Quais são as cinco linguagens do amor?

Existem cinco linguagens básicas para a expressão do amor, e cada pessoa carrega uma forma específica de entender e demonstrar amor.

A linguagem é a capacidade que os seres humanos têm para produzir, desenvolver e compreender a língua e outras manifestações da comunicação — como pintura, música e dança. A língua, por sua vez, é um conjunto organizado de elementos (sons e gestos) que possibilitam a comunicação assertiva.

De acordo com o conselheiro de relacionamentos Gary Chapman, existem cinco linguagens básicas pelas quais o amor é expressado e compreendido. Segundo o especialista, cada indivíduo nasce com uma maneira específica de identificar, receber e dar amor. Esse processo é chamado de linguagem, e as várias maneiras de expressá-la são chamadas de “dialetos”.

Quer eliminar hábitos tóxicos da sua vida?

Preencha AGORA o formulário para saber como!

logo detox branca

A tentativa de demonstrar o amor por meio de determinada linguagem para alguém que também carrega uma linguagem particular é a mesma coisa que fazer uma declaração em português para um americano que nunca teve contato com a Língua Portuguesa. O primeiro passo para expressar seu amor por outra pessoa, portanto, é identificar sua linguagem do amor e também a linguagem que a pessoa amada utiliza para isso.

Descubra como você pode ser mais assertivo em sua comunicação afetiva, fazendo o download dessas dicas exclusivas que preparamos especialmente para você!

Já deu para perceber que amor está no ar por aqui, não é mesmo?! Por isso, hoje, eu convido você e me acompanhar nesta leitura, para conhecer melhor quais são as linguagens do amor existentes e de que forma cada uma delas é expressada, para que você consiga identificar qual é sua linguagem e a das pessoas ao seu redor.

As 5 linguagens do amor

Que todo ser humano é único, isso todos nós sabemos. O que muitas vezes deixamos passar e acabamos não dando importância é justamente para as particularidades de cada um, colocando a nossa forma de enxergar o mundo ao nosso redor como prioridade sobre as outras pessoas.

Pois bem, a partir do momento em que passamos a observar aqueles que nos cercam, sua forma de agir e se expressar, temos a possibilidade de estabelecer com estes uma comunicação muito mais eficiente e assertiva, que pode gerar resultados altamente positivos para ambas as partes.

Pensando nisso, Gary Chapman, autor do livro “As cinco linguagens do amor”, nos mostra as principais formas que utilizamos para nos expressar, quando o assunto é relação interpessoal. Confira:

Palavras de afirmação

São sentenças expressas em elogios como “O jantar estava ótimo”, afirmações como “Acho que você faz isso muito bem” e incentivos como “Vai dar tudo certo”. Existem pessoas que utilizam este tipo de linguagem para expressar o seu amor por alguém e aqueles que se sentem altamente valorizados quando escutam afirmações como estas e muitas outras.

Digo isso, pois, quem me conhece, e também quem já teve a oportunidade de passar por alguma das formações aqui do IBC comigo, sabe que eu costumo enfatizar o poder que as palavras têm sobre nossas ações. Da mesma forma que elas podem nos elevar, elas também podem fazer com que nos sintamos mal, sem vontade de realizar nossas atividades e até mesmo desmotivados.

Sendo assim, é fundamental estar sempre atento à energia que você propaga ao seu redor por meio das palavras, pois elas podem prejudicar não só as pessoas que lhe rodeiam, mas também a você mesmo. O ideal é que você fique atento, e, sempre que possível, ofereça o seu apoio, por meio de palavras de afirmação a quem estiver precisando de algo neste sentido, principalmente os indivíduos que recebem melhor este tipo de linguagem.

Qualidade de tempo

Diz respeito à dedicação de um tempo exclusivo, ainda que pequeno, aqueles que você mais ama e deseja ter por perto. As expressões ou dialetos podem ser: conversas de qualidade, passeios, assistir televisão juntos, ir ao cinema, marcar encontros com amigos mais próximos pelo menos uma vez por semana, assim por diante.

Acredito que esta seja uma das linguagens mais essenciais na atualidade. Acontece que, com a correria e a quantidade de demandas que necessitam da nossa atenção diariamente, acabamos deixando de passar um tempo ou de encontrar pessoas que são importantes para a nossa existência em si. Com isso, vamos perdendo o contato, e, conforme a vida se desenrolando, podemos até não encontrar mais maneiras de retomar a convivência com estas pessoas.

