Qual a importância do feedback para um colaborador?

Importância do Feedback

Perca o medo de conversar com o seu gestor. Feedbacks são necessários.

Hoje em dia, são muitas as empresas que pregam a política de dar feedbacks aos colaboradores frequentemente. Porém, também existem outras tantas que transferem essa ação para o encerramento do ciclo de um funcionário, ou seja, quando ele é dispensado de suas tarefas.

Quando a organização deixa de dar um retorno para o colaborador e o faz apenas no ato de uma dispensa, está desperdiçando grandes chances de estimular o desenvolvimento da equipe. Além disso, o diálogo é uma excelente forma de estreitar as relações entre líder e colaborador, da mesma forma que a falta dele gera o efeito contrário, que é o distanciamento.

Continue lendo para entender melhor a importância de dar feedbacks para os colaboradores e conferir dicas de como utilizar essa ferramenta da maneira certa.

Por que o feedback é importante?

Entende-se por feedback como uma reação a um determinado estímulo, e essa reação pode ou não ser positiva. Muitos colaboradores acreditam que o momento em que um gestor pede para “trocar uma palavrinha” com eles é o pior do mundo. Por isso, vão logo pensando nas críticas, nas reclamações e nas cobranças.

O que as pessoas devem entender é que um feedback pode ser positivo ou negativo, essa conversa pode envolver elogios, conselhos, pode ser um reconhecimento pelo bom trabalho prestado e, se não for, certamente trará informações positivas que poderão levar ao crescimento. É importante saber que esse retorno, seja positivo ou negativo, sempre terá a sua importância.

Sabe-se que o ser humano ama receber elogios e tem aversão a críticas, isso é normal. Porém, todas as pessoas possuem pontos que podem ser aperfeiçoados e até se transformarem em uma qualidade. Dessa forma, é conveniente ser grato aos feedbacks negativos ou construtivos, são eles que mostram onde uma pessoa deve melhorar e se aperfeiçoar.

Como o feedback pode influenciar o desempenho dos colaboradores?

Dentro de uma empresa, os feedbacks têm sempre uma única motivação: o desenvolvimento dos colaboradores. No caso do feedback negativo, ele serve para mostrar ao indivíduo que certas atitudes não estão sendo recebidas de modo muito satisfatório. Assim, ele pode repensar suas ações e encontrar uma nova forma de agir, abandonado o comportamento ruim.

O feedback positivo, por sua vez, vem como um reforço de atitudes boas. Quando uma pessoa se torna consciente de que faz algo bem, a tendência é que se desenvolva ainda mais. Por esses motivos, o reconhecimento é tão importante quanto a correção, porque ambos podem influenciar o desempenho dos colaboradores e encaminhá-los para a excelência.

Traçando um paralelo com uma família, os pais costumam corrigir os filhos e, também, fazer elogios, porque a intenção é que se tornem adultos responsáveis e felizes. Voltando para o cenário corporativo, a intenção é a mesma, que os funcionários desempenhem seus papéis da melhor maneira possível e se desenvolvam. Por isso, o feedback não deve ser nunca deixado de lado, porque pode trazer resultados fantásticos.

5 Benefícios do feedback

Como se pode ver, o feedback tem uma importância muito grande para os colaboradores e traz consequências diretas para a empresa. Veja, a seguir, cinco dos benefícios mais marcantes.

1. Melhora o desempenho

Quando você dá um direcionamento ao colaborador sobre o que ele está fazendo bem e o que pode melhorar, está dando a ele a chance de evoluir. A grande maioria dos profissionais que recebe feedbacks responde valorizando as coisas boas e trabalhando as que são necessárias, a consequência disso é uma melhora significativa no desempenho.

2. Promove a retenção de talentos

Em ambientes em que o feedback é dado de forma sincera e respeitosa, as conexões tendem a ser fortalecidas. Isso faz com que os funcionários se sintam à vontade dentro da empresa, o que acaba por promover a retenção de talentos. Sabemos que um índice de rotatividade elevado gera muitos prejuízos para uma organização, então, mantê-lo baixo é sempre muito positivo.

