Outubro Rosa: Contar com a família é fundamental

O câncer de mama é a maior causa de morte entre as mulheres brasileiras, sendo identificado 50 mil novos casos por ano. Procure seu médico, previna-se!

Todos os anos o mês de outubro ganha uma nuance muito especial com um significado mundialmente conhecido, o Outubro Rosa – a luta contra o câncer de mama e conscientização para a prevenção precoce.

Este mês, dedicado ao público feminino, repercute um assunto delicado mas que deve ser abordado e disseminado com máxima atenção. O câncer de mama é a maior causa de morte entre as mulheres brasileiras, sendo identificado um número significativo de 50.000 novos casos por ano.

Ao se deparar com uma doença que coloca em jogo a vida da mulher que você ama, sendo ela esposa, mãe, irmã, filha ou amiga, é natural se deixar abater devido à desagradável surpresa.

Entretanto, neste momento é imprescindível se reerguer e somar com ela toda a sua força, amor e fé, uma vez que esta doença se apresenta de forma agressiva tanto física quanto emocional.

A família

O câncer é uma doença que afeta não somente a mulher, mas todas as pessoas que fazer parte da família. Pelo fato de estarmos acostumados a ficar sob a proteção e cuidado de uma figura feminina em nossa vida e de uma hora para outra os papeis mudam, é a sua vez de ampará-la mais do que nunca.

É fundamental enfatizar a importância da família neste momento de luta e grandes desafios. É necessário unir forças para garantir que ela passe por esta jornada da melhor maneira possível.

Propicie todo amor, atenção e carinho, não deixe de se esquecer que sorrisos são sempre bem vindos, mas, saber falar sobre o assunto e compartilhar as dores e os medos também é necessário. Afinal, neste momento tão delicado, a mulher passa por muitas incertezas, reflexões, ansiedade, estresses e angústias, então é preciso sempre lembrá-la que ela não está sozinha e que tem todo o apoio da família e das pessoas que a ama.

O companheiro

O câncer de mama muitas vezes acaba afetando a feminilidade da mulher, que passa por modificações físicas e psicológicas devido ao tratamento que pode deixar sua aparência delimitada e, principalmente, quando há necessidade de retirada da mama.

A mulher pode ficar muito insegura com a sua autoimagem e a aceitação do companheiro com relação à sua condição atual, portanto, a cumplicidade será o ponto fundamental neste momento.

A missão do parceiro é auxiliar sua companheira a buscar adaptações para que ela possa se sentir confortável com o próprio corpo e se relacionar bem com ele. Ajude-a compreender que a vida é a maior beleza que se pode ter!

Lembre-se de sempre se lembrar de nunca se esquecer de se prevenir! Faça o autoexame e visite seu médico regularmente.

“Vencer a si próprio é a maior das vitórias” Platão

O artigo é bom, né?

No IBC é assim, não custa nada evoluir e alcançar resultados extraordinários. Se você quer seguir por esse caminho de evolução é só baixar o nosso e-book gratuito,
Tudo sobre Coaching. Preencha o formulário abaixo com seus dados para ler.
José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC - Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.



*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010
CNPJ: 31.328.744/0001-63