O que faz um coordenador operacional?

Coordenador Operacional Entenda o que faz um Coordenador Operacional

Para que uma organização empresarial tenha o êxito almejado e, consequentemente, alcance resultados satisfatórios e se destaque no mercado de trabalho, é importante que ela tenha em seu quadro de colaboradores profissionais com perfis compatíveis com o seu ramo de atuação e com expertise para o cumprimento de suas respectivas metas. Entre os profissionais importantes, podemos citar o coordenador operacional.

Você sabe o que faz um coordenador operacional? Tem noção de quais sejam as suas atribuições? Conhece as principais características e competências que alguém deve desenvolver para exercer essa função? Confira as respostas para essas e outras perguntas no artigo a seguir. Boa leitura!

Comece a ter o

Destaque

que você merece!

Preencha os campos abaixo para receber o e-book.

Afinal, o que é um coordenador operacional?

A agilidade do mercado e as atividades realizadas nas empresas exigem que as organizações busquem um tipo de colaborador que se destaca especialmente por ser capaz de estruturar o negócio, trabalhar em prol do crescimento da empresa e agregar valor à marca. Esse tipo de profissional é o coordenador operacional.

A pessoa que desempenha esta função é responsável por coordenar determinadas equipes da organização e fazer com que as inúmeras atividades que garantem o bom funcionamento da empresa sejam realizadas de maneira correta. Em outras palavras, o coordenador operacional tem como missão coordenar e acompanhar processos, gerindo estratégias que convertam as competências de cada um em diferencial competitivo, trazendo resultados positivos para a organização empresarial.

Toda a expertise de um coordenador operacional é fundamental para garantir que a empresa siga com o seu funcionamento em completa harmonia e fluidez.

Qual é o perfil do coordenador operacional?

A necessidade de que esse profissional esteja em constante proximidade com os processos das atividades que coordena exige que ele possua algumas características e habilidades. Mas quais são elas? Alguns desses traços aparecem na lista a seguir.

  • Imediatismo e urgência para traçar e colocar em prática as estratégias e táticas;
  • Capacidade analítica para avaliar os riscos de determinada decisão e fazer escolhas sensatas;
  • Competência e clareza de comunicação para gerir pessoas;
  • Disciplina e comprometimento;
  • Dinamismo e agilidade;
  • Proatividade;
  • Habilidade de liderança.

As escolhas e tomadas de decisão do coordenador operacional impactam não apenas a rotina da empresa, mas contribuem para a sua rentabilidade e também para a produtividade dos demais colaboradores. Sendo assim, é totalmente necessário que o profissional dessa área seja dotado das habilidades citadas.

Quais são as principais atividades do coordenador operacional?

Agora que você já sabe quais são as habilidades e características necessárias para um coordenador operacional de sucesso, chegou a hora de saber quais são as principais atividades e responsabilidades desse profissional tão necessário para as organizações. São elas:

