Entenda o conceito de Margem Ebitda e sua importância como indicador financeiro

Margem Ebitda Saiba mais sobre Margem Ebitda

 

Acompanhar a saúde financeira do negócio é algo com o qual todo e qualquer tipo de empresário e empreendedor deve se ocupar em seu dia a dia dentro da empresa. Isso porque este acompanhamento vai permiti-lo entender se as operações da organização estão indo bem, quais precisam de uma atenção maior, se mudanças precisam ser implementadas, enfim, o que está dando e o que não tem trazido tantos resultados como o esperado. 

Pode parecer um tanto quanto óbvio o que estou falando, mas ainda existem muitos empresários que não dão a devida atenção para as questões financeiras mais importantes de sua empresa, deixando estes pontos a cargo dos colaboradores responsáveis por esta área, e acabam tendo que lidar com as mais diversas dificuldades e prejuízos no futuro. 

Se você é empresário ou empreendedor e está exatamente na direção oposta do que apresentei acima, convido você a continuar esta poderosa leitura e conhecer um indicador verdadeiramente importante para que você acompanhe as finanças de sua organização e tenha ciência se seus negócios estão saudáveis ou não. Confira!

Quer descobrir como aprimorar a maneira de gerir sua empresa?
Baixe minha lista contendo as melhores ferramentas de gestão!

O que é Margem Ebitda?

A margem Ebitda é um indicador financeiro muito utilizado entre empresas de capital aberto e pelos analistas de mercado. A sigla Ebitba corresponde a “Earning Before Interests, Taxes, Depreciation and Amortization”, ou seja: lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização.

Essa margem Ebitba é a parte operacional da companhia, indicando quanto a empresa está gerando de recursos em suas atividades operacionais. Trata-se de um indicador muito importante, uma vez que analisar o resultado final da empresa, seu lucro e seus possíveis prejuízos é uma ação essencial para analisar o desempenho desta.

Aplicando na prática

Para que você possa entender melhor o que estou falando, veja abaixo como é feito o cálculo para se chegar à margem Ebitda de uma empresa. Assim você pode aplicar em seu negócio sempre que achar necessário. Confira!

Vamos levantar a hipótese de que a sua empresa tenha uma receita de R$ 400.000 e um Ebtida de R$ 90.000. Para fazermos este cálculo da margem devemos dividir o lucro operacional, que no caso é o Ebtida, pela receita líquida, ou seja:

R$ 90.000/R$ 400.000 = 0.22

Uma vez que o resultado deste cálculo deve ser sempre expresso porcentagem, devemos então, multiplicá-lo por 100, o que dá a todos nós uma margem Ebitda de 22,5%.

A sua importância como indicador financeiro

Entre os fatores que fazem com que a utilização da margem Ebitda seja de grande importância para os mais diversos tipos de empresas está a sua capacidade de fazer com que empresários e empreendedores visualizem a lucratividade de suas empresas antes das deduções que podem ocorrer e que nada têm a ver com o processo de tomada de decisão comercial que acontece na organização. 

Neste sentido, por mais que tenhamos consciência que as deduções de juros, impostos, depreciação e amortização sejam verdadeiramente importantes, financeiramente falando, eles não fazem parte e não contemplam os resultados operacionais que uma empresa alcança. E é exatamente por este motivo que não são levados em consideração na hora de se calcular a margem Ebitda. 

Além destes pontos, existem alguns outros que tornam a margem Ebitda um indicador importante para os mais diversos tipos de empresas. Confira abaixo quais são eles:

Compreender os avanços da empresa

A partir do momento que se recorre à margem Ebitda o empresário tem a possibilidade de, com isso, entender um pouco mais os avanços que estão ocorrendo em sua empresa. Isso acontece porque, após realizar o cálculo que lhe apresentei acima, é possível compreender o lucro que a organização está obtendo a partir de suas operações. 