Assim, é fundamental que encontremos um tempo, que dediquemos um período do dia para estar, verdadeiramente, com nossos cônjuges, nossos filhos, amigos, familiares e todas as pessoas que considerem a nossa presença como algo de real importância. Mais do que presentes, o que essas pessoas de fato querem e merecem é que estejamos com elas de corpo e alma, sem preocupações aparentes.

Presentes

Nesta linguagem o que menos importa é o valor financeiro, pois o amor pode ser expressado por meio de uma flor, uma pizza ou uma joia, por exemplo. O importante aqui é o valor simbólico do que é presenteado, uma vez que a pessoa que o recebe se sente imensamente grata, feliz e realizada quando percebe a importância e o significado que tem em sua vida.

Para as pessoas que se sentem amadas por meio desta linguagem, o fundamental é saber que o presente está sendo dado de coração, com a intenção realmente de agradar e deixar uma marca, fazendo com que esta se sinta lembrada, mesmo quando está ausente.

Gestos de serviço

Aqui o que você faz conta mais do que qualquer palavra. Formas de expressão como: lavar a louça, consertar a fechadura, levar o lixo para fora, levar o carro para lavar, entre outros atos de serviço, demonstram à pessoa o quão importante ela é para você, e, principalmente que você faz de tudo para vê-la feliz e realizada.

Assim, a minha dica aqui é que você fique atento às formas, aos serviços que você pode empregar às pessoas, fazendo com que elas sintam-se valorizadas e até mesmo motivadas por você. Além de amados, as chances de fazer estes indivíduos felizes é bem grande.

Toque físico

Beijos, abraços, cutucões com o cotovelo, mão no ombros, as relações sexuais, toque suaves pelo corpo, mãos dadas, entre outros gestos, representam essa linguagem do amor. Mais do que saber que o amor existe, algumas pessoas têm a necessidade de sentir fisicamente esse amor. Por isso, fazem questão de receberem carinho, por meio do toque, para que assim sintam-se também mais seguras.

Quando gostamos muito de alguém, independentemente de termos um relacionamento amoroso ou não com esta pessoa, queremos demonstrar de todas as formas possíveis. E quando este amor é intenso, ele extravasa e acaba sendo expressado por meio de um cafuné, de um abraço apertado, de uma massagem, de beijos e assim por diante.

Mas vale o lembrete: é importante saber se o outro também deseja receber amor dessa maneira, caso contrário, corre-se o risco de invadir o espaço da pessoa e dela acabar não gostando.

Você é uma pessoa feliz? Quer uma ajuda pra descobrir?
Acesse nosso Termômetro e descubra como anda sua Felicidade!

É preciso se manter atento e observar intensamente

Na prática nós conhecemos bem cada uma destas linguagens e até nos valemos delas em nosso dia a dia. Falando assim, parece até que trata-se de algo bem simples, e de fato o é. Entretanto, para que as linguagens do amor sejam bem empregadas e efetivas, é necessário manter-se sempre atento, observando tudo e todos ao redor.

Outra ferramenta que pode lhe ajudar a potencializar a forma com a qual você se comunica com amigos, familiares, cônjuges, namorados e afins, é conhecer estas dicas matadoras que elaboramos especialmente para você!

Cada indivíduo possui sua linguagem principal e, mesmo que alguém diga “eu te amo” em alguma das outras quatro linguagens, a pessoa não identificará essa expressão de amor. Por isso é importante saber usar a linguagem correta e se exercitar dia após dia para conhecer os dialetos pelos quais a sua expressão é realmente absorvida.

Essa é uma das várias filosofias defendidas e aplicadas por nós aqui IBC, principalmente no Professional & Self Coaching – PSC, a formação em Coaching mais completa e que auxilia indivíduos, profissionais e empresas a melhorarem ainda mais a sua capacidade perceptiva, potencializando, assim, a comunicação em todos os ambientes pelos quais se transita.

Permita-se ir além e conheça o PSC, para tornar a sua comunicação assertiva, tanto no âmbito pessoal, quanto no profissional!

 

E o seu amor-próprio, como está?

