O que é Q.I.?

Quociente de InteligênciaEntenda sobre Q.I. e os diversos tipos de Inteligencia.

Q.I. significa Quociente de Inteligência, e se refere a uma medida padronizada da capacidade cognitiva de um indivíduo estipulada cientificamente, a partir de testes realizados no século XX, por volta de 1905.

Alfred Binet e Theodore Simon foram os estudiosos responsáveis por criar a Escala de Binet-Simon, com o objetivo de descobrir a média intelectual dos seres humanos, e por conseguinte, auxiliar estudantes que tivessem dificuldades de aprendizagem a partir da identificação dos baixos resultados da análise proposta.

Através das ferramentas aplicadas no Coaching você irá evoluir continuamente! Aplique o Coaching em sua vida, leia “Tudo sobre Coaching” para saber mais!

O nível de Quociente de Inteligência – Q.I. de uma pessoa é determinado por um teste que contém perguntas aleatórias que vão desde questões matemáticas, raciocínio lógico até itens de vocábulos. De acordo com o número de pontuação é possível concluir diferentes subcategorias de inteligência.

Novos estudos propostos por Davis Wechsler, deram origem a seguinte classificação, aplicável especificamente para adultos:

  • QI acima de 130: superdotação
  • 120 – 129: inteligência superior
  • 110 – 119: inteligência acima da média
  • 90 – 109: inteligência média
  • 80 – 89: embotamento ligeiro
  • 66 – 79: limítrofe
  • 51 – 65: debilidade ligeira
  • 36 – 50: debilidade moderada
  • 20 – 35: debilidade severa
  • QI abaixo de 20: debilidade profunda

 

Há inferências de que 99,5% das pessoas possuem Q.I. normal e apenas 0,5%  sofrem algum tipo de delimitação na capacidade mental ou são considerados gênios.

Tipos de Inteligência

O fato de você se dar melhor em humanas do que em exatas ou vice-versa não determina que você é mais inteligente que outras pessoas, mas sim diferente, segundo Howard Gardner – um psicólogo amplamente conhecido por desenvolver a teoria das inteligências múltiplas.

Esses estudos identificaram que o ser humano possui um total de 7 tipos de inteligências, algumas mais predominantes que outras, cada uma responsável por habilidades específicas.

Gardner deixou sua substancial contribuição para o autoconhecimento do indivíduo, proporcionando informações relevantes a respeito de si mesmo, a fim de auxilia-lo na escolha de atividades mais compatíveis com seu perfil.

Confira a seguir a definição dos 7 tipos de inteligência.

Inteligência linguística

Pessoas com esse tipo de inteligência geralmente, exercem atividades na área de humanas, devido à sua grande facilidade em lidar com a escrita e habilidade de expressão e oratória. A sensibilidade em compreender o ponto de vista do outro é um de seus grandes fortes. Esta inteligência é estimulada pelo lado esquerdo do cérebro.

Inteligência lógica

Disciplina, organização, boa memória e facilidade em solucionar problemas são umas das principais características das pessoas que possuem a inteligência lógica. Geralmente, exercem atividades ligadas aos números, raciocínio lógico e senso analítico. Este tipo de inteligência está ligado ao lado direito do cérebro.

Inteligência motora

Pessoas com inteligência motora possuem uma ampla consciência corporal. Nesse sentido, se destacam muito mais ao exercer profissões ligadas a habilidades físicas como, esportistas, dançarinos, bailarinos, dentre outros. Esse tipo de inteligência é ativada pelo cerebelo, responsável pelos movimentos involuntários.

Inteligência espacial

Senso de criatividade e imaginação são os principais talentos das pessoas com inteligência espacial, algumas são habilidosas com desenhos também. No geral, possuem capacidade visual mais aguçada e conseguem concretizar uma concepção imagética com facilidade. Entre as atividades mais comuns exercidas pelos inteligentes espaciais está arquitetura, designers, escultores.

Inteligência musical

A musicalidade é uma habilidade nata das pessoas que possuem este tipo de inteligência, pois sua capacidade auditiva e sensibilidade para identificar variações de ritmos, notas e harmonias são características notórias dos inteligentes musicais.

Inteligência interpessoal

Líderes, executivos, empresários, vendedores e demais profissionais que lidam diretamente com pessoas, geralmente possuem inteligência interpessoal. São por natureza, formadores de opinião. Entre as habilidades que mais se destacam são a capacidade de aglutinar, influenciar e estabelecer relacionamentos sociais.

Inteligência intrapessoal

Sensibilidade, discrição e compreensão são algumas das características dos inteligentes intrapessoais. Esse tipo de inteligência está ligada a identificação e domínio das emoções e comportamentos. Por isso, eles conseguem entender as pessoas, ganhar sua admiração e confiança com facilidade, devido sua observação e carisma.

Cada um dos 7 tipos de inteligência possui suas peculiaridades, o que não significa que uma seja melhor do que a outra, são apenas diferentes. O profissional que se autoconhece, apropria-se de sua inteligência mais sobressalente e desperta seu potencial plenamente.

Através das ferramentas aplicadas no Coaching você irá evoluir continuamente! Aplique o Coaching em sua vida, leia “Tudo sobre Coaching” para saber mais!

O Peso do Q.I na Recolocação Profissional

Um profissional que possui habilidades e competências adequadas ao cargo e função que exerce na empresa, naturalmente está em vantagem competitiva. Essa compatibilidade de “oferta e demanda”, resulta em alta performance, devido à sua maior facilidade em realizar as atividades propostas.

O mercado globalizado exige profissionais aptos a solucionarem desafios constantes. Nesse sentido, o nível elevado do Quociente de Inteligência – Q.I. pode não ser necessariamente o maior diferencial para aqueles que buscam recolocação profissional, mas sim, seus talentos.

Em tempos atuais, o profissional precisa ser multitarefa e ao mesmo tempo especialista; precisa estar por dentro de todas as mudanças de sua área de atuação, mas também antenado nas atualidades globais.

Sua capacidade de visão sistêmica, inovação, senso analítico e execução para colocar as ideias em prática com foco e determinação, são fatores significativos para o alcance de resultados extraordinários.

A conclusão é que o Q.I. no mercado dinâmico e altamente competitivo, se trata de um complemento e não de uma determinante, pois além de um nível elevado de inteligência é preciso também saber como transformá-la em oportunidades de negócio!

Este artigo foi útil para você? Comente e compartilhe o conhecimento com seus amigos nas redes sociais.

Créditos da Imagem: Por Sergey Nivens – ID da foto stock livre de direitos: 294078638

O artigo é bom, né?

No IBC é assim, não custa nada evoluir e alcançar resultados extraordinários. Se você quer seguir por esse caminho de evolução é só baixar o nosso e-book gratuito,
Tudo sobre Coaching. Preencha o formulário abaixo com seus dados para ler.
Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010