Conheça a avaliação por objetivos

profissonal em frente ao computador

A avaliação por objetivos tem como intuito avaliar o que cada colaborador conseguiu oferecer para a empresa em determinado período.

A motivação consegue realizar mudanças extraordinárias em qualquer área da vida de uma pessoa. Afinal, quem não gosta de ser motivado e de ter a sua autoestima elevada? Não importa se essa motivação é direcionada à vida pessoal ou profissional, receber elogios e felicitações por ter feito algo que gerou excelentes resultados, por exemplo, é maravilhoso para qualquer pessoa.

Levando este aspecto para o lado colaborativo e empresarial, o que a motivação tem a ver com a avaliação por objetivos? Esse tipo de avaliação basicamente afere o que cada colaborador conseguiu oferecer de contribuição e benefício para a empresa em um determinado período. A motivação acaba sendo um dos métodos para começar a programar esse tipo de avaliação dentro de uma empresa. Conseguiu perceber a associação?

Para saber mais sobre como a avaliação por objetivos pode ser adotada dentro de uma organização, continue a leitura do artigo a seguir.

Entenda a avaliação por objetivos

Com a breve explicação do parágrafo anterior, mais a analogia que o termo “avaliação por objetivos” proporciona, é possível compreender de forma sucinta o que é esse método de administração.

Neste tipo de avaliação, os objetivos específicos devem ser traçados, seja da organização em geral, individual, do departamento ‘x’ ou da uma equipe ‘y’. O importante é que o objetivo seja pensado e almejado.

Feito isso, os indivíduos que compõem uma organização começam a se movimentar para que mudanças ocorram, o que é um ponto positivo para o desempenho da empresa. O fato de instigar a vontade e o desejo por mudanças e melhorias pode ser um diferencial que auxilia no aumento da produtividade de alguns colaboradores.

A avaliação por objetivos verifica se o desempenho dos colaboradores e equipes foi ou não satisfatório, de acordo com a sua capacidade de alcançar ou não os objetivos que haviam sido determinados. Assim, o processo de avaliação por objetivo pode começar.

Descubra como implementar a avaliação por objetivos

Depois de estabelecer os objetivos específicos, o passo seguinte para dar início à implantação do método de avaliação por objetivos é elaborar estratégias e planejamentos para que os resultados e melhorias comecem a surgir.

Com o planejamento e as estratégias elaboradas, o momento é de começar a colocar em prática tudo o que foi pensado para solucionar os problemas ou as oportunidades de melhoria de uma empresa. E para que o resultado seja extraordinário, os colaboradores farão parte desse momento.

A empresa também precisa definir os parâmetros, ou seja, os resultados esperados de cada funcionário ou equipe. É comparando os resultados obtidos com esses parâmetros que a avaliação por objetivos ocorrerá. Nesta metodologia, compreende-se que um desempenho pode ser abaixo das expectativas, dentro das expectativas ou acima das expectativas.

7 dicas para colocar a avaliação por objetivos em prática

Após a definição dos parâmetros e objetivos, começa de fato a grande missão. Como implementar este processo na mente de um colaborador? Alguns métodos são eficazes para executar este desafio. Confira!

1. Gere motivação entre os colaboradores

A motivação é a força que nos leva a tomar uma atitude. Para que ela existe numa equipe profissional, é importante que cada membro se sinta valorizado e útil. Por isso, todos os funcionários de uma equipe devem receber determinadas funções e tarefas, contribuindo com o alcance do objetivo da equipe. Além disso, o gestor deve mostrar que de fato confia nas capacidades de cada um dos seus liderados.

2. Faça reuniões

Um bom líder deve estar sempre em contato com a sua equipe. Por isso, é fundamental fazer reuniões para alinhar os objetivos, discutir os prazos e metas e não deixar o foco se perder. Essas reuniões também devem ser realizadas no sentido de tirar dúvidas, de modo que todos os colaboradores possam realmente esforçar-se ao máximo para que os seus objetivos sejam alcançados.

