Entenda o que é quebra de caixa

quebra de caixa

Entenda todo procedimento de quebra de caixa nas empresas

Se você trabalha com manuseio de dinheiro provavelmente já ouviu falar da expressão quebra de caixa. Caso não saiba o que é ou não trabalhe mesmo nessa área, não se preocupe. Hoje vou explicar o que é a quebra de caixa e como esse procedimento funciona dentro das empresas. Então, é só continuar lendo para saber mais!

Conheça as melhores ferramentas de Gestão para aplicar em sua empresa!
Faça download gratuitamente do meu livro “Ferramentas de Gestão”

Explicando quebra de caixa

A definição de quebra de caixa não é complicada. Quebra de caixa é um valor adicional ao salário do colaborador que tem uma função diretamente relacionada ao manuseio do dinheiro da empresa.

Como esse funcionário tem a responsabilidade de zelar pelo dinheiro do empregador, tem direito a um valor extra. Dessa maneira, a gestão da empresa reforça a importância dessa função, da capacidade do trabalhador, estimula a continuidade do bom desempenho e ainda incentiva o caixa positivo. A consequência de uma boa gestão do fluxo de caixa é vista no resultado do fim do mês.

Quem recebe gratificação de caixa positivo

Os funcionários que costumam receber um valor extra pela quebra de caixa são aqueles que mexem diretamente com dinheiro. São eles: os caixas bancários ou de instituições financeiras, os caixas de lojas de comércio em geral, os caixas de restaurantes ou outros estabelecimentos, os cobradores de ônibus e outros.

Montante a ser pago ao funcionário

É importante deixar claro que o valor que deve ser pago ao funcionário não é estipulado na lei. Fica a cargo do empregador decidir se irá adicionar esse montante.

É importante lembrar que esse valor e a forma de pagamento dele devem respeitar alguns pontos. São eles: os Acordos ou Convenções Coletivas de Trabalho, as políticas ou regulamentações internas ou ainda se a empresa simplesmente combinar previamente com o funcionário. Vale estipular o formato escolhido em contrato.

Registro do pagamento

A empresa não tem a obrigação de anotar o pagamento da quebra de caixa na Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) do empregado. De qualquer forma, se o pagamento foi feito é interessante anotar para que isso não faça parte do salário líquido.

Outro ponto de atenção é para quem recebe a quebra de caixa: são os descontos. O empregador não tem direito de descontar qualquer valor salarial referente a esse pagamento extra. Os descontos podem ser feitos somente se forem obrigatoriedades da lei, casos de adiantamento ou ainda acordos de contrato coletivo.

Dicas para quem trabalha com dinheiro das empresas

Trabalhar com o manuseio de dinheiro do seu empregador não é uma tarefa fácil. É preciso muita atenção para que as contas fechem no fim do dia. Para ajudar quem está ou pretende entrar nessa área, fiz uma lista com dicas que podem tornar esse cotidiano mais simples. Confira:

  • Separação: não misturar suas finanças pessoais com o dinheiro do trabalho é o primeiro passo para quem irá lidar com dinheiro dos outros. Sempre tenha tudo bem dividido para que não haja confusão sua ou até de outras pessoas.
  • Cotidiano: entenda qual é o fluxo do caixa e os procedimentos de todas as operações que irá realizar detalhadamente. Assim, será mais fácil lidar com os processos do dia a dia e ainda demonstrará que você é um funcionário esforçado. O cliente final também agradece um atendimento habilidoso.
  • Duração das tarefas: é essencial treinar e aperfeiçoar o tempo que você demora a fazer cada procedimento. Dessa maneira, o cliente será mais bem atendido e o seu cotidiano será mais ágil. É vantagem para você, para a empresa e o cliente final.
  • Organização: parece básico, mas é importante lembrar-se da necessidade de se organizar. O passo a passo dos processos e o tempo de execução de tarefas devem andar lado a lado e organizados. Dessa maneira, a satisfação do cliente final é natural.
  • Responsabilidade: entenda, assuma e execute o seu papel com atenção. Vista a camisa da empresa e leve essa responsabilidade com você. Outros funcionários podem ser incentivados por você.
  • Conhecimento: estude conceitos básicos e termos técnicos, tais como lucro, investimento, capital de giro e ponto de equilíbrio. Além de ajudar no cotidiano e mostrar que está interessado, é uma forma de aumentar seu leque de conhecimento.

Conheça as melhores ferramentas de Gestão para aplicar em sua empresa!
Faça download gratuitamente do meu livro “Ferramentas de Gestão”

Dicas para quem trabalha com dinheiro da própria empresa

Quem tem uma empresa ou está prestes a abrir uma deve ser mais atento ainda com o dinheiro. Afinal, ser um empreendedor é algo gratificante, mas também muito trabalhoso.

Minha primeira sugestão é considerar as recomendações que dei acima para quem trabalha com o dinheiro de outras pessoas. Elas podem ser válidas para você também!

Agora vou dar outras dicas para você que é o seu próprio patrão. Veja:

  • Conhecimento: como já falei, todas as dicas que dei acima são válidas também para quem tem uma empresa, mas essa em especial é importante relembrar. Ser o dono do negócio implica em obrigatoriamente conhecer profundamente o seu serviço e produto. Afinal, é a sua ideia e você deve cuidar dela.
  • Planejamento: essa é a palavra mais importante do seu negócio. Não tem lógica em ter uma boa ideia, bons funcionários para executá-la e capital inicial se você não tem o mínimo de organização para prever os próximos passos. É importante tem um planejamento a curto, médio e longo prazo e acompanhamentos diários ou semanais das metas e índices previstos.
  • Disciplina: essencial para manter seu planejamento rodando, não fugir do orçamento e não misturar as finanças pessoais com os pagamentos de funcionários e fornecedores.
  • Compras: desapegue de ser um comprador compulsivo para se apegar a pesquisa de preço. Só após esse análise considere comprar o que é necessário.
  • Custos: tenha controle de todos os seus custos. Só desse modo é possível analisar o que está faltando e o que está sobrando. Também será mais fácil analisar onde é preciso cortar e onde há a possibilidade de arriscar para conseguir novos negócios.

Ficou alguma dúvidas sobre o que é e como funciona o pagamento da quebra de caixa? Escreva sua pergunta nos comentários! Fique a vontade para escrever outra informação interessante sobre quebra de caixa que não falei por aqui.

E aí, curtiu esse conteúdo?

Saiba que ele é apenas a pontinha do iceberg e você pode desenvolver suas habilidades de liderança muito mais. Baixe agora o ebook Leader Coach e aprenda como extrair o máximo resultado da sua equipe.
Preencha o formulário, é de graça.

Copyright: 400019404 – https://www.shutterstock.com/pt/g/ismagilov

*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010