10 tipos de crise empresarial que podem ser evitados por um bom gestor

10 tipos de crise empresarial que podem ser evitados por um bom gestor
Ao enfrentar uma crise empresarial, a organização enfrenta diversos obstáculos e o trabalho de um bom gestor é fundamental para que ela consiga superar esta situação.

 

Todas as empresas estão sujeitas a enfrentar algum tipo de crise ao longo de sua jornada e ciclo de vida. Qualquer eventualidade negativa que extrapole o controle da organização e ganha notoriedade é considerada uma crise, e este tipo de situação pode prejudicar a imagem da empresa, bem como sua produtividade e suas finanças, podendo resultar no corte de colaboradores e até no encerramento das atividades da organização.

A crise empresarial pode ocorrer por conta de vários motivos.

Comece a ter o

Destaque

que você merece!

Preencha os campos abaixo para receber o e-book.

Conheça os principais tipos de crise empresarial a seguir:

  1. Crise econômica: Refere-se à redução significativa dos negócios de uma empresa, que passa a apresentar mais bens/serviços em oferta do que clientes procurando por esses itens. Como resultado, há a diminuição do faturamento da organização.
  2. Crise financeira: ocorre quando o fluxo de caixa da empresa é inferior aos seus compromissos.
  3. Crise patrimonial: caracterizada pela existência de um passivo (obrigações e/ou compromissos) superior ao ativo (bens e direitos).
  4. Crise por conta de desastres industriais: enquadram-se neste tipo de crise as contaminações de produtos, incêndios, vazamentos e explosões. Essas situações podem prejudicar a produtividade e a imagem da empresa.
  5. Crise por conta de desastres naturais: são as crises causadas por tempestades, enchentes, terremotos, furacões e outras eventualidades.
  6. Crise por conta de falhas nos equipamentos: refere-se à crise resultante de falhas nos equipamentos e maquinário.
  7. Crise por conta de ações criminosas: crises empresariais provenientes de sabotagens, fraudes, hackers, vandalismos e outros.
  8. Crise por conta de boatos: são aquelas ligadas a acusações da concorrência, boatos, entre outros fatores.
  9. Crise por conta de questões legais: referentes à processos judiciais e indenizações.
  10. Crise de reputação: quando ocorrem vazamentos de informações confidenciais, documentos e conduta corrupta.

Como superar um momento de crise

Como vimos, a alta complexidade do meio corporativo faz com que seja normal, em algum momento, as empresas passarem por períodos de crise. Diversos fatores, por mais simples que sejam, podem contribuir para tal cenário. A crise refere-se a um momento de falha, que posteriormente pode causar conflitos internos, ameaçar a imagem e reputação da empresa e consequentemente acarretar problemas financeiros ao negócio.

Nesse cenário, uma boa gestão se faz necessária para que a empresa se mantenha atuante no mercado, mesmo em momentos de crise. Isso porque, quando a situação aperta, os colaboradores temem por seus empregos e a empresa se preocupa com a perda financeira. Para que toda a situação não resulte em mais problemas, é essencial que o gestor assuma um papel de liderança efetiva, tomando decisões assertivas.

O líder deve ter conhecimento sobre as questões em que a crise se envolve, de modo a ser capaz de desenvolver estratégias e adaptar a empresa no novo contexto em que ela se encontra. Ao enfrentar uma crise, o gestor deve rever os planos da empresa e, por meio da elaboração de novas estratégias, projetar o futuro da organização.

É fundamental que os stakeholders (colaboradores, investidores, fornecedores e consumidor final) e demais interessados, sejam informados sobre o problema, bem como as ações para solucioná-lo. Essas medidas garantem comunicação clara e serão o norte para que a imagem da empresa não seja ainda mais prejudicada, além de garantir o alinhamento de soluções para todos estes públicos.

O primeiro passo para evolução empresaria é identificar seu nivel de felicidade!
Faça o nosso teste e descubra qual o seu nível de felicidade!

O gerenciamento de crise

O gerenciamento de crise tem como objetivo, reduzir e excluir os impactos causados por determinado momento de desequilíbrio, para que assim, a empresa tenha o mínimo de perdas possível, sejam elas referentes a imagem ou financeiros. Para que isso aconteça, no entanto, é necessário que a organização se comprometa a reavaliar suas estratégias e a desenvolver ações junto aos gestores.

