Aprenda como fazer um planejamento estratégico

mãos mexendo em peças de xadrez

© Depositphotos.com / DimaSobkoD O planejamento estratégico permite e facilita o estabelecimento de objetivos e criação de ações para alcançá-los.

O planejamento estratégico é um instrumento de grande valia na gestão, pois propicia mais segurança e conhecimento dos cenários para conduzir as atividades da empresa. Elaborado pelos gestores organizacionais de cada área ou departamento, visa traçar um plano que alie as oportunidades do ambiente externo à conjuntura interna da empresa, estabelecendo um objetivo e criando ações para alcançá-lo.

Etapas do planejamento estratégico

Onde estamos?

Essa é a primeira questão a ser respondida na elaboração do planejamento estratégico. Trata-se de uma avaliação minuciosa do ambiente interno e externo da empresa, buscando identificar os fatores que venham a influenciar a consecução de objetivos da organização.

Ao analisar o ambiente interno, os gestores devem elencar os pontos fortes a serem potencializados e os pontos fracos a serem suprimidos, levando em consideração todas as áreas e recursos da empresa. Além disso, os gestores devem identificar as oportunidades e ameaças proporcionadas pelo ambiente externo, levando em consideração aspectos de mercado, econômicos, sociais, legislatórios, e todos os que podem influenciar a organização.

Aonde queremos chegar?

Nessa etapa, os gestores avaliam o histórico da empresa e criam metas a serem atingidas. O alcance dessas metas deve estar relacionado a um período pré-estabelecido e ser passível de constatação. Em geral, os objetivos empresariais estão associados a aumento de lucro, expansão dos negócios, posicionamento de mercado ou variação da carteira de produtos.

Como chegar lá?

Etapa final do planejamento estratégico, a definição das estratégias considera as informações geradas pelas duas etapas anteriores e cria meios para alcançar os objetivos que foram estabelecidos. É a delimitação dos caminhos a serem adotados em direção aos propósitos dos gestores, de forma que cada caminho — cada estratégia — atenda a, pelo menos, um objetivo.

Responsáveis pelo planejamento estratégico

Por fim, é necessário estabelecer um grupo focado no acompanhamento, implementação e manutenção do planejamento estratégico. Este grupo propiciará a implantação do planejamento estratégico de forma sistemática e eficaz, utilizando-se de um programa de ações que elenca as estratégias de forma detalhada, efetivando-as.

Quando se fizer necessário, esse grupo pode voltar ao planejamento estratégico e modificá-lo, atualizando e incrementando sua funcionalidade. Para viabilizar as ações, essa comitiva vai designar responsabilidades e prazos, assegurando a realização dos objetivos.

Planejar é estar preparado para o que pode surgir à frente da empresa, afetando-a. As organizações que planejam estratégias de ação são aquelas que prosperam.

E você, já conhecia esse instrumento de gestão? Comente suas experiências e compartilhe esse artigo com amigos.

O artigo é bom, né?

No IBC é assim, não custa nada evoluir e alcançar resultados extraordinários. Se você quer seguir por esse caminho de evolução é só baixar o nosso e-book gratuito,
Tudo sobre Coaching. Preencha o formulário abaixo com seus dados para ler.
Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010