Quais os 5 tipos de comprometimento organizacional?

Comprometimento Organizacional Conheça 5 Tipos de Comprometimento Organizacional

 

Querida pessoa, me conte uma coisa: quando você ouve a palavra comprometimento, o que lhe vem à cabeça? De acordo com o dicionário Michaelis, comprometimento diz respeito ao ato de comprometer-se, de firmar compromisso com algo ou alguém. 

Neste sentido, entende-se que quando dizemos que vamos nos comprometer ou que estamos comprometidos com alguma pessoa ou situação, estamos passando a mensagem de que nos esforçaremos e dedicaremos ao máximo, para atender suas expectativas da melhor maneira possível.

Assim, tanto no âmbito pessoal, quanto no profissional, é importante que desenvolvamos esta capacidade, pois, dessa maneira, as chances de obtermos bons resultados e de contribuirmos para que as pessoas e empresas ao nosso redor também os obtenham, aumentam de forma verdadeiramente considerável. 

Levando a questão do comprometimento para o contexto corporativo, neste artigo de hoje vou falar bastante sobre este conceito, sobre os tipos de comprometimentos organizacionais e a sua importância para que os negócios sejam cada vez mais prósperos. Acompanhe na leitura deste poderoso conteúdo e confira. 

O que é comprometimento organizacional?

O comprometimento organizacional é, sem dúvida, o segredo do sucesso de qualquer empresa. Isso porque o maior ativo de uma organização são as pessoas. São os colaboradores que estão por trás das conquistas, lucros e resultados. Profissionais comprometidos e engajados com as metas e objetivos corporativos, empenham-se e se dedicam mais e, consequentemente, produzem com ainda mais qualidade. 

Assim, comprometimento organizacional nada mais é do que um vínculo forte existente entre uma determinada empresa e um colaborador, estabelecido por meio de metas e objetivos claros de ambas as partes.

Preencha AGORA o formulário para descobrir!

No que diz respeito especificamente ao colaborador, quando se fala em comprometimento organizacional, está-se referindo à predisposição que este tem de acreditar e aceitar os valores da empresa, se esforçar e utilizar suas competências e habilidades em prol dos resultados extraordinários que esta almeja alcançar, em seu mercado de atuação, e da grande vontade e disposição de continuar prestando serviços para a organização, com o objetivo de contribuir para melhoria dos negócios de uma forma geral. 

Com base nisso, entende-se que contar com o comprometimento organizacional vindo dos colaboradores que compõem uma empresa é algo que a ajudará a alcançar os resultados que almeja de forma acelerada, uma vez que seus profissionais se esforcarão e estarão permanentemente motivados para fazer com as metas, sonhos e objetivos propostos se tornem realidade.

Tipos de comprometimento organizacional

Por entenderem a importância da aplicação deste conceito dentro das empresas, estudiosos se dedicaram ao assunto e descobriram que existem cinco tipos de comprometimento organizacional no meio corporativo. Conheça cada um deles e suas principais características, a seguir:

1 – Comprometimento afetivo

Também conhecido como atitudinal, este tipo de comprometimento organizacional diz respeito aos colaboradores que mantém um vínculo sentimental e emocional com a empresa em que atuam. Estes profissionais sentem-se valorizados e têm orgulho em estar na organização, se colocando sempre à disposição para contribuir em prol da empresa. 

Neste tipo de comprometimento, os objetivos do funcionário estão alinhados aos da empresa, sem interferência de suas ambições ou projeções pessoais. Este tipo de comprometimento é estabelecido pela sensação de identificação e pertencimento do colaborador com a empresa. Sua ligação é extremamente relacionada a fatores profissionais e ao seu crescimento na mesma.

2 – Comprometimento instrumental

São colaboradores que dão importância ao salário e aos benefícios recebidos, ou que entendem que os custos de um desligamento seriam maiores do que se permanecer nela. Para eles, a questão financeira é um motivador que os mantêm ativos dentro do ambiente corporativo. 

Geralmente, este tipo de comprometimento organizacional está relacionado a colaboradores com pouca qualificação profissional e que precisam permanecer na empresa não porque querem, mas por necessidade.

O comprometimento instrumental também é conhecido pelos especialistas como comprometimento calculativo. 

3 – Comprometimento normativo

São colaboradores que permanecem em determinada empresa porque se sentem obrigados a estar dentro dela, seja por causa de um “débito” com a organização ou para retribuir um favor por algum benefício recebido em determinado momento.

