O que é Plano de Carreira

planejamento de carreira

Desde que damos início à nossa carreira profissional, estabelecemos objetivos e metas que resultarão em nosso sucesso corporativo. Atuar em uma área que nos proporcione crescimento e aprendizado, ter motivação, ganhar bem e exercer nossa criatividade. Estão entre nossas ambições. Na hora de escolher um novo lugar para trabalhar, procuramos locais que possam atender à nossas expectativas e proporcionar crescimento contínuo, além de estar em uma empresa que tenha um plano de desenvolvimento de carreira.

Mas, o que é isso?

O plano de carreira funciona como um guia elaborado entre o funcionário e a empresa, onde o colaborador irá identificar o momento em que se encontra, quais são seus objetivos profissionais e quais passos são necessários para atingir seus sonhos. Tendo metas definidas, o colaborador saberá exatamente o que deverá fazer para alcançar seus objetivos, além de identificar quais posições ele pode conseguir dentro da empresa em que trabalha.

O que eu preciso ter no meu plano de desenvolvimento de carreira?

Isso depende de cada pessoa, de suas ambições e do que ela pode fazer para alcançar seus objetivos. Primeiro, é necessário ser realista e estipular metas alcançáveis. Além de ter o caminho que você pretende trilhar em uma empresa, também é importante ter toda a especialização necessária que precisa realizar, como cursos e treinamentos que te tornarão mais apto para exercer os cargos que almeja.  É importante que um plano de carreira possa ser vantajoso tanto para a empresa quanto para o funcionário, por isso deve conter os interesses de ambas as partes de uma maneira ética, resultando assim em um crescimento mútuo dentro da corporação.

Qual a vantagem para a empresa em ter um plano de desenvolvimento de carreira para seus funcionários?

Um dos problemas que muitas empresas sofrem é a alta rotatividade de funcionários, pois, hoje em dia, não é apenas o salário que se torna um atrativo para os colaboradores. Cada vez mais as pessoas procuram por um ambiente que possibilite desenvolvimento contínuo. Ao ter um plano de carreira para seus funcionários, você garante a retenção de talentos e terá uma equipe motivada e que se empenha na busca por resultados. Dessa maneira, seus colaboradores estarão mais alinhados com o crescimento da empresa e não precisarão buscar por oportunidades em outros lugares. Manter a rotatividade de funcionários baixa também garante economias, pois a corporação não precisará gastar com admissões e demissões.  Outra vantagem é que você estará bem alinhado com sua equipe, uma vez que você entende quais são seus objetivos e saberá que estarão dispostos a fazer o que é necessário para alcança-los.

Desenho de carreira

Um plano de desenvolvimento não necessariamente terá os próximos passos a serem dados pelo colaborador dentro da estrutura da organização bem definidos e pouco flexíveis. Na realidade, o desenho da carreira poderá tomar diferentes rumos e formas, sendo influenciado por diversos fatores, como:

  • Valores da empresa;
  • Particularidades da carreira profissional;
  • Estratégias de gestão e recursos humanos;
  • Momento histórico da organização;
  • Mudança de pensamento do colaborador.

No entanto, todas as complexas formas que um plano de desenvolvimento de carreira poderá tomar, o desenho sempre terá como base três estruturas básicas:

Estrutura em linha

Nesse tipo de plano de carreira, a sequência de posições que o colaborador poderá ocupar dentro de empresa são bem definidas e fixas. Esse tipo de desenho restringe as possibilidades, já que restringe as alternativas de futuro. A flexibilidade da estrutura em linha se limita aos critérios de ascensão dentro da organização.

Estrutura em rede

Assim como sugere o nome, nesse tipo de plano de carreira, o colaborador possui várias opções de posições que poderá ocupar caso continue evoluindo dentro da empresa. A organização irá definir quais os critérios de acesso para o cargo e o trabalhador tem liberdade para optar pela trajetória que mais lhe agrada.

Estrutura paralela

Essa é uma das estruturas mais utilizadas pelas principais empresas do mundo. Nele, as oportunidades para crescimento profissional se abrem em duas direções, uma de natureza mais gerencial e outra mais técnica ou profissional. O plano de carreira que possui essa forma não pune os colaboradores que não têm vontade de liderar uma equipe ou ocupar uma posição mais administrativa. Nesse sentido, qualquer que seja a escolha, o trabalhador terá acesso a maiores remunerações e reconhecimento.
Você já fez o seu plano de carreira? Caso tenha gostado do nosso conteúdo, compartilhe com os seus amigos!

 

Compartilhe esse post

Sobre o autor

Autor

José Roberto Marques

José Roberto Marques é presidente do IBC, Master Coach Senior e Trainer. Um dos pioneiros em Coaching no Brasil, com mais de 25 anos de experiência em treinamento e desenvolvimento humano. Fundador e também presidente da Editora IBC, possui diversas obras publicadas. É professor convidado da Universidade de Ohio. Como Coach atende CEO’s e líderes de grandes organizações.

Deixe seu comentário

Seja um Coach!

Redes sociais