Confira exemplos de um modelo de plano de carreira nas empresas

Plano de Carreira Exemplos de Plano de Carreira nas empresas

 

Todo e qualquer tipo de empresa precisa contar com profissionais altamente qualificados para alcançar o sucesso no mercado em que atua. Neste sentido, é essencial desenvolver estratégias eficientes, não só para atrair estes profissionais para fazerem parte dos negócios, como também para retê-los, uma vez que indivíduos que trabalham com excelência são constantemente disputados pelas organizações.

Sabendo disso, hoje vou falar um pouco sobre plano de carreira nas empresas, que trata-se de uma ferramenta extraordinária de atração e retenção dos talentos que as organizações necessitam para alcançar seus objetivos e tornarem-se altamente competitivas no mercado em que atuam.

Convido você a me acompanhar nesta leitura e conferir o que exatamente um plano de carreira nas empresas e os modelos que você pode implementar em seus negócios.

O que e plano de carreira?

O plano de carreira é um instrumento de gestão que propicia aos colaboradores um horizonte no qual é possível evoluir, agraciando-os com gratulações e estabilidade, e motivando-os a crescer cada vez como profissional e como pessoa.

Trata-se de um programa estruturado, utilizado pelas empresas, que serve como caminho a ser trilhado pelos profissionais que delas fazem parte. Nele constam as competências, habilidades e conhecimentos necessários para desenvolver as atividades de cada posição hierárquica, bem como as expectativas da organização para com os colaboradores que ocupam cada um destes cargos e funções.

Um dos principais objetivos do plano de carreira nas empresas é atrair e reter talentos, uma vez que ele oferece ao profissional a possibilidade de se desenvolver e crescer continuamente, tendo ciência das etapas pelas quais precisará passar, bem como o tempo que permanecerá em cada uma delas, para que isso aconteça.

É uma ferramenta extraordinária com a qual todo e qualquer tipo de empresa no mercado deve contar para alcançar os resultados extraordinários que tanto almeja.

Modelos de planos de carreira nas empresas

Se você ficou interessado em adotar esta poderosa estratégia de atração e retenção de talentos na sua empresa, aqui vão alguns modelos que você pode implementar em seus negócios, de acordo com o perfil da sua organização no mercado. Confira:

Plano de carreira em linha

Este é um modelo de plano de carreira bastante comum em instituições de serviços públicos e nas militares também. Nele o profissional não conta com a possibilidade de mudança de área, uma vez que os cargos e níveis hierárquicos são completamente padronizados.

Neste contexto e tipo as promoções podem até acontecer, no entanto, elas ocorrem em função do tempo de serviço que o profissional tem dentro da organização.

Plano de carreira horizontal

Para iniciar a nossa abordagem de modelos de plano de carreira, começo apresentando o plano de carreira horizontal. Nele o profissional não conta com a possibilidade de ascensão nos níveis hierárquicos, como normalmente acontece em outros modelos.

O que acontece neste tipo e que não há divisões dentro da organização, uma vez que todos os profissionais que dela fazem parte encontram no mesmo nível. Aqui o processo evolutivo ocorre apenas nas tarefas a serem desempenhadas e nas responsabilidades de cada cargo que o colaborador ocupa.

Porém, isso não quer dizer que os profissionais não tenham acesso a benefícios na empresa. Estes, por sua vez, se configuram através de aumento salarial, por exemplo, de acordo com alto nível de desempenho que o colaborador apresenta dentro de suas atribuições.

Diante disso, é essencial que as metas e os objetivos empresariais sejam muito bem desenvolvidos e fiquem claros para todos, para que assim os colaboradores tenham ciência de quais caminhos devem percorrer para terem a oportunidade de se desenvolverem e crescerem na empresa.

Plano de carreira paralela

A possibilidade de carreira paralela tem as mesmas características encontradas na carreira em linha, porém, conta também com uma particularidade específica. Neste modelo de plano os profissionais que têm maiores chances de ocuparem cargos de liderança acabam por seguir um ramo hierárquico separado dos demais.

