6 passos para o empreendedorismo inovador

Empresário puxando uma lâmpada

Veja como criar um empreendedorismo verdadeiramente inovador.

Tem uma ideia que pode transformar o mundo? Invista nela!

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2011, o Brasil contava com 4,5 milhões de empresas. Destas, 49% eram empregadoras de, no mínimo, um funcionário, 10% empregavam 10 ou mais funcionários e apenas 1,5% delas eram responsáveis por 50% dos novos empregos criados naquele ano. Esses dados mostram que empresas de alto impacto ainda são minoria no país e, portanto, que ainda existe muito espaço para o empreendedorismo!

Contudo, para ocupar esse espaço, é preciso inovação. O mercado está ávido por produtos e ideias que facilitem a vida das pessoas e que tenham alto valor agregado. Investidores estão de olho em ideias que possam cair no gosto do mercado consumidor e, assim, gerar lucros. O lado do consumidor quer ter a sua vida facilitada e acesso a produtos que o façam sentir-se especial, de acordo com as novidades e tendências mercadológicas.

Um verdadeiro inovador sabe reconhecer necessidades e criar soluções criativas e práticas para essas demandas. Ele sabe correr riscos e fazer um bom planejamento. O inovador não deseja apenas criar um produto novo, mas uma nova forma de pensar e se relacionar com esse produto.  Ele cria significados e sentidos e vende a sua ideia com paixão.

Preencha AGORA o formulário para descobrir!

Dicas para um empreendedorismo inovador

Inovar não necessariamente significa criar algo 100% novo. Muitas vezes, consiste em dar a algo que já existe um significado complementar ou um diferencial. Pode ser, também, combinar duas ideias isoladas em um novo negócio. Confira, na sequência, algumas dicas para criar um empreendedorismo verdadeiramente inovador.

1. Dê valor às pequenas ideias

Uma grande solução pode surgir de uma ideia pequena ou simples. Pessoas inovadoras exercitam muito a criatividade e sabem valorizar esse processo. Se você descarta todas as suas ideias antes de analisá-las a fundo e fica esperando pela grande inspiração da sua vida, talvez ela nunca chegue. Isso acontece porque grandes inspirações precisam de muito esforço, mas uma pequena ideia pode ser o início de um grande trabalho.

Nunca se esqueça de que Isaac Newton descobriu a aceleração gravitacional pelo simples fato de observar a queda de uma maçã da árvore. Sendo assim, fique mais atento ao seu dia a dia. A sua grande descoberta inovadora pode estar em algo incrivelmente cotidiano.

2. Não tenha medo de errar

Somente o erro traz experiência e conhecimento. Se você anda por caminhos nunca desbravados, é comum que erre algumas vezes até encontrar a melhor solução, especialmente porque não há modelos pré-configurados para seguir. Aprenda a identificar os seus erros, tenha calma para repará-los e inspire-se para seguir em frente.

Se você pesquisar sobre as trajetórias de grandes empreendedores do Brasil e do mundo, certamente vai perceber que todos eles cometeram erros no início (e até hoje ainda cometem!). A questão é que, para essas pessoas, é melhor errar do que não agir. O erro pode ser transformado em aprendizado. Já o ócio não traz nada de bom!

3. Não leve tudo tão a sério

Quem pensa em trabalho “24 horas por dia” mata qualquer desenvolvimento criativo. Estar perto dos amigos e das pessoas amadas é inspirador, e saber ouvir as demandas dos outros também pode ser fundamental para identificar uma ideia diferente.

Nunca pense que algo é impossível de ser resolvido. Sempre tente ir até o fim em seu propósito. A satisfação de encontrar caminhos dá um sentido especial ao seu trabalho. Para que você seja verdadeiramente criativo, é importante estudar, mas também desencanar em alguns momentos. Geralmente, é nessas ocasiões de relaxamento que aquela ideia brilhante aparece na sua mente.

4. Faça pesquisas de mercado

Toda iniciativa empreendedora deve oferecer à sociedade um produto ou um serviço que resolva algum desejo ou necessidade das pessoas. Por isso, se você deseja empreender, precisa entender o que as pessoas querem ou precisam, de modo que a sua solução sempre encontre uma boa demanda. Para isso, é importante realizar pesquisas de mercado.

Nessas pesquisas, você deve ouvir a população, sobretudo aqueles que você entende como o seu público-alvo. Descubra aquilo que as pessoas querem e que nenhuma outra empresa está sendo capaz de oferecer. É aí que está a sua oportunidade de inovar. Como citamos, você não necessariamente precisa inaugurar um nicho novo. Para inovar, basta que você ofereça um diferencial que nenhum concorrente tem, nem que seja um atendimento mais humanizado e personalizado.

5. Acompanhe as tendências nacionais e internacionais

Quando olhamos para a internet hoje em dia, fica difícil pensar que um dia conseguimos viver sem ela, não é mesmo? Há algumas décadas, o que hoje é essencial à vida não passava de uma tendência. Quem se deu bem foram as pessoas que perceberam esse movimento e se anteciparam, marcando presença no território digital antes dos concorrentes.

Por isso, é fundamental que, diariamente, todo e qualquer empreendedor acompanhe as tendências, não apenas do seu nicho, mas de outros também. Assim, leia as notícias, acompanhe as revistas e os portais da sua área de atuação, participe de cursos e eventos de empreendedorismo, converse com profissionais da sua e de outras áreas, viaje e fique de olhos e ouvidos abertos para tudo o que aparecer de novo. Sempre questione: como a minha empresa pode se beneficiar desta inovação?

6. Estabeleça parcerias com quem também deseja inovar

Por falar em conversar com pessoas, entenda que o networking é fundamental na promoção do empreendedorismo inovador. Se você analisar, perceberá que a maior parte das inovações da atualidade é resultado de parcerias, geralmente de pessoas de áreas distintas. Não se esqueça, por exemplo, que o popular transporte por aplicativo é resultado da até então inconcebível mistura de carros e smartphones.

Isso quer dizer que quanto mais pessoas você conhecer (e for capaz de manter um relacionamento bacana com elas), melhores serão as chances de que uma ideia inovadora surja. Duas cabeças pensam melhor do que uma, e se forem duas cabeças criativas e atentas às tendências, aí é que o sucesso vem. Portanto, saia da zona de conforto, converse com os seus contatos, conheça novas pessoas e explore as possibilidades que a troca de conhecimentos (que na verdade é uma soma!) gera.

Como você pode perceber, o empreendedorismo inovador é resultado de muito trabalho, pesquisa, estudo e criatividade, e não de “mentes geniais com ideias mirabolantes”. Coloque as dicas acima em prática, faça a sua parte e tenha muito sucesso nos seus caminhos!

E você, ser de luz, trabalha ou conhece alguma iniciativa de empreendedorismo inovador? Qual? Deixe o seu comentário no espaço a seguir. Além do mais, que tal levar estas informações a todos os seus amigos, colegas de trabalho, familiares e a quem mais possa se beneficiar delas? Compartilhe este artigo nas suas redes sociais!

O artigo é bom, né?

No IBC é assim, não custa nada evoluir e alcançar resultados extraordinários. Se você quer seguir por esse caminho de evolução é só baixar o nosso e-book gratuito,
Tudo sobre Coaching. Preencha o formulário abaixo com seus dados para ler.
José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC - Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.



*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010
CNPJ: 31.328.744/0001-63