Estrutura Matricial – O que é e quais as suas características?

estrutura flexível

Conheça mais sobre o conceito de Estrutura matricial e a sua importância no âmbito organizacional

Independentemente do porte e segmento de atuação, toda empresa possui algum tipo de hierarquia. Uma estrutura organizacional que estabelece a definição de cargos e funções dentro da companhia. A divisão departamental de um negócio pode ser feita de diferentes formas, sendo as mais tradicionais a funcional e a divisional.

No caso da funcional, cada setor possui um gerente, já na divisional não há um gerente por setor, mas sim por projeto. A estrutura matricial surge como uma alternativa menos tradicional, mas que tem se alinhado com a proposta moderna das companhias. Continue lendo para entender o que é e quais são as suas características.

Comece a ter o

Destaque

que você merece!

Preencha os campos abaixo para receber o e-book.

O que é Estrutura Matricial?

A estrutura matricial é um modelo criado a partir dos modelos funcional e divisional. Trata-se de uma opção de modelo híbrido que pode ser satisfatório para organizações de diferentes segmentos com foco em projetos.

Nessa estrutura, os setores possuem um gerente e há também um gerente de projetos, clientes, entre outros. Em linhas gerais, a diferença é que cada colaborador terá dois gerentes. Essa estrutura é uma excelente alternativa para empresas que necessitam de um ritmo de trabalho mais fluido e dinâmico.

A funcionalidade nesse sistema é menos rígida e tem menos burocracia, a responsabilidade e a autoridade estão descentralizadas. Além disso, as equipes são formadas por membros de diversas funcionalidades.

Características da Estrutura Matricial

A estrutura matricial se caracteriza por envolver diferentes setores da companhia de forma mais eficaz. Para empresas que trabalham com projetos que demandam a participação de colaboradores de diferentes setores, é uma ótima opção. O modelo torna possível que cada gestor de projeto conte com uma equipe composta por funcionários de diferentes setores.

A comunicação e o desenvolvimento dos processos se tornam mais eficientes. A característica mais marcante da estrutura matricial é que cada colaborador terá dois gestores, um do setor e outro do projeto. Dessa forma, todos responderão para dois gestores, dependendo do tema em questão. Assim, possuem duas equipes, a do seu setor e a do seu projeto.

Ambos os gerentes se encontram no mesmo nível hierárquico, uma vez que respondem para o mesmo superior, o gestor geral da empresa. Contudo, os gerentes possuem responsabilidades e autoridades para temas diferentes. Com esse entendimento, os colaboradores saberão quando recorrer a cada gestor e quando tomarem suas próprias decisões.

Vantagens da Estrutura Matricial

A estrutura matricial, assim como todo sistema de organização, possui vantagens e desvantagens. Para empresas modernas, cujo sistema de trabalho está voltado para projetos, pode ser o melhor modelo. O foco desse sistema está na eficiência e objetiva aumentar os lucros. Confira abaixo as suas principais vantagens.

Rapidez

A tomada de decisões é muito mais rápida na estrutura matricial pela divisão de responsabilidades entre dois gestores. O gestor do projeto tem autoridade para decidir mudanças em tempo real sem precisar consultar o outro gestor. Essa dinamicidade é fundamental para o bom andamento das companhias.

Mais produtividade

A divisão de responsabilidades também se reflete em maior produtividade para a companhia. Esse tipo de estruturação torna o dia a dia menos burocrático, potencializando os bons resultados.

Maior engajamento dos colaboradores

A dinâmica de trabalho contribui para que os colaboradores se tornem mais engajados em suas atividades.

Maior interação entre departamentos

Os departamentos passam a ter uma convivência mais próxima pela formação de equipes multidisciplinares. A aproximação entre colaboradores de diferentes setores é fundamental para criar vínculos mais fortes.

Maior união

A empresa passa a ter uma união mais palpável pelo intercâmbio de colaboradores em diferentes projetos.

Flexibilização

A estrutura matricial proporciona a possibilidade de maior flexibilização do quadro de colaboradores. Os colaboradores podem ser mais bem aproveitados quando se tem foco em seus talentos e não em uma simples divisão departamental.

Monitoramento de resultados

Tendo um gestor para cada projeto, torna-se mais simples manter o controle sobre os resultados obtidos. O monitoramento pode ser feito por empreitada, identificando quais são as abordagens com maior número de resultados positivos.

Desvantagens da Estrutura Matricial

O sistema da estrutura matricial oferece diversas vantagens, no entanto, pode abrir brecha para algumas situações desvantajosas. Uma dessas possíveis situações é o choque de ideias entre os gestores (setor e projeto). No entanto, essa é uma desvantagem que pode ser facilmente contornada com o estímulo à criação de um ambiente mais comunicativo.

Outra potencial desvantagem diz respeito a uma possível dúvida sobre qual gestor procurar para resolver cada questão. Os colaboradores podem se sentir confusos, algo que pode se refletir em atrasos. Para evitar que esse tópico se torne um problema, é importante deixar bem claro o que é de competência de cada gestor. Tendo essas informações bem claras, os colaboradores certamente não terão dúvidas.

Ficou claro que as possíveis desvantagens referem-se a cenários corporativos em que há falhas de comunicação. Nos casos de empresas em que existe um esforço para estabelecer um diálogo mais claro entre os colaboradores, essas são questões que não se manifestam. A clareza na divisão das responsabilidades e tarefas é primordial para o sucesso do uso da estrutura matricial.

Como saber se a estrutura matricial é boa para minha empresa?

O modelo de estrutura matricial é indicado para companhias que contam com atividades diferentes, como produtos e projetos. A partir da adoção desse modelo, a empresa passa a contar com um olhar gerencial para o setor e outro para o projeto. Ter um líder de equipe por projeto contribui para dividir a responsabilidade pelo sucesso do empreendimento.

Essa divisão torna possível que haja um gestor focado nas questões departamentais e outro dedicado apenas ao projeto. Conforme os projetos forem sendo concluídos, ficará mais claro o quanto isso é relevante para o sucesso da empresa.

Pode ser uma alternativa bem interessante para empresas que são focadas na realização de projetos. Uma dica para quem ainda tem dúvidas é apostar no teste deste sistema.

Agora você conhece a estrutura matricial e suas principais características! Aproveite para deixar seu comentário abaixo sobre a estrutura matricial e compartilhar o conteúdo com seus amigos empreendedores!

Imagem: Por Monkey Business Images

E aí, curtiu esse conteúdo?

Saiba que ele é apenas a pontinha do iceberg e você pode desenvolver suas habilidades de liderança muito mais. Baixe agora o ebook Leader Coach e aprenda como extrair o máximo resultado da sua equipe.
Preencha o formulário, é de graça.
José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC - Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.



*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010
CNPJ: 31.328.744/0001-63