Conheça as etapas do Networking

Etapas do Networking

Etapas do Networking – Conheça as vantagens

 

Você possui uma rede de contatos sólida para ajudar a impulsionar seus projetos profissionais? Saiba que o networking é o segredo do sucesso de muitos empresários, talvez seja o está faltando para que aquele seu sonho antigo de empreender se torne realidade. Conhecer pessoas com quem se possa trocar experiências e oportunidades contribui também para seu amadurecimento pessoal.

O que é networking?

De acordo com o maior vendedor de carros do mundo, o norte-americano Joe Girard, cada indivíduo entra em contato com pelo menos 250 pessoas no decorrer de sua vida, é o que ele chama de regra dos 250. Seguindo essa lógica, a cada vez que você estabelece uma nova relação está tendo potencial acesso a mais 250 indivíduos. Joe utilizava essa lógica para aumentar o seu número de vendas.

A palavra networking vem de network, que significa rede de contatos, basicamente se refere a estabelecer relações em que se promove a troca de experiências, conhecimentos e oportunidades. A diferença entre as palavras está no fato de que network se refere ao substantivo, enquanto networking se refere à ação de alimentar a rede de contatos. Em um contexto cada vez mais digital, se tornou imprescindível ter bons contatos para chegar a pessoas relevantes com mais assertividade.

Saiba como cultivar melhores relações pessoais e profissionais!
Baixe agora meu ebook “Tudo Sobre Coaching”! É um Presente!

Qualidade e não quantidade

Antes de falar especificamente sobre as etapas de networking, preciso destacar a diferença entre apostar na qualidade e na quantidade de contatos. Acima mencionei o contexto digital, uma pessoa pode ter mais de 5 mil amigos em uma rede social, porém, será que esse número realmente significa algo na prática?

Networking é mais do que apenas conhecer pessoas, trata-se de estabelecer um relacionamento com elas, criando assim oportunidades. Ser amigo de Facebook do CEO de uma companhia não tem grande impacto se ele não abrir um e-mail enviado por você, por exemplo. Deve ficar claro que, quando falo sobre cultivar uma rede de contatos, me refiro a ter uma troca com a outra pessoa e não apenas de conhecê-la de vista ou ser amiga de rede social.

Networking: conheça todas as etapas

Até aqui ficou claro que networking consiste em estabelecer relacionamentos de troca com pessoas que possam oferecer oportunidades diretas ou indiretas. Tem casos em que uma pessoa não necessariamente atua em um setor, mas conhece indivíduos influentes dele, podendo se tornar aquele que te indica. Em outras situações, a pessoa contribui para aumentar a sua capacidade de percepção do todo, ou seja, nenhum relacionamento de contato é perdido.

Porém, é fundamental que você saiba que, da mesma maneira que está estabelecendo uma rede de contatos, também fará parte da rede de contatos alheia. Em resumo, saiba o que você deseja dos outros e com o que pode contribuir para eles. Networking é uma troca de oportunidades e conhecimentos. Veja, a seguir, todos os passos necessários para criar, manter e alimentar sua rede de contatos.

Etapa 1 – Conquistando contatos para a sua rede

A primeira etapa para fazer um networking eficiente é saber onde encontrar bons contatos para adicionar à sua rede. Participar de eventos da sua área de atuação é um bom começo para se tornar conhecido e potencialmente interessante para as outras pessoas. Mais do que chegar aos lugares com um bolo de cartões no bolso e um discurso na ponta da língua, você precisa estar preparado para desenvolver boas conversas.

Saiba quem são as pessoas que estarão no evento para ter assuntos pertinentes para conversar com elas. Não seja muito direto para estabelecer um contato com viés profissional, não deve parecer que tudo o que você deseja é tirar algum proveito. O momento do contato deve ser agradável para ambas as partes, deixando uma lembrança positiva a seu respeito para a outra pessoa.

Entregue seu cartão, fale sobre o seu trabalho de uma forma interessante e ouça (e muito) a outra parte. Para estabelecer uma relação é fundamental ter uma troca verdadeira de interesses e assuntos. Mais uma vez, reforço que quantidade não é tão bom quanto qualidade, então, se tiver que escolher entre investir seu tempo em um evento para cultivar um relacionamento mais profundo com alguém relevante ou distribuir o tempo entre conversas mais superficiais, fique com a primeira alternativa.

Etapa 2 – Ativação dos contatos

Após ter feito novos contatos durante eventos de networking, você deverá investir na ativação dos mesmos. As conversas nesses eventos costumam ser rápidas, em alguns casos os indivíduos apenas se apresentam e trocam cartões. A menos que você tenha uma memória fotográfica, provavelmente não vai se lembrar de todas as pessoas que te entregaram um cartão. O mesmo vale para os seus contatos.