Um bom exemplo a ser citado são as empresas que fazem seleção de trainees, que costumam utilizar o plano de carreira paralela para orientar seus colaboradores em sua trajetória de desenvolvimento e crescimento.

Plano de carreira em Y

A carreira em Y, ou bifurcada, é um modelo que possibilita ao colaborador escolher qual caminho seguir dentro da empresa: na área técnica, se for de sua preferência, ou optar pela ascensão em cargos de gestão.

Este modelo surgiu em resposta a uma prática comum dentro de planos de carreira que tinham como degraus mais altos os cargos de gestão. É uma possibilidade que visa valorizar a mão de obra daqueles que não querem passar a um cargo de gestão e gostam mesmo de fazer trabalhos técnicos e operacionais.

A distribuidora de energia Elektro — eleita a melhor empresa para se trabalhar em 2014 pela Revista Você S/A — adota o modelo de carreira em Y.  Em conferência concedida ao site sindienergia.org.br, a consultora de RH da empresa, Noemi Oga, afirma que “a valorização do profissional pode estar ligada à experiência e conhecimento em sua área de atividade, portanto há a possibilidade de evoluir na carreira como especialista, o que resulta no reconhecimento pela liderança técnica, pelo conhecimento específico e diferenciado que possui”. Entretanto, Noemi também afirma que, para que este modelo funcione bem, é necessário assegurar equivalência de remuneração e benefícios entre os altos cargos da área de gestão e da área técnica.

Empresas como Embraer e Netshoes também adotam o modelo de carreira em Y para valorizar seus funcionários da área técnica e, com isso, conseguem reter talentos de especialistas técnicos e mantê-los motivados.

O título alcançado está ligado também a outras estratégias, tais como: intensa comunicação interna — divulgando as ações de Recursos Humanos – RH e os valores em que estão sustentadas, processos seletivos internos para cargos superiores, iniciativas de aprimoramento e desenvolvimento profissional e acumulação de pontos (conforme desempenho) que podem ser trocados por prêmios.

Plano de carreira em W

No plano de carreira em W, ao invés de apenas dois caminhos a serem seguidos, o profissional pode contar com uma terceira opção, que trata-se, basicamente de um misto das outras duas possibilidades sugeridas pelo plano no formato em Y.

Neste sentido, de acordo com a estrutura sugerida pelo plano de carreira em W, o profissional, ao invés de ter de escolher entre ser especialista em sua área ou seguir o caminho de gestão de equipes, ele também pode optar por se tornar um gestor de projetos.

Em casos assim, não necessariamente o profissional se torna um líder de equipes, responsável pelo desenvolvimento das pessoas que fazem parte deste time. O seu papel é, na verdade, de orientar e dar feedbacks pontuais e mais técnicos para estes profissionais, acompanhando o seu desempenho na execução de um projeto específico apenas.

É importante destacar que este plano de carreira não chegou a ser adotado por muitas empresas, pois trata-se de um modelo que se aplica melhor apenas em setores específicos, como é o caso dos setores de tecnologia, onde um desenvolvedor sênior pode orientar e acompanhar o trabalho de outros desenvolvedores, optar por tornar-se especialista ou ser responsável pela execução de um projeto específico dentro da organização para a qual presta serviço.

Plano de carreira em rede

Parecido em alguns pontos com o plano de carreira do modelo Y, o plano em rede apresenta uma possibilidade maior para os colaboradores que trabalham em empresas que o adotaram. Nele existe maior variedade de cargos os quais o profissional pode escolher seguir.

Esta é uma excelente opção, pois dá ao profissional a oportunidade de desempenhar as funções que mais gosta, se identifica e apresenta alta performance.

Aqui é essencial deixar clara a necessidade de se estipular metas e objetivos muito bem definidos, que devem ser seguidos pelos colaboradores, já que somente atingindo estas metas é que será possível mudar de cargos e crescer na organização.

Outros exemplos de planos de carreiras

Para que você tenha um leque maior de possibilidades diante de você, apresento alguns modelos de planos de carreira utilizados em grandes empresas ao redor do mundo.