3. Proporcione momentos e oportunidades

Da mesma maneira que o líder deve orientar os seus liderados, ele também deve estar aberto às sugestões dos seus funcionários. Se eles foram contratados para fazer parte de uma equipe, certamente eles têm competências e habilidades. Por isso, é essencial que o gestor dê espaço para que cada colaborador demonstre os seus conhecimentos e técnicas. Ofereça a eles a liberdade de encontrar novos e melhores caminhos, de modo que eles não apenas obedeçam a ordens, mas sejam mais ativos no processo.

4. Invista em capacitação profissional

Nenhum profissional deve chegar à conclusão de que já sabe de tudo. No mundo em que vivemos, a todo instante ocorrem novas descobertas científicas, novos avanços tecnológicos e novas atitudes no próprio comportamento humano. Portanto, não há desculpa para que alguém pare de estudar e de investir em sua capacitação.

Por isso, muitas empresas que adotam a avaliação por objetivos também investem em treinamentos e capacitação profissional a todos os seus colaboradores. Isso permite que eles não apenas adquiram novos saberes, mas também que resgatem conhecimentos que possam ter sido esquecidos.

5. Ofereça desafios

Na avaliação por objetivos, é importante que cada tarefa seja vista como um desafio, ou seja, como uma atividade complexa, porém, compatível com as competências de cada colaborador. Instigue o raciocínio e a capacidade de resolver enigmas. Estimule cada membro da equipe a ir além. Pode ser que muitas capacidades estejam adormecidas, esperando por um desafio que as coloque em evidência. Quanto mais competências forem descobertas, mais objetivos serão alcançados.

6. Mantenha os colaboradores informados

Na avaliação por objetivos, a transparência é um ingrediente fundamental. Por isso, todo colaborador tem o direito de saber quais objetivos deverá alcançar, quais parâmetros serão adotados como referência para a sua avaliação, bem como quais prazos e tecnologias ele tem à sua disposição. Quaisquer mudanças que ocorrerem nesse processo devem ser comunicadas, de modo que ninguém seja prejudicado.

7. Mostre o quanto cada pessoa é fundamental

Toda empresa precisa mostrar como cada equipe é fundamental para o alcance dos objetivos organizacionais. Além disso, todo gestor de equipe/departamento deve mostrar como cada colaborador é fundamental para a conquista dos objetivos específicos daquela equipe e, consequentemente, de toda a empresa.

Faz parte da avaliação por objetivos mostrar às pessoas o quanto cada uma delas tem responsabilidade sobre os resultados da organização, afinal, toda empresa é feita, sobretudo, de pessoas.

Navegando no mesmo barco

Trabalhando dessa forma, fica muito mais fácil levar a empresa e os funcionários para o mesmo “barco”, rumo aos mesmos objetivos. Quando as pessoas sentem que fazem parte de um propósito maior; quando elas se sentem motivadas e queridas, as chances de alcançar o que foi almejado são enormes.

Com uma equipe motivada e inspirada a conquistar resultados maravilhosos para a sua empresa, a avaliação por objetivos que ocorrerá na conclusão de todas as estratégias elaboradas e realizadas pelas equipes e departamentos será muito mais do que satisfatória.

E você, já fez parte de uma avaliação por objetivos? Utilize o espaço abaixo e conte-nos sobre a sua experiência e sobre a sua opinião a respeito desta metodologia avaliativa. Por fim, não se esqueça de compartilhar este artigo com todos os seus amigos, colegas, familiares e com quem mais possa se beneficiar deste conteúdo, por meio das suas redes sociais!

 

O artigo é bom, né?

No IBC é assim, não custa nada evoluir e alcançar resultados extraordinários. Se você quer seguir por esse caminho de evolução é só baixar o nosso e-book gratuito,
Tudo sobre Coaching. Preencha o formulário abaixo com seus dados para ler.

Imagem: Jane0606 / Shutterstock

José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC - Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.



*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010