  • Controlar as despesas que determinado projeto exige: ainda que não seja um profissional de finanças, é importante que o coordenador operacional tenha consciência das despesas do departamento que comanda e da realidade financeira da organização, de modo que não haja prejuízo aos cofres da empresa com estratégias de baixa eficácia;
  • Trabalhar para que os problemas sejam resolvidos o mais rápido possível e não atrapalhem as atividades da empresa: todo coordenador operacional deve ser um facilitador, ou seja, ele deve ouvir os problemas trazidos pelos colaboradores e, coletivamente, chegar a uma solução de forma rápida, eficaz e eficiente;
  • Elaborar e implementar melhorias para garantir a otimização dos processos: o trabalho do coordenador operacional não se resume a apagar incêndios, mas também envolve a pesquisa, o estudo, a testagem e a adoção de novos processos, métodos e tecnologias que potencializem o desempenho dos colaboradores e os resultados da empresa como um todo;
  • Cumprir e executar as táticas definidas: todo coordenador operacional deve atuar como um intermediário entre a diretoria da empresa (nível estratégico) e os funcionários em geral (nível operacional). Assim, ele deve traduzir os objetivos definidos pelos diretores em tarefas a serem desempenhadas pelos colaboradores que estão sob a sua responsabilidade e supervisão;
  • Promover a qualidade dos serviços e o alcance de resultados: outra função muito importante dos coordenadores operacionais é garantir que tudo aquilo que é feito no departamento tenha qualidade e pontualidade. Assim, ele deve definir regras e metas, tirar dúvidas, compartilhar conhecimentos com a equipe, corrigir erros, e reconhecer méritos;
  • Minimizar as ameaças identificadas em determinado projeto: um bom coordenador monitora não apenas as forças e limitações de sua equipe, como também todos os fatores externos que representem oportunidades ou ameaças. Assim, esse profissional é incumbido de executar um planejamento estratégico que previna problemas e que mostre o que fazer caso eles surjam;
  • Monitorar, estimular e promover o alto desempenho da equipe que coordena: é preciso unir a equipe em torno de um objetivo único, de modo que todos estejam motivados, que se relacionem bem uns com os outros, que estudem e treinem continuamente e que compreendam que o trabalho de um impacta o desempenho dos demais. Cabe ao coordenador operacional despertar essa consciência coletiva.

São inúmeras as áreas de atuação de um coordenador operacional, sendo que as mais comuns são nas equipes de gestão de processos e de logística, nos novos negócios, nas equipes de carga/descarga, nos times de gestão de pessoas e de qualidade, nas equipes de marketing e distribuição, no departamento financeiro, no setor jurídico, nos times de vendas, enfim, em basicamente em todas as áreas em que a empresa se subdivide.

É comum existir coordenadores operacionais para cada um desses segmentos e um coordenador geral de operações da organização (que deve manter todas essas áreas alinhadas). O coordenador tem uma posição privilegiada na empresa, visto que as suas funções garantem uma visão holística da rotina organizacional.

Portanto, o seu trabalho é fundamental para a saúde da empresa, garantindo que os projetos sejam coordenados a partir de estratégias e ações eficazes, que vão garantir uma entrega de resultados de excelência, além de promover diferenciais competitivos e rentabilidade ao negócio.

Como o coaching pode ser um aliado do coordenador operacional?

Como citado ao longo do artigo, existem habilidades fundamentais para que o coordenador operacional tenha o êxito necessário em suas funções. Essas habilidades podem ser desenvolvidas por meio das formações em coaching, essa poderosa metodologia que tem contribuído com profissionais do mundo todo. Mas quais são as habilidades humanas que podem ser desenvolvidas com esse processo?

  • Disciplina;
  • Foco;
  • Visão sistêmica;
  • Liderança;
  • Proatividade;
  • Planejamento estratégico;
  • Rapport (conexão e criação de relacionamentos);
  • Empatia;
  • Ouvir na essência;
  • Gestão de prioridades;
  • Comunicação pontual e eficaz;
  • Feedbacks.

Para saber mais sobre essas e outras habilidades, clique aqui. O IBC é a única escola de coaching do país com a certificação ISO 9001, o que atesta a qualidade das suas formações e a eficácia da sua metodologia de ensino. Oferecemos soluções individuais e também in company, na gestão de equipes de sucesso!

Agora, conte para nós: o que você pensa sobre essa profissão? Tem vontade e habilidades para ser um coordenador operacional? Utilize o espaço abaixo para contar a sua experiência e deixar a sua opinião sobre o tema em um comentário. Por fim, espalhe o conhecimento! Curta e compartilhe este artigo em suas redes sociais com todos os seus amigos, colegas, familiares e com quem mais possa se beneficiar deste conteúdo!

E aí, curtiu esse conteúdo?

Saiba que ele é apenas a pontinha do iceberg e você pode desenvolver suas habilidades de liderança muito mais. Baixe agora o ebook Leader Coach e aprenda como extrair o máximo resultado da sua equipe.
Preencha o formulário, é de graça.

Copyright: Zapp2Photo / Shutterstock

José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC - Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.



*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010