Então, verifique os cartões que estão com você, selecionando aqueles que, aparentemente, forem mais relevantes. Em seguida, aproveite a tecnologia para pesquisar a respeito das outras pessoas das quais não se lembra bem ou tem dúvidas sobre a efetividade do contato. Faça uma lista com os melhores contatos obtidos no evento de networking e estabeleça uma forma de iniciar um diálogo. Pode ser através de uma rede social, pelo envio de um e-mail ou de outra forma que tenha sido sinalizada pela pessoa.

Foque em fazer contato apenas com indivíduos potencialmente interessantes, mais uma vez saiba que quantidade não é melhor do que qualidade. Adicionar mais 50 amigos no Facebook será menos efetivo do que adicionar 5 que realmente possam te ajudar a criar oportunidades. Fazer a seleção entre os contatos quentes e os frios é essencial para uma rede de contatos sólida.

Preencha AGORA o formulário para descobrir!

Etapa 3 – Mantenha sua rede de contatos atualizada

Para que seus contatos considerem contratar seus serviços ou comprar seus produtos, é necessário que saibam exatamente o que você está fazendo no presente. Talvez, o trabalho que desempenhava na época do primeiro contato não fosse o desejado por aquele indivíduo ou empresa, porém, em outra situação, pode se tornar exatamente o que está sendo procurado.

Atualize suas redes sociais profissionais, como o LinkedIn, com novas qualificações obtidas, novas experiências, enfim, tudo o que te transformou no âmbito profissional. O portfólio também precisa ter trabalhos atuais para que as pessoas mais distantes consigam observar a evolução do seu potencial. Outra forma de manter essa rede atualizada consiste em criar situações para iniciar diálogos. Ao ficar sabendo de um evento relevante, você pode indicar para seus contatos, assim como enviar links interessantes, iniciando conversas com um sentido de troca.

Etapa 4 – Retribua as oportunidades criadas

Quando um dos seus contatos abre uma porta ou contribui de alguma maneira para o seu sucesso, é importante retribuir, nem que seja de um jeito mais discreto. Ainda que não seja possível retribuir na mesma proporção o bem recebido, você deve busca formas de recompensar seu contato. Estar disponível para realizar alguns favores é uma maneira de retribuir. O contato que se sente reconhecido e recompensado tende a se manter criando oportunidades.

Etapa 5 – Reiniciando o ciclo

Fique atento que você deverá se manter realizando todas as etapas de networking a todo momento, o ciclo precisa ser reiniciado constantemente para que sua rede de contatos permaneça crescendo. Enquanto está ativando contatos, não pode deixar de frequentar eventos relevantes. Seja organizado para não se perder na maneira de gerir a sua rede, sabendo em qual status cada pessoa está ao longo do processo.

Dicas para um networking mais eficaz

Agora que você já conhece as etapas de networking, vai gostar das dicas que listei a seguir de como fazer contatos com mais eficácia.

Tenha pleno conhecimento sobre sua área

Quando conhecer pessoas com potencial para te ajudar a estabelecer uma carreira mais sólida, é interessante demonstrar amplo conhecimento da sua área de atuação. Ao impressionar em um primeiro contato, você se tornará memorável para a outra parte, podendo ser a escolha para um projeto futuro, por exemplo.

Dedique um tempo à criação de conteúdo

O marketing digital é a base para se estabelecer com solidez no mercado. Para se promover enquanto profissional de uma área, é interessante criar conteúdo a respeito da mesma. Mas, atenção, precisa ser conteúdo de qualidade para passar uma imagem positiva a seu respeito.

Ter um blog, um canal de vídeos no YouTube ou simplesmente compartilhar suas ideias no LinkedIn pode contribuir para fazer de você uma referência no seu segmento. Alimente as suas redes sociais com alguma frequência para mostrar seu interesse constante pela sua área de atuação e cative os seus contatos, gerando assim uma série de novas oportunidades.

Tenha um companheiro de networking

Algumas pessoas têm problemas para estabelecer contatos em eventos por timidez ou por não terem uma boa desenvoltura social. Se este é o seu caso, pode ser interessante ter um companheiro de networking, vocês podem ir juntos a eventos e usarem uma estratégia de escada, em que um cria o degrau para o outro subir. Ter outra pessoa comentando sobre o seu trabalho pode ser bastante interessante, do ponto de vista de fazer uma propaganda sem aquele ar de mera autopromoção.

Gostou de conhecer as etapas de networking? Você já utiliza esse sistema para fazer e manter contatos? Deixe seus comentários a seguir!

Copyright: 588813473 – https://www.shutterstock.com/pt/g/optimarc

O artigo é bom, né?

No IBC é assim, não custa nada evoluir e alcançar resultados extraordinários. Se você quer seguir por esse caminho de evolução é só baixar o nosso e-book gratuito,
Tudo sobre Coaching. Preencha o formulário abaixo com seus dados para ler.

*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010