4 – Comprometimento sociológico

Trata-se de uma relação de chefia e subordinação em que os colaboradores, normalmente com pouca qualificação e conhecimentos sobre seus direitos, aceitam a dominação imposta pela empresa como algo normal ou natural. Normalmente, se mantêm na empresa muito mais pela garantia de um salário fixo do que por gostar de estar ali.

5 – Comprometimento comportamental

Este é um tipo de comprometimento organizacional em que se percebe que o colaborador é verdadeiramente comprometido com a empresa a partir de suas atitudes no dia a dia, como chegar sempre no horário, entregar suas demandas no prazo estabelecido e com qualidade, pelo tempo em que ele trabalha na organização, entre outros fatores, que demonstram com efetividade o seu esforço para contribuir com os resultados corporativos. 

Analisando cada um dos tipos de comprometimento organizacional, é importante que o comprometimento por parte do colaborador ocorra de forma genuína, pois isso trará muito mais resultados positivos para este e para a empresa, do que se ele for obrigado a se comprometer com algo que já não faz mais sentido para ele, por simples e pura pressão de seu superior e da situação financeira que vive fora do trabalho, por exemplo.

Como estimular o comprometimento organizacional?

Estimular o comprometimento organizacional dos colaboradores é algo em que todo e qualquer tipo de empresa deve investir, uma vez que, conforme pudemos perceber, profissionais comprometidos têm qualidade em suas entregas e uma boa produtividade, algo que garante o alcance dos resultados almejados pela organização. 

Assim, colocar em prática algumas ações vai ajudar bastante nesse processo. Confira quais são elas, a seguir:

Respeite a individualidade de cada um

O primeiro passo para que uma empresa consiga estimular o comprometimento de seus colaboradores é elaborar estratégias para respeitar a individualidade de cada um. Assim, fazer isso envolve conhecer o profissional, quais são seus anseios, suas necessidades, seus objetivos de carreira, bem como suas habilidades e competências, para que, dessa maneira, ele seja alocado em uma posição que esteja de acordo com o que ele verdadeiramente saiba fazer. 

Dando atenção a estes pontos no dia a dia, o colaborador, com certeza vai perceber e vai começar a se sentir especial, respeitado, valorizado e reconhecido, fatores estes, que têm recebido mais importância por parte destes, do que um salário mais alto, por exemplo. 

Dê transparência a seus processos

Tornar os processos, assim como tudo o que envolve a empresa, realmente transparente, vai motivar e engajar ainda mais seus colaboradores. Digo isso, porque quando as pessoas sabem tudo o que acontece ao seu redor, ou seja, quando elas têm ciência e conhecimento de como verdadeiramente funcionam as coisas no local onde trabalham, bem como sobre suas regras e normas, elas tendem a se sentir mais seguras e confiantes, para trabalhar com empenho e dedicação. 

Neste sentido, algo que vai te ajudar a definir e colocar em prática estratégias mais assertivas é ter em mente o conceito de cliente interno. Isso quer dizer, que você deve pensar no seu colaborador como um consumidor dentro do seu negócio, que deve ter suas necessidades levadas em consideração e sentir que está em um ambiente transparente e de confiança, para que assim seja possível conquistá-lo e retê-lo, e também contar com todo o seu comprometimento ao longo da rotina de trabalho. 

Invista em crescimento profissional

Outra forma de fazer com que seus colaboradores comprometam-se cada vez mais com o que fazem é investir em crescimento profissional. No dia a dia dentro da empresa isso pode ser feito através da implementação de programas de treinamento, que lhes ajudem a desenvolver novas habilidades e competências e também a aprimorar aquelas que já possuem. 

Além disso, dar preferência à realização de recrutamento interno e desenvolver e deixar claro o plano de cargos e salários e de carreira que a empresa tem para oferecer a seus profissionais, vai fazer com que o colaborador sinta-se verdadeiramente valorizado e cada vez mais comprometido com o seu trabalho e com a organização como um todo. 

Reconheça o bom desempenho

Como eu disse mais acima, os profissionais que fazem parte do mercado de trabalho atual têm buscado outras formas de valorização, que vão além da questão salarial. Não quero dizer aqui que estes não se importam com o salário que vão receber por seu trabalho, pelo contrário, eles analisam sim esse ponto, e ele é verdadeiramente importante para que o colaborador sinta que o seu potencial é reconhecido dentro da empresa. 

