O que é trabalho informal e formal?

Trabalho Formal e Informal

Saiba como o Coaching pode ser utilizado como potencializador do trabalho formal e informal.

 

Trabalhar é algo sem o qual dificilmente conseguimos viver. E não digo isso por se tratar de uma atividade que nos remunera e nos dá a possibilidade de nos alimentarmos e pagarmos nossas contas no final de cada mês. Abordo este tema desta maneira, pois acredito que o trabalho traz infinitas oportunidades ao ser humano, como atingir suas metas e objetivos e se tornar um indivíduo imensamente realizado, uma vez que consegue, a depender da atividade laboral que exerce, alcançar também seus sonhos e a felicidade tão almejada.

Este cenário é bastante gratificante e realmente acontece com muitas pessoas. Entretanto, sabemos que nem todos conseguem se sentir plenos e satisfeitos com o trabalho que realizam, visto que, com o passar do tempo, a forma como as atividades laborais são realizadas mudou e trouxe diversos impactos ao modo de viver do ser humano como um todo, principalmente quando se fala em qualidade de vida do trabalhador.

E para você que deseja saber como pode investir em mais qualidade de vida no seu trabalho, seja ela formal ou informal, clique aqui e faça agora o meu curso “Introdução ao Coaching

 

No artigo de hoje eu vou falar um pouco sobre as mudanças que impactaram e continuam impactando o mercado de trabalho atual, principalmente no que diz respeito ao trabalho formal e informal exercido em nosso país. Acompanhe-me nesta leitura e fique por dentro deste, que é um tema que gera bastante dúvidas na cabeça, não só de profissionais, mas também de empresários e empreendedores.

?>

O que é trabalho formal e informal?

Confira a seguir como funciona o que é trabalho formal e informal e quais as vantagens existentes em cada uma destas formas de se trabalhar no mercado atualmente.

Trabalho informal

Em geral, existem dois tipos de trabalho: informal e formal. O primeiro modelo diz respeito a profissionais que exercem suas atividades sem registro na carteira — e, por não possuir vínculo empregatício, não contam com benefícios trabalhistas como férias, licença maternidade, aposentadoria, seguro desemprego, entre outros.

O trabalho informal é interessante para profissionais que gostam de trabalhar à sua maneira, impondo seu próprio ritmo. Em geral, quem busca esta modalidade de trabalho não gosta de rotina.

Vale destacar que quem se dedica ao trabalho informal pode sofrer com a instabilidade financeira, visto que não há nenhum vínculo empregatício que garanta um salário fixo mensal. Por outro lado, trabalhadores informais têm mais liberdade e autonomia para conciliar a vida pessoal à carreira, que é o que grande parte dos profissionais  hoje em dia buscam para se sentirem ainda mais realizados.

Trabalho formal

O trabalho formal, por sua vez, é a atividade profissional registrada e oficializada dentro da Consolidação das Leis do Trabalho – CLT, no qual o funcionário pode contar com a proteção e amparo das leis trabalhistas. Ao contrário do que acontece no trabalho informal, o indivíduo que possui carteira assinada usufrui de todas as vantagens e benefícios garantidos pela contribuição regular dos impostos.

Trata-se de um tipo de atividade indicada para profissionais que priorizam a estabilidade financeira, isso porque o vínculo empregatício garante um salário pago mensalmente. Além da remuneração, este trabalhador pode usufruir de benefícios como auxílio alimentação e transporte, plano de saúde, plano odontológico, entre muitos outros.

Outra vantagem oferecida pelo trabalho formal é o horário fixo para que o profissional desempenhe suas atividades, geralmente das 8h às 18h, horário comercial,  o que proporciona uma rotina regular e consideravelmente tranquila.

É importante destacar que em ambos os casos é necessário prezar sempre pelo desenvolvimento de suas capacidades pessoais e profissionais. É pensando nisso que elaboramos um curso totalmente gratuito que fará com que você potencialize suas habilidades. 

Clique aqui e acesse gratuitamente o meu curso “Introdução ao Coaching“.

Tipos de trabalho

Compreender com mais profundidade o que significa trabalho, bem como o que é formal e informal, é importante para que saibamos diferenciar os tipos de trabalho existentes, principalmente aqui no Brasil. É por isso que neste momento vou lhe explicar um pouco mais sobre cada uma das modalidades as quais temos disponíveis por aqui:

Autônomo

Além do trabalho formal e informal, existe também o trabalho autônomo, que nada mais é que trabalhar por conta própria. São atividades exercidas por pessoas físicas com ou sem fins lucrativos. Essa modalidade não garante os mesmos benefícios que o trabalho formal, como Fundo de Garantia do Tempo de Serviço – FGTS, hora extra remunerada, licenças (maternidade ou paternidade), entre outros.

Profissional Liberal

A configuração do trabalho realizado pelo profissional liberal é bem parecida com a que é feita pelo autônomo. A diferença existente entre estas duas modalidades é que o profissional liberal geralmente tem algum tipo de formação acadêmica, como é o caso de advogados, médicos, engenheiros, entre outros, e o que nem sempre acontece no caso daquele que desenvolve alguma atividade autônoma no mercado de trabalho.

Home office

O trabalho realizado no formato home office geralmente é desenvolvido pelo profissional freelancer, ou seja, aquele que é contratado por empresas para prestar serviços por um período determinado, como projetos que têm prazo definido para serem iniciados e para finalização.

Nestes casos, o profissional freelancer tem a possibilidade e a também a oportunidade de atender uma ou mais empresas, caso consiga atender à demandas variadas em seu dia a dia de trabalho.

Profissional assalariado

Este é o formato de trabalho que ainda é bastante comum no mercado de trabalho e que as pessoas mais procuram, como dito anteriormente, principalmente aquelas que desejam estabilidade financeira em suas vidas profissionais.

