Você tem Feito Bons Trabalhos ou Repetido Velhas Fórmulas?

“Princípios sobrevivem, formulas não. Você deve conquistar atenção para o seu anúncio. Esse é um princípio que será sempre verdadeiro. A forma como você consegue atenção é uma coisa que muda constantemente. O que é atrativo um dia, pode ser tedioso no outro.”(Bill Bernbach)

Podemos usar a citação acima, não só na área da publicidade, mas em todos os lugares. Ser Coach demanda estudo de todas as áreas, estar atualizado, ser criativo e principalmente ter visão de futuro.

Para todo processo existe uma formula, por mais que ela esteja oculta e é muito difícil separar a fórmula do processo.

O mundo digital trouxe um novo conjunto de armadilhas. O motivo é simples: é difícil separar tecnologia e ideia. A fórmula está lá, mas escondida no arranjo de mídia. É difícil separar a fórmula do processo, destaca. Ele questiona: Quando é fórmula e quando é uma solução para o problema do cliente? Quando são boas escolhas de mídia ao invés do ‘mesmo plano de sempre’?

Fazer bons trabalhos, conta, é bem difícil, e ele afirma não negar que quase todo mundo está em busca disso, o tempo todo. No entanto, é muito fácil se perder no caminho. Pressão de tempo, fluxo de trabalho, necessidades de produção, e muitos outros obstáculos que podem aparecer. Mas é sempre bom ficar de olho nessa cilada, aconselha Law. Pra ele, usar fórmulas é readaptar e re-arranjar uma mesma ideia para outro cliente, é quando seu plano de mídia está sempre bem parecido com o anterior, é quando o número de pessoas interessadas cai em cada campanha que você desenvolve.

A dica dele é: Não aceite a fórmula em nenhuma das suas variações.

Pergunte-se:

• Você está usando o roteiro de TV como ponto de partida pra definir a ideia quando brifa o pessoal de digital e outras equipes?
• Você está se perguntando ‘como usar o facebook?’ ao invés de ‘onde essa ideia ganha vida’?.
• Você prometeu repetir o mesmo sucesso da sua última campanha apenas repetindo a fórmula?
• Você está produzindo ideias que são verdadeiras para a marca ou apenas reaproveitando ideias de outras marcas?

Ele conclui dizendo que no final é a mesma luta de sempre em busca de ótimos trabalhos, novas ideias e insights reais. No entanto, lembra de que não vale se deixar enganar pelo pensamento de que reaplicar uma velha fórmula de sucesso leva à excelência genuína.

O artigo é bom, né?

No IBC é assim, não custa nada evoluir e alcançar resultados extraordinários. Se você quer seguir por esse caminho de evolução é só baixar o nosso e-book gratuito,
Tudo sobre Coaching. Preencha o formulário abaixo com seus dados para ler.
Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010