3. Previne conflitos

Uma empresa é um ambiente em que pessoas diferentes passam um terço do dia juntas, então, é natural que conflitos aconteçam. Entretanto, quando há essa relação próxima entre colegas e líderes, os feedbacks também funcionam como um meio para prevenir diversos conflitos e encontrar soluções para tornar a convivência harmoniosa.

4. Aumenta os níveis de engajamento

Um profissional que percebe que é verdadeiramente acolhido pela empresa da qual faz parte se sente muito mais impelido a se envolver no trabalho e dar o seu melhor. Os diversos efeitos gerados pelo feedback resultam nesse sentimento de ser realmente parte da organização.

5. Fornece direcionamento aos colaboradores

Por fim, está o benefício do direcionamento, que possibilita que os colaboradores saibam exatamente o que esperam deles. Assim, não ficam com medo de agir, como se estivessem pisando em ovos, porque sabem exatamente quais são as ações recebidas positivamente e aquelas que devem evitar.

Dicas de como dar feedbacks aos funcionários

Agora que já conhece a importância do feedback para os colaboradores e a empresa, confira dicas de como dar esse retorno para sua equipe da maneira certa.

1. Comece a conversa fazendo um elogio

Para evitar dar um tom pesado para a conversa e fazer com que o colaborador se sinta desestimulado, comece fazendo um elogio. A intenção não é criar algo apenas para fazê-lo se sentir bem, todo profissional tem algo de bom a ser exaltado, encontre algo para valorizar e prossiga com o feedback.

2. Mantenha o foco nos fatos e não em sentimentos

Feedbacks devem sempre ser dados em tom profissional, então, tudo o que fuja disso deve ser evitado. Se o colaborador em questão está descumprindo prazos, por exemplo, tire o foco das emoções que isso gera em você e se atenha aos fatos. Esse cuidado tira o peso da conversa e faz com que a pessoa receba o feedback com mais naturalidade.

3. Escolha bem as palavras

Embora seja uma conversa natural e que faz parte do dia a dia de uma empresa, é preciso escolher bem as palavras ao dar um feedback. Qualquer coisa dita fora do tom ou de um jeito não muito cuidadoso pode ter o efeito contrário e fazer com que o colaborador se sinta incapaz de fazer algo bom.

4. Seja direto e evite fazer rodeios demais

Do mesmo modo que é preciso ser cuidadoso com as palavras, também é preciso evitar fazer rodeios demais. Entenda que uma conversa em particular com o chefe pode gerar certa tensão e se você não for direto ao ponto o colaborador pode começar a se sentir ansioso. Então, encontre o equilíbrio entre ser objetivo e escolher as palavras certas.

5. Ouça o colaborador

Uma conversa de feedback é um diálogo e não um monólogo. Depois de apresentar seu ponto, dê espaço para que o funcionário expresse o seu lado. Talvez, ele esteja passando por alguma situação delicada na vida pessoal ou mesmo enfrentando uma dificuldade dentro da empresa. São informações que apenas terá acesso se der abertura para que ele se expresse.

6. Ofereça um direcionamento para melhorar os pontos apresentados

Além de apontar no que o colaborador deve melhorar, é importante dar um direcionamento. É por isso que a formação em Coaching tem sido cada vez mais procurada por líderes, porque ter esse conhecimento ajuda muito nesse tipo de situação.

7. Apenas dê feedbacks reservadamente

Em hipótese alguma dê feedbacks em público a um colaborador, porque a ideia não é constrangê-lo e sim ajudá-lo a melhorar os pontos que forem necessários. Envie uma mensagem ou fale discretamente para que vá até uma sala reservada para conversarem. Lembre-se de deixar claro que se trata de uma conversa natural, para evitar que ele pense que será demitido, por exemplo.

Percebe como um feedback pode ser importante para uma pessoa e impulsioná-la a se desenvolver? Você tem o hábito de oferecer feedbacks aos seus colaboradores ou já recebeu algum que te ajudou de alguma forma? Use o espaço abaixo para contar sua experiência e aproveite para compartilhar o conteúdo nas suas redes sociais!

Imagem: Juil Yoon

 

E aí, curtiu esse conteúdo?

Saiba que ele é apenas a pontinha do iceberg e você pode desenvolver suas habilidades de liderança muito mais. Baixe agora o ebook Leader Coach e aprenda como extrair o máximo resultado da sua equipe.
Preencha o formulário, é de graça.


*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010