Com certeza as pessoas ao nosso redor, sejam ela próximas ou não de nós, merecem todo amor e respeito que temos para lhes doar. Entretanto, é necessário darmos atenção também a nós mesmos, ficando sempre atentos a nossos anseios e necessidades, para que assim, tenhamos condições físicas e emocionais de espalhar amor por onde quer que passemos.

Já parou para pensar como está o seu amor-próprio? Você tem se tratado com o carinho e respeito que merece? Está atento à sua própria felicidade? Consegue entender suas emoções e sentimentos, afastando todo peso e culpa para longe quando é necessário?

Acredito que para espalharmos amor pelo mundo, doando as pessoas que estão à nossa volta, é fundamental, primeiro, estarmos atentos e cuidarmos de nossas necessidades afetivas. Isso porque precisamos estar com a gente mesmo, com a nossa auto-imagem, para que depois possamos ajudar e oferecer a todos o amor que também merecem.

Assim, acredito ser importante compartilhar com você algumas dicas que vão melhorar ainda mais a relação que você tem consigo mesmo.

A primeira delas é que faça o download deste material, preparado exclusivamente para você, que se preocupa em manter a sua autoestima sempre elevada.

Invista em seu autoconhecimento

Para que saibamos nos amar antes de tudo e, assim, melhoremos nossos relacionamentos como um todo, precisamos compreender tudo aquilo que nos envolve e faz parte de nós. O primeiro passo para isso é investir em autoconhecimento, ou seja, saber profundamente sobre o nosso funcionamento interno, o que nos motiva e desmotiva, quais são nossos sonhos e objetivos, pontos fortes, que podemos ajudar a chegar até eles, bem como os pontos de melhoria, que podem acabar atrapalhando.

Tendo ciência de tudo isso, é possível melhorar ainda mais a autoestima e o amor-próprio, consequentemente, além de entender também qual a linguagem do amor ideal para utilizar consigo mesmo.

Confie em si mesmo

Cuidado com a autocrítica! Quando não temos um amor-próprio muito bem desenvolvido, acabamos cedendo a pressão que a autocrítica faz sobre nós e nos cobrando de maneira exagerada. Sendo assim, neste processo, é fundamental que saibamos dar crédito a nós mesmos, confiando em nossas capacidades e habilidades, para que assim saibamos lidar, de forma correta, com as falhas e frustrações que possam surgir em nossa jornada evolutiva.

O Coaching pode te ajudar

Para investir em seu autoconhecimento, melhorar ainda mais a sua autoconfiança, autoestima, além de potencializar resultados pessoais e profissionais, você também pode investir em uma formação em Coaching, como o Professional & Self Coaching – PSC.

Trata-se de um curso que, em um curto espaço de tempo, por meio de técnicas e ferramentas altamente eficazes e poderosas, vai lhe proporcionar o desenvolvimento humano que precisa para crescer, na vida e na carreira, promovendo mudanças altamente positivas para o seu processo evolutivo.

Além disso, após concluir a formação, você consegue ter maior conhecimento sobre sí, entendendo quais são seus principais talentos, aqueles que vão lhe ajudar na realização de seus sonhos e projetos, bem como desenvolver a sua inteligência emocional, tão importante para lidar com as diversas situações que lhe rodeiam no dia a dia.

Permita-se ter ainda mais qualidade de vida, desenvolver a sua habilidade de identificar e aplicar as cinco linguagens do amor consigo mesmo e em suas relações, por meio da formação em Coaching mais moderna e completa do país!

Conheça o Professional & Self Coaching – PSC!

Espero que você tenha gostado e se identificado com este conteúdo, pois ele foi elaborado justamente para que você possa melhorar a sua comunicação no dia a dia, com as pessoas que mais ama e são importantes para você, inclusive você mesmo.

Deixe o seu comentário, me dizendo o que achou e lembre-se sempre de compartilhar com seus amigos este e todos os artigos aos quais você tiver acesso, para que assim a nossa rede de conhecimento aumente ainda mais.

O artigo é bom, né?

No IBC é assim, não custa nada evoluir e alcançar resultados extraordinários. Se você quer seguir por esse caminho de evolução é só baixar o nosso e-book gratuito,
Tudo sobre Coaching. Preencha o formulário abaixo com seus dados para ler.

Imagem: Rock and Wasp / Shutterstock

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010