Neste sentido, quanto maior o resultado alcançado ao se calcular a margem Ebitda, maior a lucratividade que a empresa está atingindo no mercado em que atua. 

Acompanhamento financeiro

Como eu disse no início do conteúdo, é preciso, acima de tudo, acompanhar os dados financeiros da empresa, uma vez que ter ciência sobre estas informações, permite ao empresário entender se o seu negócio está tendo um bom desempenho no mercado ou não. 

Diante disso, o que você fazer é recorrer ao cálculo da margem Ebitda a cada três meses, por exemplo, pois assim você consegue ter uma noção bastante aproximada de como a sua empresa está se comportando, ou seja, se está evoluindo, se está estagnada ou obtendo resultados negativos. 

Comparativo com a concorrência

A partir do momento que a empresa entende o desempenho que está tendo, por meio do resultado obtido na margem Ebitda, ela consegue fazer uma comparação sobre os seus rendimentos e os rendimentos de seus concorrentes. 

Dessa maneira, é possível elaborar estratégias eficientes para superar a concorrência no segmento de atuação da empresa, caso seus resultados não estejam tão expressivos assim, se comparados aos de seus concorrentes. 

Motivação dos colaboradores

Outro fator que torna a aplicação da margem Ebitda na empresa realmente e verdadeiramente importante é a possibilidade que ela dá de motivar os colaboradores que fazem parte da empresa. 

Digo isso, pois você pode adotar a margem como um indicador para premiá-los, visto que se os resultados do cálculo forem positivos, isso quer dizer, automaticamente, que os profissionais de sua empresa estão realizando um trabalho de excelência, que tem feito os negócios avançarem e prosperarem de forma significativa. 

Neste sentido, é essencial levar este ponto em consideração e premiar de alguma maneira o seu capital humano, já que é através dele que você consegue alcançar resultados extraordinários no mercado em que atua.  

Ebitda astronômico vs Resultados negativos

Pode acontecer de o indicador de margem Ebitda ser muito grande a ponto de a empresa não ter dinheiro para pagar o salário de seus funcionários. Isso acontece em situações em que a empresa vende a clientes que não pagam ou tenha feito vultosos investimentos.

A margem Ebitda analisa apenas as contas de resultado, desprezando as contas patrimoniais e impedindo que o todo seja analisado. Por isso, o indicador não é o mais adequado para ser utilizado sozinho: é preciso compará-lo.

Quer descobrir como aprimorar a maneira de gerir sua empresa?
Baixe minha lista contendo as melhores ferramentas de gestão!

Ebitda vs Lajida

A margem Ebitda também é conhecida no Brasil pela sigla Lajida, e as duas formas podem ser utilizadas no País. É um indicador muito conhecido no meio corporativo e também muito utilizado, sendo usado na análise da origem dos resultados da empresa e medir a produtividade e eficiência do negócio.

A margem Ebitda é um ótimo indicador, porém existem ressalvas quanto ao seu uso sem combinação com outros indicadores. Ele avalia os aspectos operacionais do resultado do exercício e, por isso, fica difícil identificar se seu valor corresponde à realidade que vive a empresa ou se é apenas um valor demonstrativo, que muitas vezes é utilizado para mascarar uma verdade.

Gostou do conteúdo, Ser de Luz? Já conhecia este poderoso indicador financeiro? O que você faz para acompanhar a evolução de sua empresa? Deixe nos comentários a sua opinião sobre o assunto tratado no artigo e lembre-se sempre de se lembrar de nunca esquecer de continuar nos acompanhando e compartilhar este texto em suas redes sociais, para que seus amigos também ampliem seus conhecimentos. 

O artigo é bom, né?

No IBC é assim, não custa nada evoluir e alcançar resultados extraordinários. Se você quer seguir por esse caminho de evolução é só baixar o nosso e-book gratuito,
Tudo sobre Coaching. Preencha o formulário abaixo com seus dados para ler.

Imagem: Vasin Lee / Shutterstock

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010