A importância da tomada de decisões nas organizações

Tomada de Decisão Saiba sobre a Importância da Tomada de Decisão nas Organizações.

 

Tomar uma decisão é algo que exige muito de todos nós. E quando levamos esta situação para o campo empresarial, as coisas se complicam um pouco mais, pois as decisões tomadas em uma empresa, geralmente, envolvem processos, custos e também pessoas. Por estas e outras razões, é que, diante deste contexto, é necessário que tenhamos bastante atenção ao fatos e também inteligência emocional para lidar com o que pode acontecer após uma decisão tomada. 

Um processo de tomada de decisão pode ser simples ou complexo — isso vai depender do grau de importância, do objetivo a ser alcançado e dos reflexos da escolha no contexto em que o indivíduo está inserido, bem como em sua vida pessoal ou profissional. Tomar decisões envolve a identificação do problema, bem como definir os critérios, analisar, escolher alternativas e verificar a eficácia da decisão.

Descubra, clicando aqui, como o método Coaching pode contribuir para que um Líder seja capaz de tomar as melhores decisões dentro de uma organização.

É muito comum que as pessoas encontrem dificuldades para fazer isso, em qualquer situação da vida. Isso porque, uma vez consumada, a decisão é uma estrada praticamente sem volta. Portanto, é importante ponderar e saber fazer as escolhas certas na hora certa, além de manter um compromisso efetivo com a escolha feita, bem como com suas consequências.

Se você é um profissional que precisa lidar com decisões difíceis diariamente na empresa em que trabalha, convido você a me acompanhar nesta leitura e conferir o quão é importante o seu papel neste processo decisório.

A tomada de decisão e sua importância

A velocidade com que as diversas situações ocorrem dentro de uma empresa, fazem com que tenhamos de tomar inúmeras decisões ao longo do dia, umas mais simples, ou um pouco mais complexas. Mas a verdade é que, independentemente, do grau de dificuldade de uma decisão, o fato é que ela sempre vai trazer consigo consequências, positivas ou negativas. 

Acontece, que mesmo diante destas duas possibilidades, nós, empresários, empreendedores, e gestores como um todo, não podemos fugir dessa responsabilidade, uma vez que as decisões que tomamos são de extrema importância para aqueles que dependem de nós no ambiente empresarial. 

Daí vem também a grande importância da tomada de decisões nas organizações, pois são elas que fazem com que nossas empresas saiam do lugar e mantenham-se em constante movimentação no mercado em que atuamos. Assim, o primeiro passo para compreender o quão importante é uma decisão e passar a tomá-la sem grandes sofrimentos, é entender que elas nos trarão grandes ensinamentos, para que assim nos tornemos cada vez mais experientes neste processo. 

Os tipos de tomada de decisão

Para que entendamos mais e melhor o processo de tomada de decisão em uma empresa, bem como a sua importância neste contexto, convido você a conhecer os tipos de decisões existentes e como eles acontecem. Confira!

Intuitiva

Acredito que este seja um dos tipos mais comuns, tanto dentro quanto fora do contexto organizacional. Uma decisão desta natureza é basicamente aquela que tomamos considerando apenas os sinais que nossa intuição nos dá, ou seja, é uma sensação interna que temos, que favorece determinado ponto, em detrimento de outro, não levando em consideração aspectos lógicos e racionais para escolher algo. 

Neste sentido, é importante enfatizar que nem sempre este tipo de decisão é o melhor recurso a ser utilizado, principalmente no contexto empresarial. Digo isso, pois, conforme veremos mais adiante, é necessário contar com uma série de fatores e análises mais consistentes, para que assim seja possível tomar uma decisão assertiva e que beneficie a todos os envolvidos nos processos de uma empresa. 

Racional

A decisão racional é aquela que vai justamente na direção contrária à decisão intuitiva, sendo este o tipo que a maioria das pessoas mais deseja aplicar em seu dia a dia. Isso porque ela faz com que o indivíduo leve em consideração os aspectos lógicos dos fatos, para que assim este tenha subsídios mais sólidos para decidir ou não por algo. 

Para isso, ele faz uma lista com todas as opções disponíveis, analisando cada uma delas, para que assim possa tomar uma decisão mais consciente e segura ao longo de seu dia dentro da empresa. 

Com base em valores

Este é um tipo de decisão que pode ser facilmente confundido com a decisão intuitiva, no entanto, existem pontos que as diferenciam. No caso desta, o indivíduo tende a levar em consideração os valores que formou ao longo de sua vida para decidir ou não por algo. 

O que acontece é que todos nós possuímos uma bagagem, que contém experiências, vivências, a nossa formação, entre diversos outros fatores, que contribuem fortemente para formar os valores que carregamos, sejam eles pessoais ou profissionais.

Dessa maneira, estes mesmos valores podem ser norteadores no momento em que nos enxergarmos diante de uma escolha dentro da empresa. 

Colaborativa 

Em muitos momentos este é o tipo de decisão ideal e que deve ser colocado em prática com mais frequência no ambiente organizacional. Como o próprio nome já diz, trata-se do processo decisório que é tomado em conjunto com outras pessoas. 

No contexto empresarial, o gestor realiza reuniões e conta com a ajuda, opinião e sugestões de seus colaboradores para decidir quais rumos deve tomar nos processos organizacionais. 

Este é um tipo de decisão bastante vantajoso, pois, ao invés de escolher algo de forma isolada, o indivíduo tem a possibilidade de contar com pontos de vista diversos, que trarão alternativas diferenciadas para solucionar a mesma questão. Além disso, a decisão colaborativa mostra a empresários, líderes e gestores, que o processo de escolha não precisa ser solitário, uma vez que ele pode ser compartilhado e gerar resultados positivos para todos os envolvidos. 