É preciso lembrar, também, que uma crise pode acontecer tanto por falhas na parte organizacional da empresa, quanto por fatores externos, como por exemplo, mudanças no mercado em que ela atua, acidentes, falsificação de produtos, entre outros problemas.

Na prática, inúmeras empresas falham ao enfrentar alguma crise. Primeiro, elas não tomam medidas para se prepararem caso algum impacto ocorra, administrar um momento como esse, não diz respeito apenas a crise em si, mas sim, planejar ações iniciais caso algo ocorra. É preciso estar preparado antes mesmo que a crise aconteça.

Como realizar um gerenciamento de crise assertivo

Você deve estar se perguntando o que um gestor deve fazer para gerenciar e superar a crise? A resposta não é simples e cada caso precisa ser avaliado de perto pelos seus comandantes. Mesmo assim, é importante atentar para alguns detalhes, por isso, separamos algumas dicas de como realizar um gerenciamento de crise que resulte na minimização de prejuízos para a empresa. São elas:

  • Monitore as ações da empresa! Isso garante que a mesma esteja preparada caso alguma crise aconteça. O ideal é não esperar que o momento crítico surja e se estabeleça, mas sim, simular possíveis cenários de crise e planejar as devidas ações para lidar com a situação;
  • Estabeleça um plano de continuidade do negócio, para que os processos essenciais para o seu funcionamento não sejam afetados;
  • Identifique e anuncie quem são as pessoas dentro da organização autorizadas a falar sobre a crise para a comunidade e decidir ações para conter o impacto da mesma;
  • Repasse as informações sobre a crise em tempo real e de forma exata para que nenhum dado seja distorcido e abra espaço para especulações. Isso garantirá que a empresa passe confiança à sociedade;
  • Tente agir de forma rápida, para que a crise não afete sua reputação e rentabilidade;
  • Identifique oportunidades de recuperação. Sair de uma crise por meio de uma oportunidade fortalecerá a reputação da empresa e garantirá confiança de todos.

Uma vez controlada, gerenciada e superada, é preciso ter em mente que esse término da crise não significa que os desafios acabaram. Pelo contrário! Com todo o desgaste sofrido, esse é o momento para coletar dados, gerenciar as finanças, identificar os pontos positivos e os pontos negativos da crise, colocar as ações estipuladas em prática, resgatar a imagem da empresa, bem como a reputação com os clientes.

A partir desses aprendizados, se faz totalmente necessário que toda empresa, independente do seu tamanho, esteja preparada para um momento de crise, pois não importa sua magnitude, passar por um momento crítico sem estar devidamente preparada, é sinônimo de que a empresa também não está pronta para enfrentar o mercado e tudo o que ele engloba.

Para isso, é importante manter-se atualizado e buscar auxílio de especialistas em negócios e gestão. O Coaching é uma dessas metodologias que é abastecida de ferramentas capazes de auxiliar a empresa no gerenciamento de crises, proporcionando que a organização se restabeleça no mercado em que atua, bem como garanta a sua imagem e confiança perante o público-alvo.

Pensando nisso, o Instituto Brasileiro de Coaching – IBC criou uma série de cursos, como o Professional & Self Coaching – PSC, para que o gestor se especialize nas mais modernas práticas de gestão organizacional, utilizando modernas estratégias de aprendizagem de modo a desenvolver habilidades e competências necessárias para que o aluno tenha maior aproveitamento dos conteúdos ministrados, bem como aplicabilidade imediata na carreira e na organização, seja como gestor, executivo ou coach. Ficou curioso? Acesse o site e faça a sua inscrição!

Você conhece histórias de organizações que enfrentaram alguma crise empresarial? Como elas se saíram?

E aí, curtiu esse conteúdo?

Saiba que ele é apenas a pontinha do iceberg e você pode desenvolver suas habilidades de liderança muito mais. Baixe agora o ebook Leader Coach e aprenda como extrair o máximo resultado da sua equipe.
Preencha o formulário, é de graça.

Imagem: Dmitry Guzhanin / Shutterstock



*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010