Volkswagen

O Processo de Desenvolvimento Integrado da Volkswagen propicia a seus funcionários uma formação qualificada e especializada, com módulos no Brasil e no exterior. Após serem avaliados quanto a seu histórico profissional, desempenho e outros pontos, os colaboradores escolhem dentre as possibilidades de carreira e são chamados para uma conversa com o administrador da empresa. Uma nova etapa avaliará se o funcionário possui as 11 competências fundamentais para a realização do Programa: visão estratégica, comunicação, foco no cliente, liderança, trabalho em equipe, empreendedorismo, possibilidade de mudar de cidade ou até de país, domínio do inglês e do alemão, bom relacionamento interpessoal e noções de negociação.

Dependendo do resultado dessa análise, é sugerido ao colaborador um crescimento vertical na hierarquia da empresa — ligado a cargos de gestão, ou um lateral (no qual corresponderá a atividades distintas dentro de seu mesmo departamento).

O funcionário é, então, enviado para um conjunto de treinamentos, podendo ser desligado do treinamento caso necessite aprimorar suas competências, sendo reintegrado posteriormente.

Bayer

O instrumento utilizado pela Bayer para estimular o crescimento de seus funcionários é o Programa de Desenvolvimento de Competências da Bayer, realizado todos os anos com colaboradores eleitos pelos responsáveis de cada departamento.

Os participantes são divididos em grupos, e têm suas capacidades e perfis analisados, a fim de identificar aptidões e competências, relacionando-as a cargos compatíveis. Um feedback é apresentado posteriormente e, se for o caso, alterações na carreira dos colaboradores são sugeridas. A seguir, são direcionados para um treinamento elaborado para atender às características ausentes e que são vistas como essenciais para os cargos disputados.

Finalizado o treinamento, os colaboradores seguem para a rotina normal de trabalho, quando é realizado o pós-treinamento. Esta etapa consiste na observação do colaborador pelo gestor, visando se certificar se os conhecimentos adquiridos estão sendo implementados. Se sim, e se há oferta de cargo, o funcionário é promovido.

Escolha uma empresa que desenvolva seu pessoal e trabalhe mais motivado

Planos de carreira são ferramentas modernas de gestão e demonstram a preocupação das empresas em desenvolver seu capital humano. Também são responsáveis pela satisfação e motivação no trabalho e, consequentemente, por melhores rendimentos.

Ao buscar organizações para iniciar uma carreira, considere sua identificação com a atividade da empresa, seu gosto pessoal, suas expectativas financeiras e também o plano que cada empresa possui para você, como colaborador, se desenvolver em sua plenitude.

Invista no Coaching para desenvolver os colaboradores de sua empresa

Além do plano de carreira, algo em que as empresas também podem investir para desenvolver cada vez mais o potencial infinito de seus colaboradores é no Coaching. Trata-se da melhor e mais completa metodologia de desenvolvimento humano, profissional e empresarial do mercado, que contribui para a capacitação contínua de indivíduos e organizações, para que estes alcancem os resultados extraordinários que almejam em um curto espaço de tempo.

Através de técnicas, conhecimentos e ferramentas comprovadamente eficazes, compartilhados em formações, como é o caso do Professional & Self Coaching – PSC, é possível oferecer oportunidades de crescimento aos colaboradores da sua empresa, alinhando seus objetivos aos objetivos organizacionais e preparando-os constantemente para realizarem um trabalho de excelência, que contribua para o seu próprio sucesso e para o sucesso dos negócios no mercado em que atua.

Invista no Coaching agora mesmo e alcance resultados extraordinários em seus negócios, através do desenvolvimento contínuo de seus colaboradores.

Gostou deste conteúdo, Ser de Luz? Já conhecia estes modelos de planos de carreira nas empresas? Deixe o seu comentário, me dizendo o que achou e lembre-se de compartilhar este artigo com seus amigos, em suas redes sociais.

Copyright:589818032 – https://www.shutterstock.com/pt/g/tashatuvango

 



*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010