Entretanto, o que o profissional busca também são diversas outras formas de reconhecimento, que, automaticamente, o estimularão a se comprometer com os resultados que entrega para a empresa. Entre eles é possível citar premiações pelas metas alcançadas, bonificações, um agradecimento por seu bom desempenho, que pode ser feito de forma pública ou individual, enfim, a melhor maneira quem vai definir é a empresa, ao lado de seu departamento de Recursos Humanos – RH. 

O importante é que haja um investimento da organização nesse sentido, pois as chances de gerar bons frutos são verdadeiramente significativas. 

E o profissional, como pode ser mais comprometido?

Assim como a empresa tem um papel importante, no que diz respeito ao comprometimento organizacional, o colaborador também tem e precisa implementar algumas práticas em seu dia a dia, não só para se tornar mais comprometido e contribuir com o alcance dos resultados almejados pela organização, mas também para que a sua carreira seja beneficiada pelas atitudes e comportamentos que ele emprega no trabalho.

Se você quer se tornar um profissional ainda mais comprometido e obter resultados extraordinários em sua carreira a partir disso, confira abaixo dicas de boas práticas, que vão te ajudar neste processo. 

Foque na solução 

Ser de Luz, me diga uma coisa, quando você se depara com um problema no trabalho, você fica pelos cantos reclamando da situação ou é aquele profissional que investe o seu tempo para encontrar as soluções ideais para lidar a adversidade?

Refletir sobre este ponto é importante, pois ele será crucial na hora em que você estiver diante de um desafio difícil de superar. Assim, o primeiro passo para ser um profissional comprometido é, ao lidar com um problema, focar prioritariamente na solução que pode ser dada, pois, dessa maneira, os processos internos da empresa terão uma fluidez maior e melhor, e os resultados serão alcançados de forma mais acelerada. 

Seja pontual

Esta dica diz respeito, não só a chegar todos os dias no horário no trabalho, mas também a entregar as demandas que são de sua responsabilidade nas datas previamente combinadas, com seu gestor e com seus colegas. 

Quando você se empenha para fazer isso, você demonstra que além de comprometido com o seu trabalho e com a empresa, você respeita o trabalho das pessoas ao seu redor, principalmente daquelas que dependem do que você faz. Sendo assim, ser uma pessoa pontual, vai agregar bastante valor à sua vida profissional e à sua carreira como um todo. 

Evite deixar as coisas pela metade

Por mais que a rotina seja intensa, com muitas demandas a serem atendidas, algumas delas ao mesmo tempo até, é preciso respirar fundo e focar no processo de começo meio e fim de cada tarefa, evitando, assim, deixar suas atividades pela metade. 

Investir nisso vai fazer com que as pessoas vejam que podem contar com você, uma vez que você vai demonstrar ser um profissional organizado, que sabe dar prioridade as demandas que são mais importantes em sua rotina.

Mantenha-se disponível ao aprendizado

Outra forma de aumentar o seu comprometimento é manter-se sempre disponível ao aprendizado. Isso quer dizer que você deve se permitir aprender com todos os acontecimentos e experiências pelas quais passa, principalmente as negativas, pois são estes momentos que são capazes de nos ensinar mais, inclusive aquilo que achávamos que sabíamos e no final das contas, descobrimos que não.

Quando fazemos isso, demonstramos, mesmo que de forma inconsciente, a nossa humildade em que dizer que não somos perfeitos e que sempre há algo de novo que podemos aprender e agregar às competências e habilidades que já possuímos. 

Invista nisso e você estará investindo também em seu crescimento profissional. 

Agora me conte, querida pessoa: este artigo contribuiu com você de alguma maneira? O que você faz em sua empresa para estimular o comprometimento de seus colaboradores? E você, profissional, como age de forma comprometida na empresa em que trabalha? Deixe as respostas e o seu ponto de vista sobre o assunto nos comentários e lembre-se de curtir e compartilhar este conhecimento com seus amigos, em suas redes sociais. 

Copyright: https://www.shutterstock.com/

O artigo é bom, né?

No IBC é assim, não custa nada evoluir e alcançar resultados extraordinários. Se você quer seguir por esse caminho de evolução é só baixar o nosso e-book gratuito,
Tudo sobre Coaching. Preencha o formulário abaixo com seus dados para ler.


*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010