentro de uma empresa. Continue conosco e confira:

Poder descentralizado

Como todos nós sabemos, dentro de empresa são desenvolvidas relações de poder, que fazem parte de praticamente todo e qualquer tipo de ambiente de trabalho. Na aplicação de uma estratégia de Empowerment isso também acontece, porém, de uma forma que as decisões não fiquem apenas nas mãos de empresários, líderes e gestores.

Conforme vimos nos parágrafos anteriores, o modelo de gestão passa de autocrático para descentralizado, ou seja, o colaborador não fica mais em uma posição de cumpridor de ordens apenas, pelo contrário, ele é totalmente inserido no processo de tomada de decisão, tendo ciência de suas principais atribuições e responsabilidades.

Com isso, há um ganho considerável no que diz respeito à produtividade, já que a entrega de suas demandas não fica dependendo da presença e da cobrança constante de seu gestor imediato.  

Desenvolvimento de competências 

Para que o conceito de Empowerment de fato seja aplicado e aconteça dentro das organizações é preciso que haja bastante investimento em desenvolvimento de habilidades e competências de uma forma geral. Isso é essencial, pois contribui significativamente para que os colaboradores sintam-se capazes de tomar decisões de forma rápida, assertiva e principalmente estratégica, já que terão os subsídios, informações, técnicas e conhecimentos necessários para isso. 

Investir neste processo é investir em uma gestão de talentos eficiente, em que a empresa oferece aos profissionais que dela fazem parte verdadeiras oportunidades de desenvolvimento, não só de carreira, mas também pessoal. Além disso, ela também os incentiva a manterem-se em constante processo de aprendizado, superando limites e desafios com maestria, alcançando metas, objetivos e resultados extraordinários sempre. 

Despertar de lideranças 

Outro ponto no qual se deve investir e que sem ele o Empowerment não acontece em uma empresa é o incentivo e o despertar de uma liderança eficaz nas pessoas, ficando justamente a cargo de líderes e gestores o papel de motivar os colaboradores da empresa neste sentido. 

Desenvolver o senso de liderança que existe em cada um vai permitir que a gestão realmente aconteça de forma descentralizada, como sugere o conceito de Empowerment, já que, como o próprio nome já diz, o seu objetivo maior é empoderar as pessoas, para que se tornem cada vez mais proativas e capacitadas a agirem por conta própria. 

Assim, por ter plena consciência de que sozinho ninguém chega a lugar algum, o líder direciona suas forças e ações para tornar a sua equipe cada vez mais autônoma e preparada para superar e vencer os desafios impostos pelo dia a dia dos negócios. 

Motivação constante

Por fim, porém não menos importante, um dos fatores primordiais dentro do processo de empoderamento dos colaboradores é a motivação constante, na qual a própria organização deve investir. E isso ocorre por meio de ações que incentivem também o autodesenvolvimento e o encontro de propósito, dentro daquilo que se realiza na empresa. 

Isso é feito, no dia a dia, através da aplicação de feedbacks constantes, que permitam ao profissional entrar em um processo de melhoria contínua, algo que, com certeza, fará com que ele sinta-se valorizado, já que, ao mostrar os pontos onde ele erra e acerta, a empresa empoderadora mostra que reconhece a importância de seus colaboradores para o sucesso dos negócios. 

Investindo nisso, os bons frutos, com o passar do tempo, começam a ser colhidos, na forma de um clima organizacional positivo e harmônico e consequentemente do aumento da produtividade.

Vantagens do empowerment

A prática do empoderamento oferece diversas vantagens tanto para o funcionário quanto para os empregadores. Já falamos de algumas delas, mas existem mais! Confira todos os benefícios abaixo:

Autonomia dos colaboradores

A empresa entrará para um processo de gestão participativa em que todos têm voz. Dessa maneira, o funcionário terá o sentimento de pertencimento e se sentirá mais responsável pelas suas ações e também pelas consequências delas.

Desenvolvimento profissional

O empoderamento é um dos fatores que ajudam a motivar e estimular as habilidades e capacidades individuais. Claro que se existem novas responsabilidades é preciso treinar o funcionário para que ele possa se adequar corretamente a elas. Ensinar novas ferramentas e oferecer treinamentos são algumas das ações que a empresa deve oferecer nessa fase de preparação ou de costume com as novas funções. E se o colaborador quiser aprender por conta própria também é válido.

Autoconfiança

A partir do momento em que a pessoa está empoderada, ela também está com a autoconfiança bem construída e embasada. Com isso, será mais fácil para ela acreditar nas habilidades e capacidades.