Aqui estamos falando daquele indivíduo que é contrato por uma empresa, por período determinado ou indeterminado, com carteira assinada. O profissional que exerce suas atividades laborais neste formato de trabalho, recebe um salário fixo mensalmente, bem como benefícios, e têm garantidos pela CLT direitos e deveres enquanto presta serviço para a empresa que o contratou, como férias remuneradas, décimo terceiro salário, FGTS, recolhimento de INSS, entre outros.

Trabalho formal e informal no Brasil e no mundo

O trabalho informal tem ganhado cada vez mais força ao redor do mundo. E no Brasil esta realidade não é diferente. Quem afirma esta informação é o Instituto de Brasileiro de Geografia Estatística, o IBGE, através da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua, a PNAD Contínua.

De acordo com a pesquisa realizada entre os meses de março e maio, a taxa de desemprego aumentou em nosso país, bem como a contratação no setor público, o que fez com que houvesse uma queda nas contratações formais realizadas pelo setor privado, e um aumento considerável dos empregos informais no Brasil.

Segundo a PNAD Contínua referente aos meses de março a maio deste ano, o número de empregos formais caiu em 1,5% em relação ao levantamento feito no mesmo período de 2017, o que corresponde a 483 mil pessoas. Já a análise feita no que diz respeito aos empregos informais relacionados a estes mesmos períodos, o resultado apontado é que o número de pessoas trabalhando sem carteira assinada aumentou 5,7%, correspondendo a 597 mil pessoas na informalidade.

O panorama mundial também acompanha o movimento que acontece aqui no Brasil. De acordo com a Organização Mundial do Trabalho – OIT, em levantamento feito pelo relatório “Mulheres e homens na economia informal”, 60% das vagas de emprego em todo o mundo são informais, o que corresponde a mais de 2 bilhões de pessoas trabalhando sem carteira assinada ou um contrato fixo.

Este é um cenário que precisa ser acompanhado por todos nós, uma vez que ele faz parte das mudanças que estão ocorrendo no mercado de trabalho e na forma como o indivíduo se relaciona com a sua própria atividade laboral atualmente.

O que quero dizer é que antes o que se fazia extremamente necessário, como uma carteira assinada, que trouxesse benefícios e garantias ao trabalhador, hoje talvez não faça mais tanto sentido, não só devido ao aumento do desemprego, mas também pela oportunidade de desempenhar atividades que de fato tragam maior realização pessoal e profissional e não foram encontradas no mercado formal de trabalho.

Essa possibilidade de maior liberdade, oferecida pelo emprego informal, pode despertar um sentimento de realização e conquista que são peças fundamentais para o sucesso profissional. Além disso, essa área é responsável pela criação de inúmeros projetos de inovação e está em constante evolução.

É necessário ficar muito atento às mudanças e oscilações do mercado, pois é a partir dessas alternâncias que as surgem as maiores oportunidades.

O Coaching como potencializador do trabalho formal e informal

Antes de finalizar este mega power conteúdo, tenho duas super dicas para você. A primeira tem a ver com a necessidade que todos nós temos de cuidar da nossa qualidade de vida no trabalho, uma vez que este cuidado é essencial para que desempenhamos nossas atividades com excelência. Sendo assim, compartilho um link que possui uma grande oportunidade para você crescer no âmbito pessoal e profissional. Trata-se do meu e-book Leader Coach. Nele você irá descobrir como potencializar suas capacidades profissionais.

A segunda dica que trago exclusivamente para você que me acompanhou ao longo de toda esta leitura e aprendeu um pouco mais sobre trabalho formal e informal, bem como sobre o que é trabalho de fato, tem a ver com a oportunidade de desenvolver e aprimorar ainda mais suas habilidades pessoais e profissionais através das técnicas e ferramentas do Coaching.

Digo isso, pois o Coaching é uma metodologia de aceleração de resultados, que ajuda os mais diversos tipos de profissionais, estejam eles no mercado formal ou no informal, e que visa prestar apoio às pessoas que querem se encontrar em suas carreiras, impulsionando o seu desenvolvimento, por meio de ferramentas de autoconhecimento, que favorecem a descoberta de habilidades, competências e também do perfil comportamental que existe em cada indivíduo. Desse modo, é possível identificar o melhor direcionamento para a carreira.

Vou te fazer um convite especial e totalmente gratuito, quero te convidar a conhecer meu Curso de Introdução ao Coaching. Através dele você irá perceber como o coaching pode ser uma poderosa ferramenta 

Se você se sente pronto para dar este passo adiante e transformar a sua própria realidade e a realidade daqueles que estão a sua volta, aproveite agora mesmo para conhecer meu Curso de Introdução ao Coaching. Um curso totalmente gratuito e que irá transformar definitivamente a sua vida.

Permita-se ir além e ouse fazer diferente, para que todo o potencial que existe em você seja plenamente despertado!

Espero que este conteúdo tenha contribuído de alguma forma para o seu crescimento e desenvolvimento pessoal e profissional. E se você gostou, lembre-se de deixar o seu comentário, me dizendo sua opinião, de curtir e de compartilhar este artigo com seus amigos, em suas redes sociais, para que eles também tenham a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre as nuances que envolvem o trabalho formal e o trabalho informal em nosso país.

 

Copyright: 644265361 – https://www.shutterstock.com/pt/g/gaudilab

 

O artigo é bom, né?

No IBC é assim, não custa nada evoluir e alcançar resultados extraordinários. Se você quer seguir por esse caminho de evolução é só baixar o nosso e-book gratuito,
Tudo sobre Coaching. Preencha o formulário abaixo com seus dados para ler.
?>


*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010