Especializada

Quando a intuição falha e a racionalidade e a colaboração não conseguem encontrar alternativas eficientes e nem mesmo contribuir para que possamos tomar decisões conscientes, assertivas e seguras, é hora que contar com ajuda especializada para facilitar este processo dentro da organização. 

Diante de situações como as que citei acima, que dificultam mais do que facilitam o processo decisório, é preciso contar com o auxílio de profissionais especializados, para que assim seja possível fazer uma boa escolha, que beneficie a todos no ambiente de trabalho. 

São indivíduos verdadeiramente preparados, que, com sua expertise, trazem informações e dados mais concretos sobre o mercado e nosso negócio como um todo, para que, dessa maneira, encontremos soluções eficientes e que vão trazer os resultados que realmente esperamos para alavancar a atuação da empresa no segmento em que atua. 

Sendo assim, em muitos momentos, trata-se do tipo de decisão mais sensata que um líder, empresário, gestor ou empreendedor pode tomar por seu negócio de uma forma geral.

Como facilitar este processo

Com o objetivo de facilitar um pouco mais este caminho, para aqueles que são responsáveis por tomar decisões constantemente dentro de uma empresa, vou compartilhar aqui algumas dicas, que aplico em meu dia a dia e considero fundamentais para tornar este processo mais assertivo e otimizado. Continue a leitura e confira:

Tente enxergar o cenário como um expectador

Geralmente, quando a decisão depende de nós, ficamos muito envolvidos com a situação e deixamos passar fatos, que se fôssemos apenas observadores, talvez não deixariamos. Assim, todas as vezes que tiver a necessidade de tomar uma decisão importante em sua empresa, projete-se como um expectador. 

Isso vai lhe ajudar a obter informações e opiniões, que o envolvimento direto com a situação impede que você tenha. Experimente colocar este exercício em prática, pois isso vai tornar o seu processo decisório mais fácil. 

Evite a impulsividade

É importante que você entenda que nenhuma decisão precisa ou deve ser tomada do dia para a noite. Sendo assim, nada de impulsividade neste momento. A dica é que você reflita bastante, analise primeiro os fatos, para em seguida chegar à uma decisão que seja benéfica para o maior número de pessoas possível. 

Quando decide-se de maneira impulsiva, sem analisar o contexto como um todo, perde-se a oportunidade de tomar uma decisão assertiva, podendo esta prejudicar mais do que ajudar no futuro. 

Coloque os pontos positivos e negativos no papel

Quando precisamos tomar uma decisão importante, a tendência é que deixemos a emoção falar mais alto e fiquemos cegos para os fatos reais que a envolvem. Para que isso não aconteça, o ideal é que coloquemos em um quadro ou em um papel, os prós e contras de determinada decisão. 

Assim, teremos uma visão mais ampla das implicações de cada uma delas e poderemos decidir de maneira mais assertiva, segura e racional. 

O Coaching na tomada de decisão

Empresários, gestores, empreendedores, administradores, e assim por diante, estão constantemente passando por situações em que se encontram diante de um variado número de caminhos, e precisam escolher aquele que leve a organização a atingir o seu potencial máximo.

Um dos grandes diferenciais de uma boa liderança é sua capacidade de tomar decisões, de forma rápida e assertiva, que gerem resultados positivos para a organização, para seus colaboradores de uma forma geral, e também para si enquanto profissional. 

Em sua vida, o poder de fazer a escolha certa é o que vai definir suas decisões e a forma como apresenta e sustenta suas convicções. Fazer uma boa escolha exige que sejamos confiantes e sinceros com cada uma delas. Por isso, é importante que evitemos protelar ou deixar nossas decisões para depois.

O fundamento das boas decisões é o autoconhecimento, pois é a partir dele que o profissional passa a entender de maneira pontual o que realmente faz sentido para sua vida. E é justamente a partir deste entendimento que é possível desenvolver um  discernimento maior para escolher o que é melhor e está de acordo com seus valores e objetivos.

Seja um Líder Extraordinário! Baixe aqui meu livro “Leader Coach”.

Assim, a melhor opção para alcançar autoconhecimento é o processo de Coaching, um efetivo método de desenvolvimento pessoal e profissional, que tem como objetivo auxiliar o indivíduo a descobrir a sua identidade e o seu “eu” autêntico — ou seja, a sua essência, algo fundamental para que as decisões sejam tomadas de maneira consciente, otimizada e assertiva. 

Se você deseja conhecer como o Coaching pode te ajudar em seus processos decisórios, faça a melhor e mais completa formação em Coaching do país: o Professional & Self Coaching – PSC, oferecida pelo Instituto Brasileiro de Coaching – IBC. 

Trata-se de um curso completo, que oferece a seus participantes conhecimentos, bem como técnicas e ferramentas necessárias, para que se faça uma análise detalhada do contexto empresarial como um todo, ajudando, assim, o gestor a tomar uma decisão mais consciente e que traga aos negócios e a todos que fazem parte deles resultados verdadeiramente extraordinários. 

Invista em seu autoconhecimento e tome decisões cada vez mais assertivas em sua vida pessoal e profissional!

Agora me conte: o que você achou deste novo conteúdo? Deixe o seu comentário com sua opinião e sugestões e lembre-se de continuar nos acompanhando, por aqui, em nossas redes sociais e em nosso canal no Youtube.

Copyright: 412124782 – https://www.shutterstock.com/pt/g/rawpixel

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010