Proatividade

Um funcionário que tem confiança em si e que recebeu confiança da empresa, quando obteve novas atribuições, terá mais estímulo para ser proativo. O processo de criação, desenvolvimento e aplicação de ideias novas será natural e  contribuirá consideravelmente para o progresso dos indicadores da organização.

Resultados da área e da empresa

O exercício do empoderamento está cada vez mais presente na rotina dos gestores, que desejam preparar suas equipes e organização para receber novas responsabilidades e contribuir para o crescimento acelerado da empresa, alcançando resultados satisfatórios de maneira acelerada.

Feedback

Não basta dar novas funções e autonomia aos funcionários sem saber o retorno disso. O famoso feedback é essencial para avaliar se as novidades da vida profissional do colaborador estão de acordo com as expectativas dele e se ele está conseguindo cumpri-las sem problema. Com essa verificação regular é possível planejar ações e novas maneiras de melhorar o trabalho.

Otimização diária

Quem está com mais controle das suas funções e está com o sentimento de pertencimento também terá mais vontade de progredir todos os dias. A evolução do trabalho, do ambiente e dos seres humanos é diária.

Fluxo de comunicação

Gera uma comunicação mais clara e eficiente, além de contribuir para um ambiente mais propício para feedbacks e troca de ideias;

Clima organizacional positivo

Tudo que falamos até agora sobre um funcionário empoderado são benefícios que podem ser vistos por ele mesmo, pelos colegas de área e pela empresa como um todo. O colaborador que está satisfeito com o seu trabalho e com o local em que o exerce suas funções transparecerá isso com as suas ações, podendo até estimular outros a fazerem o mesmo. Esse clima harmonioso é muito vantajoso para todos da equipe, contribuindo para melhorar o clima organizacional.

Relação empresa colaborador

Com o passar do tempo, o empoderamento é capaz de criar e estreitar a conexão do funcionário e da empresa. É uma maneira de disseminar a cultura da organização de forma natural e agradável.

Empoderamento para as empresas

O Empowerment é uma excelente maneira das empresas começarem a descentralizar as decisões e estabelecerem um estilo de gestão mais participativa. Com o tempo, os colaboradores ficam mais autossuficientes e mais preparados para ocupar um cargo de liderança.

Apesar de parecer que os proprietários da organização estão apenas concedendo mais liberdade aos funcionários, a situação é mais complexa do que isso. O empoderamento é uma maneira eficaz de desenvolver o autoconhecimento e a autoestima do empoderado. Desse jeito, o colaborador terá mais controle sobre sua vida profissional e entregará resultados melhores para a empresa.

Todas essas vantagens exigem cuidado no momento da aplicação. Confira alguns deles:

Novidades

Não basta simplesmente jogar um monte de tarefas novas nas mãos do funcionário e esperar que ele saiba fazer tudo no primeiro momento. O processo de aprendizagem e autonomia não é instantâneo e deve ser levado muito a sério.

Realidade X discurso

É muito bacana quando o gestor diz que vai dar mais autonomia para o funcionário. E como esse discurso fica na prática? É essencial que tudo que é falado seja verdadeiramente levado para o dia a dia. Os colaboradores devem ter acesso a recursos materiais e financeiros e também poder de decisão sobre as novas atribuições. Só dessa maneira a capacidade deles será elevada ao máximo.

Reconhecimento

É fundamental que a empresa entenda que mais responsabilidade também é mais risco. E é preciso que a área de Gestão de Pessoas reconheça quem conseguiu alcançar os objetivos mesmo com dificuldades.

É possível chegar a um acordo de que o empoderamento é uma ferramenta muito importante, tanto para empresa quanto para o funcionário. O processo se destaca como uma maneira de ajudar o trabalhador na vida no trabalho e também na vida fora dele.

Ficou com vontade aplicar o Empowerment no seu dia a dia, após ler todas essas informações? A hora de começar pode ser agora e o Coaching é o melhor método para lhe ajudar. A metodologia irá maximizar suas qualidades e descobrir habilidades que podem estar escondidas. É o melhor modo de otimizar suas habilidades profissionais. É preciso acreditar e investir nas pessoas. O capital humano é o seu negócio!

Se tiver dúvidas ou comentários é só escrever abaixo!

O artigo é bom, né?

No IBC é assim, não custa nada evoluir e alcançar resultados extraordinários. Se você quer seguir por esse caminho de evolução é só baixar o nosso e-book gratuito,
Tudo sobre Coaching. Preencha o formulário abaixo com seus dados para ler.

Imagem: PlusONE / Shutterstock



*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010